Never Can Say Goodbye MJ
Olá querido(a) Fã...
Nosso fórum vai passar por mudanças. Pretendo fazê-lor o mais rápido possível para evitar o menor desconforto.Espero que continue conosco e faça o seu cadastro. Ótimas Novidades vem por ai! Não percam!

God bless you.... Beijacksons <3
Administradora

*+ O Amor não tem fronteiras,
E a saudade nunca será um adeus +*


<3 O Amor vive para sempre <3
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 +*+ Romeo and Juliet *+* [Mini-Fic]

Ir em baixo 
AutorMensagem
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: +*+ Romeo and Juliet *+* [Mini-Fic]   Seg Jun 04, 2012 10:06 pm

Oi pessoal, escrevi esta mini-fic pra vocês. Espero que gostem... Bjinhos a todos.. I Love u all :2125:





Chapter I

Os amantes e seus impecílios

[color=#960018]Desde quando os Jackson saíram da pequena Gary e se mudaram para Los Angeles a vida de todos mudou completamente. A nova casa perto da antiga era um palacete e se localizava num condomínio fechado. Havia tantos quartos que no início as ‘crianças’ sempre erravam de porta. Então Jermaine teve a maravilhosa idéia de todos colocarem seus nomes na porta, assim ninguém mais cometeria tal gafe.

Anos passam e aos poucos a vizinhança se acostumava com os novos moradores, menos os Fosters, estes nunca se deram com eles.



Richard Foster– O pai – mal os olhava, cumprimentar então era perda de tempo. Rígido e super protetor com sua única filha. Trabalha como chefe de polícia do estado de Los Angeles. Ele sobre os Jacksons: ''São só um bando de pobres com dinheiro''.


Stella Foster– A mãe – era mais educada que o marido e muito discreta. Sempre que cruzava com algum dos Jackson saudava sem que o marido percebesse. Stella foi modelo quando jovem, mas encerrou a profissão quando conheceu Richard e desde de então ela queria um futuro promissor para a filha com um bom partido.


Justine Foster - A filha única do casal - . Estudiosa, Linda e Meiga. É o orgulho de seus pais. Romântica sempre sonhava em quando iria encontrar seu ‘príncipe de cavalo branco’. Uma pena é que sua mãe lhe dizia noite e dia sobre os planos do futuro dela como modelo. Oh céus, essa conversa nunca tinha fim.

Na família de Michael não era muito diferente, pois Joseph também não ia com a cara de Richard e sua família. Katherine a todo custo tentava faze-lo entender que essa rixa era desnecessária e boba, mas o homem não se dobrava a ninguém e nem de forma alguma.

Jackson's e Foster's.... eram como rivais e isso era Fato!

Perto dali numa área verde privativa para moradores havia uma pracinha com parque para as crianças e um pequeno bosque com arvores frutíferas.



Todas os dias depois de um reduzido café da manhã – ele sempre comera muito pouco desde criança - Michael desce até o parque para ver as crianças e brincar com elas. Justine observava a todos os Jackson com bons olhos. Eles eram simpáticos e respeitosos com todos da vizinhança. Algumas vezes conseguiu trocar algumas palavras com Janet – a irmã mais nova – mas assim que seu pai descobriu tal fato ficou furioso e a proibiu de falar com eles. Desde então só podia vê-los através da janela do quarto. E se por desastre do destino cruzasse com ''aquela gente'' - era assim que Richard se referia aos Jacksons – ‘'Mude a calçada, Finja que não viu, sei lá... Mas não fale com eles, entendeu?’'.

Justine só baixava a cabeça e não respondia nada. Ela acha aquilo muito absurdo. Como não trocar um ‘Bom dia’ com o vizinho só porque não nasceram em berço de ouro? Céus, porque tem que ser assim?

Pela manhã ela via Michael sair de casa todo sorridente e feliz. Às vezes quando estava lendo um de seus livros de romance à beira da janela o via voltar. Rodeado de crianças que o arrastavam pra casa, mas ele tenta fugir delas – como num jogo de perseguição – e quando enfim param de correr, Michael abraça forte, beija a cada uma e acena na despedida.

Justine abre um sorriso.

- Como eu queria poder brincar com eles, parece tão divertido!. Eles são tão gentis e bondosos. Porque meu pai não os vê assim?. Pensa e senti um aperto no peito quando vê Michael sumir porta a dentro.

Stella - sua mãe- entra no quarto sem bater e a tira de seus pensamentos.

- Justine, Justine..... Sonhando acordada de novo filha? Tenho uma notícia maravilhosa pra você. Disse quase saindo do chão de tanta empolgação.

Justine se vira pra ela.

- Talvez mamãe, mas diga o que é.

- Credo que animação! Bom, mas depois disso você vai se animar. – ela pega a filha pela mão e as duas sentam na cama – Filha você lembra que temos a festa dos Johnson neste fim de semana não é?

- Claro. A rua toda foi convidada.

- Sim, e sua fantasia chega amanhã. Agora você não sabe da maior... Ela pausa fazendo suspense.

- Fala mamãe, sabe que sou curiosa.

- O Tom vem na festa!!

- Tom? Que Tom?

- Não acredito que esqueceu dele filha! Tom Hadford é o herdeiro mais disputado do momento. E eu soube por fonte segura que ele se interessou por você darling! Oh Meu Deus, como estou feliz! Minha filhinha logo logo vai estar casada com o maior herdeiro do país.

- Opa, opa... Que isso mãe? – sobressaltou pra fora da cama - Eu nem conheço ele e a senhora já fala em casamento. Não tem lógica uma coisa dessas.

- O que não tem lógica é você perder uma chance dessas, sua boba. Falei com a mãe dele pelo telefone e confirmei o encontro de vocês. –toca o queixo dela - Agora seja boazinha com a mamãe e mostre que é uma Foster!

- Mas mãe eu não quero conhecer ninguém!

- Ah ah ah... Nada de retrucar Justine. O rapaz virá por sua causa, não me decepcione. Sabe que seu pai não ia gostar disso, então seja obediente.

Justine respira fundo e engole mais uma ''empreitada'' de sua mãe.

- Tudo bem mamãe, a senhora venceu. Vou conhecer o Tom.

- Aaaaahhhh eu sabia que ia mudar de idéia. – beija a face da filha – Obrigada meu amor, você não vai se arrepender.

- Eu espero mesmo não me arrepender mamãe, pois isso é loucura.

- Um dia você ainda me agradecerá filha! Bom, agora vou ver minha linda fantasia de Cleópatra. – ela mexe a cabeça como os egípicios e faz umas danças estranhas enquanto saía. Justine acaba caindo no riso, Stella se volta curiosa pra ela – Ué, não é assim que se dança no Egito?

- Acho que não mamãe... Hehehe.

- Deixa... - deu os ombros - até lá na festa vou rebolar mais que uma serpente, você vai ver! Quer apostar?

- NÃO, eu acredito na senhora. Hehehe. Justine diz ainda rindo e Stella sai.

Na casa dos Jackson’s .......

Os filhos se reuniram na sala e falava-se o mesmo assunto. Cada um dizia o que vestiria na festa.

- Eu vou de Pirata. Disse Jackie.

- A minha fantasia é de Príncipe. Fala Jermaine todo orgulhoso.

- Vou de Soldado Romano. Diz Tito.

- Eu sei que vou de Rainha e serei a melhor e mais bela de todas! Latoya diz com tom esnobe.

- Imagina, Toya tem fantasia melhor pra você. Janet pretendia provoca-la como sempre faz.

- Impossível, - revirando os olhos - mas diga aí qual ficaria melhor?.

- De feiticeira ou bruxa. Essa sim daria certinho pra você mana.

Latoya fecha o cenho e a encara espumando de raiva.

- Ora, ora sua....

- Epa! Olha lá o que vai dizer Toya. - Reeprendeu Rebbie – Ela esta brincando com você, sua boba.

- Toya você sempre cai nessa? Pensei que já tinha aprendido. Michael fala segurando o riso.

- Aaaaahhh vou sair daqui. Pra mim chegaaaa!. Latoya sai batendo o pé e reclamando.

Todos acabam caindo na risada com o jeito explosivo dela.

Todos acabam caindo na risada com o jeito explosivo dela. E eles continuam a conversa. Rebbie irá de princesa. Janet se vestirá de Fada. Randy escolheu uma roupa de herói e Michael vai de cavaleiro.


To be continued.....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
Cleia.EC

avatar

Mensagens : 237
Scores : 249
Data de inscrição : 06/06/2012
Idade : 43
Localização : Acre

MensagemAssunto: Re: +*+ Romeo and Juliet *+* [Mini-Fic]   Qua Jun 06, 2012 7:01 pm

Continua amiga cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: Re: +*+ Romeo and Juliet *+* [Mini-Fic]   Qua Jun 06, 2012 7:03 pm

Cleia.EC escreveu:
Continua amiga cheers
Farei isso agora mesmo. Eu estava justamente pegando aqui hehehe. Coincidencia hein mjrindo


Última edição por Miss Jackson em Seg Out 29, 2012 8:12 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: Re: +*+ Romeo and Juliet *+* [Mini-Fic]   Qua Jun 06, 2012 7:11 pm

Parte II

A Menina Anjo e O Cavaleiro

- Trilha para a cena de Justine -

A semana passa rapidamente a festa que todos – exceto Justine - tanto esperavam chegou.

- Oh Meu Deus você ainda não se vestiu? Não mate sua mãe do coração. – Stella diz já vestida de Cleópatra assim que entra no quarto da filha e a vê deitada de roupão lendo um livro – Trudy, Trudyyyyy... – ela grita e a mulher vem correndo atende-la - .

- Sim, senhora Stella. Já estou aqui!

- Onde você estava criatura?. – Trudy ao abrir a boca pra responder é interrompida novamente – Deixa pra lá, ajude Justine a se arrumar ou ela me matará antes que se case com aquele pedaço de mau caminho do Tom.

- Sim senhora.

Stella segue para seu quarto onde já esperavam por ela maquiadores e cabeleireiros. Para Justine Trudy era uma grande amiga e confidente. Trudy entra no quarto da menina e sorri.

- Ela já lhe arrumou um pretende não é?.

- Sim, Trudy. Oh Céus, não quero me casar sem amor! - Justine joga o livro de lado na cama e diz com lágrimas nos olhos - Não foi isso que planejei pra mim.

- Oh minha criança vem cá... – Trudy senta na cama e deita a cabeça de Justine em seu colo e acaricia com carinho – Também acho que o amor deve ser livre como um pássaro. O amor é mais que um sentimento, é uma forma de respirar a vida! Com amor as pessoas são melhores e mais felizes. Veja seus pais por exemplo. Seu pai é um turrão, mas sua mãe o ama como ele é e ele também sente o mesmo por ela do jeito que Deus a fez. Então minha criança nunca perca a esperança, pois o cupido trará seu príncipe quando menos esperar.

Justine se ergue do colo dela e a olha nos olhos ainda chateada por tudo.

- Mas quando será isso Trudy? Depois que eu já estiver ‘amarrada’ ao pretendente de minha mãe?

- Menina Justine tenha paciência, o amor sabe a hora de tudo. Limpe essas lágrimas! Quem sabe nesta festa mesmo você encontrará a quem tanto procura.

- Certo, mas só acredito porque é você quem me diz! Justine agora sorri enquanto passa a mão no rosto.

- É assim que gosto de vê-la sorrindo. Bem, chega de papo, pois ainda tenho que arrumar você. – ela se levanta e anda pelo quarto - Onde está sua fantasia?

- Está pendurada no closet Trudy.

Trudy entra no closet e traz uma linda e alva fantasia de anjo nas mãos.

- Awn menina esta fantasia foi feita pra você!!!

- Obrigada Trudy, também gostei de assim que vi. Minha mãe queria que eu fosse de rainha ou com coisas imponentes assim como ‘‘ela gosta’’, mas sou bem mais simples. Não gosto de complicar a vida.

- É... Sua mãe gosta mesmo de luxo não é?. Veja quanto dourado tem naquela roupa.

- Pois é. Se caso acabar a luz a teremos como lanterna não é.

As duas riram das pequenas maldades que diziam. Justine tira o roupão põe o lindo vestido branco. Trudy lhe faz um belo penteado e com cuidado ajuda a vestir as asas de fantasia. Muito encantada e satisfeita ela não parava de sorrir por tamanha beleza de sua jovem amiga.


Na mansão Jackson.... todos estavam prontos, menos Michael. Sempre era o ultimo a terminar de se vestir. Ele ainda começava a colocar a fantasia quando seu irmão por pouco não atravessa a porta de tanto que batia.

- Vamos Michael, estamos nos atrasando, poxaaa! Marlon colado na porta falava alto.

Michael responde enquanto tentava porque aquelas peças estranhas que compunha a roupa.

- Oh boy, calma aí! Vocês pode ir na frente, chegarei logo que acabar aqui. – e sussurra para si mesmo – Se eu conseguir vestir essa coisa!

Lá em baixo alguns dos irmãos estavam super impacientes pela demora.

- Deixem ele aí e vamos logo, senão minha maquiagem vai estragar. Latoya já batia o pé de nervoso.

- Já que todos estão em cólicas, vão vocês, eu espero pelo Mike. Disse Janet já cansada das reclamações.

- Ah graças a Deus!! Vamos gente!. Latoya diz aliviada.

- Tem certeza Dunk? Podemos esperar mais um pouco se quiser. Rebbie diz com voz calma.

- Ah não! Esperar pelo Mike? Ficaremos aqui a noite toda. Desabafou Jermaine.

- Não preciso de ninguém aqui. Já falei que fico!!!. Decida falou a caçula.

- Okay Dunk. Vamos pessoal ou essa discussão não acabará até amanhã. Finalizou Jackie.

Quando ousaram sair Katherine e Joseph entram no hall. Orgulhosa dos filhos Dona Kate os chama de volta e olha a cada um com amor.

- Veja como nossos filhos estão lindos Joseph!. - Ele apenas concorda com uma mexida de cabeça. Logo ela sente a falta de um dos filhos ali – Cadê Michael?.

- Está lá se embelezando como uma noiva mãe. Respondeu Randy.

- Não fale assim do seu irmão Randy. Ela o repreende na hora.

- Mamãe estamos atrasados pra festa. Precisamos ir. Latoya insistia.

- Eu sei Latoya, mas não vão esperar por Michael?. Katherine fala um pouco preocupada.

- A Dunk falou que fica mãe. Respondeu Tito.

- Tudo bem então. Vão com Deus meus filhos! E juízo hein?

Todos beijam a mãe com carinho e se despedem de Joseph sem muito contato físico e saem. Janet sobe correndo para o quarto de Michael e bate na porta.

- Só um momento já vou. Ele responde do lado de dentro.

- Sou eu Mike, a Dunk.

Ele pára o que esta fazendo e vai abrir a porta.

- Precisa de ajuda maninho?.

- Oh boy e como preciso! Veja, tem tudo isso pra colocar e ainda tem que vestir aquilo. Apontou pra armadura que estava encostada num canto perto de espelho.

- Nossa Mike, não tinha uma fantasia mais difícil não? Kkkkk.

- Acho que não. – ele também riu - Mas você sabe que gosto de coisas diferentes né.

- Sei sim maninho e por isso vim em seu socorro. Por onde podemos começar?

- Awnn maninha você é um anjo!. Sorriu agradecido.

- Obrigada, mas sou uma fada seu bobinho – ela deu um toque na cabeça dele – Dããã.. depois eu que sou distraída nessa casa.

Os dois riram disso e logo continuaram a fazer o que Michael estava lutando pra fazer sozinho. Janet tinha muito jeito com roupas e tal, e em minutos ela consegue vestir o irmão com facilidade. Parecia até ‘passe de mágica’ da fadinha Dunk. Em pé diante do espelho Michael checava o visual. Janet fica por perto admirando-o, pois ficara muito bonito naquela roupa de metal reluzente.

- Poxa maninha... Não sei o que faria sem você. Vem cá mereces um beijo. Ela se aproxima e ganha um beijo bem demorado na face.

- Aiinnn Deus ele não vive mesmo sem mim. – ela brinca. Agora o olha da cabeça aos pés – Maninho, as garotas da festa vão pirar contigo. Essa roupa está um luxo só viu.

- Ah é? Nossa, eu não sabia que Michael Jackson era tão irresistível assim. Ele ri.

- Eu mereço! Além de lindo, ainda se faz de bobo. – ela sorri balançando a cabeça. Imitando uma voz mais grossa disse – Agora vamos nobre cavaleiro, pois temos uma festa a nossa espera.

- kkkkk. Está bem fadinha deixe-me apenas guardar meu livro.

- Mike espera! Posso ver o título?

- Claro, pega. Ele entrega o livro a ela.


- Olhaaa... Romeu e Julieta! – ela olha pra ele e ri - Lendo histórias de amor Michael Jackson? Que romântico! O maninho está apaixonado. Conte-me... Quem é a sortuda?

- Eu sabia que você ia me zuar. Se quer saber, não estou apaixonado, fadinha curiosa. kkkkk.

- Ainda não maninho, mas ficará.

- Hum e como você sabe disso? Está adivinhando coisas agora?. Ele ri do que parece ser uma brincadeira.

- Não sei Mike... Apenas sinto isso. - Ela o olhou sem rir. Depois de uns segundos ela sacode a cabeça e deixa os pensamentos pra lá - Okay já chega de papo, vamos logo ou sua Julieta vai embora. kkkkk.

- Kkkkkk. Você é terrível maninha. Vamos!.

Eles descem, se despedem dos pais e vão pra festa.

Katherine e Joseph não quiseram ir a festa porque seus corpos ainda sentiam o cansado da última turnê dos Jacksons, a Victory Tour.


Realmente parecia ter algo especial no ar aquela noite. Tudo favorecia para o amor. Céu em tom azul escuro cheio de estrelas que mais pareciam pequenos diamantes e é claro, a rainha da noite, a bela e alva Lua. Que imperava com seu esplendor e magia sobre os apaixonados.



To be continued.....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
Cleia.EC

avatar

Mensagens : 237
Scores : 249
Data de inscrição : 06/06/2012
Idade : 43
Localização : Acre

MensagemAssunto: Re: +*+ Romeo and Juliet *+* [Mini-Fic]   Qui Jun 07, 2012 10:14 am

Que lindo! continua vaii loveu1
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: Re: +*+ Romeo and Juliet *+* [Mini-Fic]   Qua Jun 13, 2012 5:06 am

Chapter III

O Amor e o Perigo andam juntos (parte 1)

- TRILHA MUSICAL -

Embora a casa que faria a festa fosse perto Michael e Janet vão de carro por causa das fantasias. Na entrada havia muitas pessoas fantasiadas de tudo que se pudesse imaginar. Bruxa, princesas, personagens desenho animado, gangsters, roqueiros e até de hot-dog.

Quando o carro dos Jackson’s estaciona na frente da mansão os irmãos descem ajeitando suas roupas e seguem adentro da propriedade. Mostram os convites a segurança do evento que estava de prontidão na porta. O segura checa os nomes e os libera. No caminho até a casa são abordados pelos dois melhores amigos de Michael. Chuck e Taylor. Todos se cumprimentam com abraços e sorrisos. Janet avista as amigas então ela pede licença aos garotos e vai até elas. Chuck se empolga ao ver o amigo.

- E aí Mike? Tudo beleza, cara?

- Tudo bem, e vocês como vão?.

- Melhor impossível Mike. Taylor respondeu.

- E você com essa fantasia hein? Ficou bacana demais. Chuck diz.

- Obrigado. Vocês também ficaram demais. Hey, isso aí não é de verdade, não é?

Michael aponta para o crânio ''humano'' que estava nas mãos de Chuck.

- Ah isso aqui, peguei no cemitério. - Fingiu-se de sério, mas ao ver o espanto dos amigos desfez a brincadeira – Fala sério galera, é claro que não é de verdade. Não acredito que vocês.... Ele cai na gargalhada.

- Seu palhaço, do jeito que é doido não duvidamos de mais nada.

- Concordo Taylor. Posso ver Chuck?

- Claro Mike.

Ele entrega o objeto. Michael olhava tudo atentamente para todos os detalhes da peça.

- Mas de que material é feito?. Michael pergunta curioso.

- Isso é feito de resina e sem contar que a pintura é perfeita, por isso parece tão real. Explicou Chuck.

- Nossa é muito legal, parece mesmo de verdade. Quer ver Taylor?

- Não, não Mike. Essas coisas estranhas eu não curto não.

- Tu é covarde hein Tay!!!. - Chuck dá risada e Michael acaba rindo junto – O papo tá ótimo mas.... As gatinhas nos esperam!!

Na casa dos Foster’s

Justine se arruma e desce. No fim da escada uma surpresa a aguardava. Mamãe e Papai a esperavam junto ao pretendente dela.



Pois é... Tom estava ali com uma fantasia de astronauta e um largo sorriso nos lábios.
Justine paralisa assim que o vê. Trudy percebe o susto dela e a ajuda com um pequeno empurrãozinho, que a fez despertar e enfim terminar de descer os degraus.

- Filha! Você está linda. Disse o pai enquanto lhe beijava a testa.

- Querida, este aqui é Tomas Hadford!!!. Falou com empolgação a mãe.

O rapaz se aproxima da moça e a cumprimenta com um leve aperto de mão.

- Vejo que é ainda mais bonita pessoalmente Justine. Sua mãe fala muito bem de você.

- Minha mãe exagera muito Tomas. Acredite, não sou tudo isso que ela diz. - Stella a encara com olhos sérios pela frieza dela e Justine é forçada a ser simpática e sorrir – Desculpe Tomas e obrigada pelo elogio.

- Oh não tem problema eu entendo. Mas ainda digo que mesmo assim sua mãe não errou em dizer que era tão linda.

Mais uma vez Justine força um sorriso e agradece.

Richard olha no relógio e vê que a hora passava rapidamente.

- Temos que ir, a festa já começou há uma hora. Disse o pai.

Stella rindo feito boba abraça Justine e Tomas, e sai dali falando como eles ficam lindos juntos. Richard e Trudy seguem atrás deles.

Na mansão Johnson

Robert Johnson – o dono da festa – faz uma breve abertura.

- Damas e Cavalheiros.... É com grande alegria que os recebo. Sejam bem vindos a minha casa!!! Sintam-se à vontade. Comam e bebam, Dancem como nunca dançaram na vida. Para os de maior idade como eu, temos que nos contentar em apenas admirar estes lindos jovens que aqui estão. Poisa nossos corpos já não colaboram mais com nossa vontade. - diz a um velho conhecido - Não é Teobaldo? - E todos riem -. Queridas moças e queridos rapazes não se acanhem com nada, pois o que fizerem hoje os marcará para sempre. Hoje a lua é cheia e o amor está no ar..... E que comecem o show.

Os Foster’s chegam a tempo de ver o discurso do anfitrião e assim que termina Justine consegue despista-los e sair dali sem que ninguém perceba.

Michael e seus amigos conversavam. Chuck abraça o amigo pelo pescoço

- Hey Mike olha aí... Qual delas você quer?. mostrou-lhe as garotas que dançavam na pista.

- Oh não Chuck, ficou maluco? Não é assim que se faz. Disse Taylor.

- E você entende alguma coisa de mulher Taylor? Vive por ai tomando fora kkkkkkk.

Michael tenta apartar a possível briga deles.

- Hey não precisam brigar hein, estamos aqui pra nos divertir lembram?.

- Okay!!. Falou Chuck.

- Tudo bem, não vamos brigar, mas fiquei curioso agora. O que vocês entendem de amor?. Michael pergunta.

- O amor é algo que dificilmente se explica. Apenas sentimos. Taylor respondeu.

- Ah corta essa Taylor parece até minha avó falando. Deixa que eu explico. Mike amigão, o amor é o seguinte. Quando conhecemos uma garota primeiro olhamos como ela é. Sua beleza deve nos cegar, a ponto de não haver outra mais linda que ela. A imagem dela deve penetrar em sua mente e invadir seus sonhos. Cada pensamento seu será dominado pela paixão e por fim o desejo falará mais forte. Entendeu?. Chuck falou.

- Uaau... Entendi sim. Você falou muito bem Chuck. Michael sorri satisfeito.

- Nossa que proesa Chuck. Nunca vi você falar assim. Me surpreendeu. Taylor diz surpreso.

Umas três horas depois a festa ainda estava muito animada e a música rolava solta.



A mistura de agitação, música alta e o calor não fazem bem a Michael e ele começa a ficar zonzo e sente-se mal.

- Céus, preciso de ar!. Ele diz a si mesmo quando sua visão já ficava turva.

Taylor e Chuck estavam dançando longe dele e não perceberam nada.

Cambaleando um pouco Michael vai pro banheiro. Lá enche a pia d’água e mergulha o rosto por alguns segundos. Assim que levantou respirou fundo, olhou no espelho e passou a mão na face pra tirar o excesso de água. Secou o rosto numa toalha e saiu dali.


Justine estava sentada num banco do jardim olhando a lua e pensando.

- Narrado por Justine -

Oh doce lua... hoje me sinto como você. Estou rodeada de ‘estrelas’, mas nenhuma delas pode preencher o vazio do meu coração. O lugar que pertence ao meu amado. Amado este que ainda nem conheço. Nem sei seu nome. Quando poderei conhece-lo amiga Lua? Diga-me, pois meu coração já pesa de agonia. Querem que eu case com um estranho. Com um estranho não casarei, nem sob meu cadáver. –uma lágrima quente rola no rosto dela – Porque o destino é tão cruel com quem espera pelo amor verdadeiro?.


Michael sai de dentro da casa caminha no jardim e também fala com seus pensamentos.

- Narrador por Michael -

Estou eu aqui para desabafar de novo contigo amiga Lua. Deves estar cansada de mim, pois sempre lhe rogo ''quando poderei conhecer minha linda garota''. Ler romances me fez sensível ou é este maldito vazio - no qual me encontro agora - que me deixa assim? . Não posso mais viver nesta angustia. Olhar-te, oh linda e alva Lua é como ver o rosto da minha amada estampada em ti. Meus amigos me falam do amor, mas somente o saberei de verdade quando encontrar a outra parte do meu coração que está atado a ela, a minha e doce amada.


To be continued.....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
Cleia.EC

avatar

Mensagens : 237
Scores : 249
Data de inscrição : 06/06/2012
Idade : 43
Localização : Acre

MensagemAssunto: Re: +*+ Romeo and Juliet *+* [Mini-Fic]   Qui Jun 14, 2012 8:55 am

Aguardando mais amiga!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: Re: +*+ Romeo and Juliet *+* [Mini-Fic]   Sex Ago 03, 2012 2:31 pm

Cleia.EC escreveu:
Aguardando mais amiga!

Oi linda.... perdão pela demora viu agora voltei pra ficar happygirl
Obrigada por acompanhar esta história. Bjinhos girl789
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: Re: +*+ Romeo and Juliet *+* [Mini-Fic]   Sex Ago 03, 2012 2:32 pm

Mais Romeu e Julieta pra meus amores... Beijos 2541

Chapter IV

O Amor e o Perigo andam juntos (parte 2)

- TRILHA MUSICAL DA CENA -

Quando terminou de pronunciar estas palavras Michael viu algo que pensou ser fruto de sua imaginação.



Um lindo anjo sentado admirando a bela que o encantara há pouco. Era impossível negar aquele sentimento recém despertado em seu coração. Como um hipnotizado ele se aproxima dela devagar até parar a certa distancia.

Justine nem percebe a presença ali tão perto e continua seu desabafo choroso.

- Céus.... Como podem querer que exista amor num relacionamento forçado? Isso é impossível e não está certo!!! – ela tira as mãos do rosto e olha pro céu como se pedisse socorro – Será que alguém neste lindo céu estrelado pode ajudar-me?

Michael diz estando escondido na sombra de uma arvore.

- Talvez Ele (Deus) tenha lhe ouvido, lindo anjo!

Justine sobressalta do banco e fica de pé na frente dele.

- Quem é você? E o que quer?.

Ele enfim sai das sombras com um lindo e sutil sorriso na face.

- Sou aquele que veio salva-la das angustias desta Terra sem amor, Lindo Anjo!.

Agora ela o reconhece, era Michael. Mas decide não dizer nada sobre a identidade dele.... pelo menos por enquanto.

- Mas o que um errante cavaleiro sabe sobre o amor?. O amor puro e verdadeiro só foi revelado por Deus aos santos da Terra!. Ela diz enquanto caminhava devagar por ali... E ele a segue.

- Não sei tudo Lindo Anjo, e nem sou santo, mas vejo que sofres por não compreender a frieza dos homens. Estou certo disso?. Ele passa na frente dela e a encara.

- Está certo sim. Realmente não cabem em meu entendimento certas atitudes. O amor não deveria ser livre para todos? – quando ele ia responder ela continua falando – Mas não, comigo não. Os anjos não podem amar, Nobre Cavaleiro. Diz em tom desapontamento.

- Não pode ser! Que injustiça fizeram a ti! Anjos podem amar sim. - Michael pega na mão dela com carinho – deixa-me beija e mostrarei aos céus que o amor é para todos.

- Anjos não podem se dar ao luxo do ”beijo” humano, Gentil Cavaleiro. Ela devagar se afasta dele, mas seu coração acelerou com aquelas palavras.

- Por acaso os anjos não tem boca?. Ele diz com um sorriso.

- Sim, mas para orações e louvores Cavaleiro pecador.

- Por favor, deixa-me louvar contigo Teu criador... Michael se aproxima dela novamente.

- Se o fizeres de coração Ele o ouvirá.

- De todo coração rogo que Ele me escute agora. *Então fica quietinha, eis o devoto. Em tua boca me limpo dos pecados meus*.

Ele passeia com sua face no rosto dela. Sente um cheiro suave e delicado. Suas mãos acariciam a cintura.... Os olhares se encontram.... E o beijo se dá terno. Pareciam almas que a muito tempo vagavam em busca uma da outra. Michael e Justine partilhavam do mesmo sentimento agora. Os lábios unidos no primeiro encontro são provas de que nada é por acaso, e as almas gêmeas existem. Isso é fato. Sem tirar os olhos um do outro afastam-se.

- Cometeu um grande erro Nobre Cavaleiro. *Teus pecados agora passam para mim*.

- Deus o que fiz? Tomo-os devolta para mim Lindo Anjo. Devolvamos de onde eles vieram.

Michael a toma nos braços novamente e a beija com ainda mais ardor que a primeira vez. Justine sente em sua boca como o lábio dele é macio e doce. Seu perfume então, inebria a metros de distancia. Ela entrega-se sem reservas agora. Certamente ele viera pra salva-la de seu casamento sem amor.

Enquanto isso Trudy a procurava desesperadamente pelas dependências do lugar. Andou por todos os lados de dentro da casa e nada da ''menina Justine''.

Como num estalo Trudy lembra-se que Justine adora ver a lua quando a mesma esta bela e cheia. Rapidamente ela se dirige para o jardim da casa. Ao chegar dá de cara com uma cena linda de um casal a se beijar... ''são feitos um pro outro'' diriam as pessoas, mas a pobre serviçal calafrios, pois a menina estava prometida a outro rapaz.

- Santo Cristo! Que fazes Justine?. Ela diz com as mãos sobre o rosto gelado de medo. E sem demora vai até eles.

O casal em êxtase pelo beijo admiravam-se apaixonados.

- Beijas como um sábio. Justine fala sorrindo pra ele.

- Justineeee....... Justineeeeeee. Trudy gritava por ela.

- Essa não é, Trudy. Ouvi a voz dela.... Michael tenho que ir. Ela diz desnorteada e se afasta rápido.

- Não vá.... Fique. Ainda nem sei seu nome?. Como posso encontra-la de novo?. Ele pede.

Com dor no coração ela pronuncia seu próprio sobrenome.

- Justine Foster...

Michael fica perdido e confuso. Sente o coração parar. Não é possível! Ela é filha do rival? Porque ela tinha que ser filha daquele homem que tantas e tantas vezes o destratou?.

Enquanto ele pensava Trudy chega esbaforida.

- Quer me matar de susto menina? Sua mãe te procura faz tempo. –ela agora olhou para Michael e se voltou pra ela – Se seu pai a pega aqui com ele vai ter uma guerra. Disse ela com o rosto sério.

- Eu sei Trudy, não precisa me lembra disso! Agora vá, logo estarei lá dentro. – Trudy serra o olhos – Por favor Trudy vá, confie em mim.

A contra gosto a mulher sai. Justine se volta para Michael e fala com o semblante triste.

- Eu sinto muito Michael. Trudy não devia dizer essas coisas... perdoe-me sim?.

- Não precisa se desculpar Anjo, ela não mentia. Se seu pai nos pega aqui seria constrangedor para todos. Agora não fique assim hein... Ele toca o queixo dela e dá um beijo leve.

- Ainnn Michael porque tem que ser assim? Meus pais querem que eu case com alguém que nem conheço direito. Não suportaria uma vida dessas nem em mil anos. - ela o abraça forte – Mas estes minutos que passo contigo serão eternos em minha mente.

- Oh meu anjinho também sinto o mesmo por ti. Nunca mais vou esquecer seu rosto. E tem mais..... Olhe pra mim. – ela olha nos olhos lindos e negros dele – Faço agora uma promessa. Você não se casará com este estranho que falas.... Casará comigo. Custe o que custar ficarei com você pra sempre. Eis a escolhida, a minha garota e com contigo que quero passar o resto dos meus dias.

- Oh Michael eu já te amo tanto que parece loucura. Nunca senti isso por ninguém. Quando da minha janela o vejo sair de casa meu coração palpita na esperança de que um dia eu pudesse te-lo assim em meus braços, como faço agora. Não há pra mim alegria maior que essa.

Michael abre um sorriso lindo e eles se beijam por um tempo até que Justine disse que tinha que ir. Ele reafirmou sua promessa e marcaram um reencontro para breve.

Justine sai e vai ao encontro dos seus e Michael agora procura por seus amigos.


To be continued.....

**Partes das falas originais de Romeu e Julieta de Willian Shakespare**
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: Re: +*+ Romeo and Juliet *+* [Mini-Fic]   Sex Ago 03, 2012 3:34 pm

Chapter V

Família X Amor Proibido (parte I)

Chuck e Taylor conversavam com umas garotas quando Michael chegou. Sua expressão era um mistério, pois sua cabeça estava uma mistura de sentimentos confusos.

- Mano que cara é essa?. Falou Chuck.

Taylor quando o vê pergunta o mesmo. Michael pede para conversarem em outro lugar mais reservado. Eles vão para uma mesa longe do bar onde estavam. Depois que se acomodaram Michael começa a falar....

- Gente eu encontrei a mulher da minha vida!

- Onde Mike? Não me diz que foi aqui?. Taylor diz com um sorriso debochado.

- Aqui mesmo meu amigo.

- Hãã?. Taylor se assusta com a confirmação e Michael continua.

- Ela é linda e a fantasia dela combina perfeitamente com a beleza que irradia de sua face.

- Olha lá... O cara tá apaixonado mesmo. Quem é ela Mike?. Curioso falou Chuck.

- Um anjo, meu amigo. Um anjo que se chama Justine Foster.

Os dois amigos de Michael até engasgaram com a bebida ao ouvir o nome ‘Foster’.

- Ficou maluco Mike! – bradou Chuck, mas logo se recompôs quando as pessoas ao redor olharam pra ele assustadas – Ficou maluco, ela é filha do....

- Eu sei. Michael respondeu antes que ele terminasse.

- Mas como? Explica isso pelo amor de Deus que eu já estou perdido nessa história. Tayloy disse nervoso enquanto tomava sua bebida.

Michael então começa a explicar como tudo aconteceu.

Justine volta para perto de sua família. Seu pai a aborda assim que chega.

- Onde estava Justine?

- Fui tomar um pouco de ar fresco papai aqui está muito abafado.

- E porque demorou tanto?.

- Desculpe papai. Isso não se repetirá.

- Espero que não. Sua mãe está falando como uma matraca com seu pretendente. Vá antes que ele desista!!!.

A moça abaixa a cabeça e vai. Assim que chegava perto de onde sua mãe estava Tom a viu e abriu um enorme sorriso.

- Filha pensei tinha desaparecido. O que aconteceu?

- Aqui estava muito abafado então fui tomar um pouco de ar no jardim.

- Eu poderia ter-lhe feito companhia Justine não é bom que uma moça tão linda fique sozinha.

- Oh não se preocupe Tom, sei me cuidar muito bem, obrigada.

- Filha... Tom só foi gentil. Peça desculpas a ele.

- Não precisa senhora Foster. O fala sem encabulado.

- Precisa sim Tom. Vamos Justine peça desculpas!!. Ela encarou a filha.

Justine respira fundo. Aquilo era ridículo e uma situação muito humilhante no qual sua própria mãe a colocara. Não obedecer só traria mais vergonha então ela responder o que Stella deseja.

- Me perdoe Tom... Nunca mais me dirijo assim a você. Fui uma tola!.

- Porfavor não diga isso Justine, você não me fez nada. Senhora Foster sua filha não me ofendeu e isso não era necessário.

- Mas ela lhe... Tom a interrompe.

- Por favor senhora, entendo seu ponto de vista, mas o que fez não era necessário. Agora se me der licença quero muito dançar com este belo anjo.
Ele estende a mão para Justine que continha o sorriso de satisfação por ser defendida de tal forma.



Uma musica romântica e animada toma conta do ambiente exaltando os presentes.

Michael ainda falavam com seus amigos quando vê sua doce Julieta nos braços do desajeitado astronauta que tentava fazer uns passos de dança. Pobre coitado! Não entendia nada de coreografias. Justine apenas sorria e ficava por perto para não deixa-lo em situação mais humilhante ainda.

- HEY MIKE?!?! Oooww.... Acorda cara! O que foi?. Disse Chuck.

- Paralisou é?!?. Disse Taylor.

Michael sorri e responde.

- Não, estou só admirando meu anjo.

Eles seguem o olhar dele e vêem Justine sofrer para acompanhar seu par.

- Putz cara coitada da menina, o cara é uma pedra, olha lá kkkkkkkkkkk. Chuck tirava sarro da situação.

- Nem o famoso “dois pra lá, dois pra cá” ele acerta kkkkkkkkk. Só você mesmo Mike pra salvar essa garota!. Soltou Taylor como uma brincadeira, mas Michael leva isso a sério.

- Boa idéia Taylor! Eu vou lá!.

- O que Mike? Ficou doido? Eu só falei por falar.

Tarde demais Michael se levanta e vai até o casal. Taylor fica com o coração na mão por isso e Chuck fica na torcida pelo amigo.

Michael meio que se esconde numa pilastra que estava na pista e quando Justine se aproxima dela ele a pega pela mão e a puxa de leve.

- Hey anjo, sofrendo muito com o dançarino aí?. Sorri.

Ela sorri devolta e responde.

- Talvez não sofreria tanto se um certo cavaleiro dançasse melhor que meu par.

- Isto é um desafio lindo anjo?. Arqueou a sobrancelha.

- Talvez sim ... Talvez não.... Entenda como quiser nobre cavaleiro.

Ela solta a mão dele e rodopia de volta para a pista. Um doce desafio foi feito a ele. Michael jamais recusa um desafio então logo pega a primeira dama que vê e põe também na pista. Justine sorri e também toma seu par. Tom sorri com a atitude de Justine e nem imagina o porque desta aproximação. Michael toma a cintura da garota e cola seu corpo no dela durante a dança. Justine não deixa por menos, depois de girar em torno do par faz alguns movimentos e lança um olhar discreto para seu cavaleiro. A brincadeira poderia esquentar muito mais senão fosse pelos amigos de Michael que chegaram correndo para tira-lo da festa.

Chuck e Taylor ouviram de alguns convidados dizendo que o primo de Justine tinha chegado e o mesmo odiava Michael com todas as suas forças.


*** Raymond Foster (primo de Justine)***

- Mike, Mike vamos embora cara......

- Não, estou dançando ou vocês não perceberam.

- Mike temos que ir agora mano, não há tempo pra dançar agora.
- Porque isso gente?. Michael os interrogou confuso.

- No caminho eu te explico. Disse Chuck e logo pegou-o pelo braço e o tirou dali.

Justine os observa de longe e não entende nada. Michael mantêm seu olhar no dela até sumir de suas vistas.


To be continued.....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
CeBad

avatar

Mensagens : 332
Scores : 344
Data de inscrição : 07/06/2012
Idade : 28
Localização : Osasco

MensagemAssunto: Re: +*+ Romeo and Juliet *+* [Mini-Fic]   Sab Ago 04, 2012 4:54 pm

para heim................
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: +*+ Romeo and Juliet *+* [Mini-Fic]   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
+*+ Romeo and Juliet *+* [Mini-Fic]
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Never Can Say Goodbye MJ :: Fanfictions :: Contos e Mini-fics-
Ir para: