Never Can Say Goodbye MJ
Olá querido(a) Fã...
Nosso fórum vai passar por mudanças. Pretendo fazê-lor o mais rápido possível para evitar o menor desconforto.Espero que continue conosco e faça o seu cadastro. Ótimas Novidades vem por ai! Não percam!

God bless you.... Beijacksons <3
Administradora

*+ O Amor não tem fronteiras,
E a saudade nunca será um adeus +*


<3 O Amor vive para sempre <3
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Amor Animal

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3
AutorMensagem
CeBad

avatar

Mensagens : 332
Scores : 344
Data de inscrição : 07/06/2012
Idade : 27
Localização : Osasco

MensagemAssunto: Re: Amor Animal   Sab Jul 14, 2012 1:16 pm

para isso foi muito pra mim!!!
lê depois meu conto??
não me mata mais por favor!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: Re: Amor Animal   Sex Ago 03, 2012 9:13 am

Obrigada pelo carinho minhas lindas 2541 Se preparem para a overdose de capitulos mjrindo Bjinhos.... girl789
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: Re: Amor Animal   Sex Ago 03, 2012 9:15 am

Capítulo 13_ A árvore do amor

No dia seguinte pela manhã Mike foi a uma coletiva de imprensa, depois fez uma reunião marcando o ensaio geral no palco da turnê. Nossos dias no Japão estavam maravilhosos. Eu acompanhava Mike nos ensaios e incentivava a todos a dar o seu melhor. Hanna e Eu estávamos sempre juntas e às vezes nos intervalos íamos dar uma volta. Eu não confiava na Kimberly, então pedi pra Hanna ficar de olho nela pra mim. Ela era uma boa amiga.
Dois dias antes do Show todos estavam de folga para descansar antes da turnê, esses últimos ensaios de palco foram muito desgastantes, era como fazer o mesmo show varias vezes por dia.
Depois do café da manhã Mike falou que ia acertar os últimos detalhes que faltavam no show e que não ia demorar. Ele saiu e comecei arrumar e organizar os presentes que os fãs mandavam, parecia que estavam brotando, durante todo o dia chegavam mais e mais presentes, até eu ganhei também. Ao terminar de arrumar tudo ligo pra Hanna.

Hanna: Alô, quem fala?
Polly: Hanna, sou eu Polly.
Hanna: Oi Polly tudo bem?
Polly: Tudo. Ta muito ocupada agora?
Hanna: Não. Porque?
Polly: Eu tava pensando se você queria me acompanhar num passeio?
Hanna: Claro. Que horas?
Polly: Se você puder agora seria bom. Porque eu não estragar restante da sua folga.
Hanna: Imagina Polly, só vou me trocar. Te espero no saguão daqui a uma hora.
Polly: Eu também vou me trocar. Te encontro lá. Bjo. Bye.
Hanna: Pra você também. Bye.

Escrevi um bilhetinho avisando da minha saída e deixei em cima da mesa pro Mike. No horário marcado saímos, os seguranças é claro que nos acompanharam o tempo todo.


A cidade era linda. Fiquei impressionada com a quantidade de pessoas nas ruas, era muita gente mesmo, não é a toa que é um dos países mais populosos do mundo.
Fomos a um shopping center ENORME no centro de Tóquio, compramos várias coisas, de vestuário típico até bonecas japonesas, fizemos a farra e ficamos pra almoçar lá mesmo.
Enquanto eu conversava com Hanna esperando a comida de longe vejo uma moça muito parecida com a Sakura minha amiga de L.A, e olhando bem era a Sakura. Pedi licença pra Hanna e fui falar com ela. Dando um toquinho em seu ombro chamo sua atenção.
Sakura: Polly, Não acredito que saudade. (Me abraça forte) Meu Deus que barrigão, é menino ou menina?
Polly: Menino e pelo jeito é grandão.... rsrssrs
Sakura: Como você está? E o Michael?
Polly: Estamos bem. Eu estou com uma amiga, quer se almoçar com a gente?
Sakura: Quero.

Levo Sakura até o restaurante a apresento pra Hanna e ficamos conversando. Sakura nos falava que estava trabalhando num projeto de proteção aos animais em extinção no Japão e hoje teve uma conferência internacional para falar do assunto. Fiquei muito interessada e pedi pra ela mandar pra mim todo o material do projeto e quem sabe eu poderia até participar. Nosso almoço foi muito agradável, mas a hora não perdoava o dia já estava se pondo, então nos despedimos. Hanna e Eu voltamos pro hotel e Sakura voltou pro seu trabalho.

No hotel Mike estava me esperando. Quando entro no quarto sou recepcionada por uma cara de reprovação.
Michael: Posso saber porque demorou tanto mocinha?. (Gelei, tô ferrada).
Polly: Eu saí com a Hanna. Deixei um bilhete, você não encontrou?. Ele levanta e fica de frente comigo.
Michael: É esse aqui?. (me mostrando o papel) E agora tem alguma coisa a dizer em sua defesa? Me olhava sério.
(Pensei) Como assim? Eu não fiz nada, não estava cometendo nenhum crime.
Polly: Agora eu não posso mais sair? Não acredito. Franzindo a testa pus as mãos na cintura. Mike não agüenta minha cara de brava e explode numa risada.
Michael: Te peguei sua bobinha rsrssrsrsrsrs.
Polly: Não acredito Mike. (franzindo a testa) você....
Tenta me beijar, mas eu não deixo pela brincadeira sem graça que ele fez e fico bicuda.
Michael: To brincando amor..... desculpa rsrssrsrsrsrsrs vem cá me da um beijo.
Polly: Não seu chato, você fica zoando comigo.
Michael: Aé, então vai ser sem querer mesmo. Ignorando minha manha ele me beija, no inicio fico relutante, mas seus lábios não desgrudam dos meus até que eu relaxe e fique indefesa em seus braços.
Michael: Tá mais calma agora?
Polly: Huuum, acho que eu preciso de mais....
Ele morde os lábios e olha nos meus olhos, "Você que manda!!!" diz e me beija ainda com mais vigor. Não sei dizer por quanto tempo ficamos assim, mas foi o suficiente para me apaixonar ainda mais por ele.

Michael: Vamos a um lugar. Percebo uma urgência em sua voz.
Polly: Quando? Agora?
Michael: Agora !!!! De mãos dadas me levando em direção da porta.
Polly: Calma Mike, deixa eu pegar minha bolsa.
Michael: Não precisa, vamos...

(Sugiro a música http://www.youtube.com/watch?v=2vt52TBQ0LE)

Fomos de carro até o lugar que Mike indicou ao motorista.
Era um lindo parque iluminado, as Cerejeiras estavam enfeitadas com luzinhas.


Polly: Michael esse lugar é incrível. Digo encantada com tanta beleza.
Michael: Eu sabia que ia gostar. Vamos caminhar?. Pega minha mão e apóia em seu braço.

Caminhamos pelo parque conversando sobre vários assuntos. Perguntei como foi o dia dele: foi de muito trabalho, testar os efeitos especiais, ver as posições no palco, provar figurinos e etc. Depois contei como foi o meu: o encontro com a Sakura no shopping; ele amou a idéia de ajudarmos no projeto dela, de preservação dos animais em extinção. Falei também da farra que Hanna e Eu fizemos numa loja com as fantasias samurai, e ainda vestidas com a fantasia tiramos foto com as vendedoras, foi muito divertido.
Michael: Vocês aprontaram todas hoje hein? Disse rindo.
Polly: Quase..... deixamos um pouco pra outra vez que sairmos juntas. (risos)
À nossa frente embaixo de uma árvore tinha um banco.
Michael: Vamos sentar ali.
Polly: Uuii. que ventinho gelado!!!
Michael: Ta com frio? (Ele tira o casaco e veste em mim) Pronto agora você vai ficar quentinha.
Polly: Obrigada.

Mike pega uma florzinha que cai da arvore por causa do vento e me mostra.
Michael: Você conhece o significado dela?
Polly: Não, me conta.
Michael: A Flor da cerejeira, que aqui eles chamam de Sakura, é um símbolo de beleza feminina, sexualidade e amor. Também os Samurais na sua filosofia a usavam como símbolo da boa morte; comparando o desprender da flor com uma simples brisa “esta é a morte perfeita para um verdadeiro guerreiro que viveu com consciência constante e aceitação da filosofia “Samurai" e a natureza transitória de existência”.
Polly: Nossa que lindo Mike. Uma florzinha tão delicada e cheia de significado.
Michael: Exatamente como você é pra mim Poliana. (Ele toca meu rosto e meu coração começa a disparar) Pequena, delicada, linda, cheirosa...e quando fazemos amor é como se eu fosse ao céu e voltasse. Quero passar o resto da minha vida com você até ficarmos velhinhos. Eu sei que já te falei isso, mas é verdade, eu já te amei antes mesmo de te ver e quando olhei nos seus olhos eu tiver certeza que você era a mulher da minha vida. E agora você me deu o maior presente que um homem poderia pedir a Deus, nosso filhinho.

Acariciando minha barriga ele encosta a cabeça pra escutar o bebê. Eu afago sua cabeça. Ao meu respirar fundo ele me olha novamente eu chorava.
Michael: Não chora não linda.
Polly: É de alegria Michael. Estou tão agradecida, Deus é tão generoso. Eu lá no Brasil sonhava com você, agora eu estar aqui ouvindo de você me dizer coisas tão lindas e esperando um filho nosso, é demais pro meu coração. (suspiro) Ele é forte, mas ainda não aprendeu a segurar lágrimas.
Michael: Tudo bem. Foram muitas emoções de um vez. Está ficando frio vamos voltar? Me abraçando.
Polly: Vamos, esse vento não nos faz bem. O motorista nos esperava e voltamos pro hotel.


To be continued... :thisisit:

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: Re: Amor Animal   Sex Ago 03, 2012 9:17 am

:vivaa: :vivaa: Meninas continuação do capítulo :vivaa: :vivaa:


Chegamos no hotel....



Quando entramos no quarto eu tiro o casaco dele e coloco sobre o sofá, tiro meus sapatos e vou correndo abraça-lo.
Polly: Obrigada pelo passeio foi muito especial. E sobre o que você me disse, eu sinto o mesmo por você, Eu te amo Michael. Digo sorrindo.
Michael: Eu também, minha princesa, mas ainda não acabou.

Nossos rostos foram ficando cada vez mas próximos até que acabamos com a distancia que nos separava com um beijo, ele era calmo mas transmitia todo amor que sentimos um pelo outro. Senti seu perfume e ficava mais irresistível a cada respirar.
Olhar os detalhes do seu rosto delicado era como ver um anjo e seus olhos negros mostram um mistério a ser descoberto.
O toque dele é suave e a faz arrepiar ao erguer seu vestido despindo seu corpo, logo em seguida os botões da camisa são abertos e vai ao chão.
Michael a acariciava quando uma de suas mãos pega a cintura dela e a aproxima ainda mais do seu corpo cheio de desejo enquanto a outra mão agarrava-se a nuca.
Ele sabia seus pontos fracos deixando-a totalmente entregue em suas mãos, a pega no colo deita na cama e se despiram por completo.




Os beijos desviaram dos lábios para o pescoço e percorrendo todo seu corpo lhe trazendo sensações de puro prazer, fazendo até o pequeno herdeiro sentir as emoções da mãe. Com carinho ele acaricia a barriga dela.
Michael: Calma filho, sua mãe e eu estamos namorando. Não se preocupe você está seguro. (E fala comigo) Então amor onde a gente estava.....ah, me lembrei. Erguendo as sobrancelhas e com um sorriso malicioso nos lábios.
Depois dos carinhos eles acham a posição mais confortável já que ela estava com seis meses de gravidez. E eles se amaram até ficarem exaustos e enfim se entregarem a Morfeu. (deus do sono na mitologia grega).



To be continued... :thisisit:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: Re: Amor Animal   Sex Ago 03, 2012 9:20 am

Ps: meu capítulo favorito.... Bad Tour ainnn morri2

Capítulo 14_ Who’s BAD? (Quem é MAU?)



O show ia começar, os fãs lotaram o Estádio Korakuen em Tóquio. Nos bastidores todos estavam elétricos de ansiedade inclusive Michael que andava de um lado pro outro no camarim e de lá se ouvia a euforia do público.
Polly: Mike, não adianta ficar andando assim vai acabar ficando enjôado. Tentando acalma-lo.
Batem na porta, eu abro é Hanna. _Michael, mais 15 minutos. (E sai).
Michael: Tá na hora. Diz ainda nervoso. Vou até ele dou-lhe um abraço e um beijo carinhoso.
Polly: Fica tranqüilo. Seus fãs te amam e você está aqui por eles, não é?.
Michael: Uhum, eu os amo muito.
Polly: Então....Mike vai dar tudo certo. Olha, o Peter e Eu vamos estar aqui torcendo por você.
Michael: Obrigada, amor, não sei o que faria sem vocês. Ele me beija e sai do camarim. Os seguranças e mais algumas pessoas o seguem.... É hora do SHOW.

Eu fiquei assintindo escondidinha na lateral do palco. Deus, como ele tava gato naquela roupa justinha. Minha vontade era de agarra-lo ali mesmo na frente de todo mundo. Dou total razão pras meninas ficarem maníacas por ele. É muito sex appeal num homem só. A cada canção os fãs interagiam com Mike de todas as formas possíveis, a certa hora do show ele chama uma fã pro palco, ela chora muito e o abraça com tanta força que parecia não soltar mais, a não ser pelo segurança que a leva devolta tirando-a à força de seu sonho tão feliz. O show termina e os fãs continuam lá por um tempo, era como se quisessem mais e mais. Depois do show Mike atende alguns fãs no camarim, tira fotos com outros, dá autógrafos e em seguida.... Ufa, vamos pra casa.

Trechos do SHOW


Mesmo em casa depois do banho e comer um lanche Mike ainda tinha adrenalina nas veias. E sentados na sala comentamos o show.
Michael: Você viu quanta gente? Foi muito doido ver todo mundo acompanhando as músicas mesmo com idioma diferente.
Polly: Foi muito bom mesmo, eu também adorei. E as fãs então?... ficaram loucas com a dança do "Mike O Encantador de mulheres". Tirando onda. Mike fica vermelho e se esconde atrás da almofada. Então eu tiro a almofada dele.
Polly: Meu amor que dança era aquela?.
Michael: Oh boy... Assim você me deixa sem graça!!! Eu não fiz nada demais, eu apenas sinto a música e danço. Eu já te expliquei isso... diz ainda vermelho.

Polly: Não fez nada, sei. Mas você sabe muito bem o que acontece quando dançamos, não sabe?. Ele respira fundo e tampa o rosto com as mãos.
Polly: Agora você se esconde é?. (rindo dele) Ele tira as mãos do rosto ainda sem graça.
Michael: Querida vamos mudar de assunto?
Polly: rsrsrsrsrsrsrs ta bom. Mas que você tava um pedaço de mau caminho naquela roupa, tava sim uuuuuiiiiiiii que calor. E fico me abanando.
Michael: Pára Polly!!! Esqueceu que o Peter ta ouvindo tudo, sua doidinha. (rindo)
Polly: Mike, o Peter já tá acostumado a me ouvir falar do pai gato que ele tem. Ele arregala os olhos pra mim e eu caio na risada.
Michael: Você fica falando essas bobagens pra ele?
Polly: Não são bobagens. É a mais pura verdade. Digo mostrando a maior calma. Ele aperta os olhos pra mim e depois sorri. Ela não tem jeito mesmo!!!!. Ele pensa.

Polly: Ah, Você sabia que Peter já tem uma música favorita? E é sua papai sortudo. Mike fica todo empolgado e curioso.
Michael: Qual? I want to back? Billie Jean?... E foi falando várias músicas mas não acertava nenhuma.
_Fala amor, qual?
Polly: "You and I must make a pact / We must bring salvation back / Where there is love, I'll be there". Cantei essa parte da música.
Michael: I’ll be there, bela escolha filhão. Eu também gosto muito dessa música. Falava com a barriga.
Polly: Amor, sempre ouvimos você cantar várias canções, às vezes ao vivo, outras nos discos. E essa música é a que ele sente mais. Hoje quando você cantou ela não foi diferente. Ah, Mike foi tão lindo que eu comecei a chorar emocionada.
Ele pede que eu deite a cabeça no seu colo pra relaxar e de forma suave começa a cantar I’ll be there enquanto fica passando mão na minha cabeça fazendo carinho. Na metade da música Peter se movimenta, eu pego mão do Mike e ponho na barriga pra ele sentir também, ainda cantando ele sorri e acaricia como se o bebê já estivesse do lado fora.

To be continued... :thisisit:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: Re: Amor Animal   Sex Ago 03, 2012 9:34 am

Continuação...

A temporada no Japão foi mágica para todos especialmente para Michael e Poliana. Agora a turnê seguia para outros países, novas culturas, ia além fronteiras.

Durante o vôo Kim falava com Jason que ver Poliana com Michael juntos lhe causava náuseas porque era ela que tinha que estar em seu lugar e blá, blá, blá.... Jason apenas deixa ela falar e finge que escuta seus lamentos repetitivos.

A turnê fazia muito sucesso por onde passava. Cada show era uma surpresa e uma emoção. Agora a série de apresentações seria nos E.U.A. Michael havia preparado muitas surpresas para esta temporada de shows inclusive com novas músicas no repertório. A gravidez de Polly fica mais delicada por conta de tantas viagens e muito corre-corre que tinham feito. Com oito meses Peter dava sinais que nasceria antes da data prevista pelo médico, então ela fica de repouso no hotel. A contra gosto Mike precisa ficar em outro hotel mais próximo do local do show para facilitar os ensaios e outras coisas que são necessárias, essas são as orientações de seus assessores.

O casal está separado há alguns dias. Poliana tentava acompanhar tudo pela imprensa porque não podia descuidar de seu repouso e raramente eles mantinham contato por telefone devido a falta de tempo.

Kimberly já tinha certa intimidade com Mike neste tempo e usava todo seu charme e suas investidas para conquista-lo de vez, mesmo ele se mantendo distante.
Aproveitando a oportunidade que Poliana não estava por perto ela se arruma vestindo-se de forma sexy deixando suas curvas em evidencia, se perfuma e faz uma visitinha surpresa pra ele no dia da passagem de som. Hanna a vê passando pelo corredor e fica preocupada mas está tão ocupada que não pode ir atrás dela dessa vez.
Kim chega e fica ao longe vendo ele ensaiar com outros cantores. E começa a falar sozinha em voz baixa...
- Eu não entendo. Como ele pode gostar daquela mulherzinha tão sem sal como a Poliana? Ainda mais agora que ela está tão fora de forma por causa da gravidez.
E se for por causa da criança, eu poderia dar filhos lindos pra ele. Mas ele ainda vai ver que eu sou a mulher certa pra ele. Dizia convicta.

Quando houve uma pausa ela caminha de mansinho atrás dele e tapa seus olhos.
Kim: Adivinha quem é?
Michael: É você Kimberly!!!
Kim: Como você adivinhou? rsrssrs
Michael: Só você faz essa brincadeira por aqui. Mas por que você veio aqui hoje se o ensaio dos bailarinos é amanhã?
Kim: Vim te ver e quis fazer uma surpresa.
Michael: Não precisava se incomodar. Desviando seu olhar do corpo dela que estava um espetáculo naquele vestido justo. Michael observa que ela estava muito bonita aquele dia e seu perfume embriagava seus sentidos. Ele tenta ser resiste.
_É que eu adoro ouvir você cantar. Mas já que estou atrapalhando, me desculpe, então eu vou embora. Fazendo-se de vítima ela vai saindo com o intuito que ele a chame, e infelizmente dá certo.
Michael: Kimberly!. Ela sorri por dentro e se vira pra ele com o rosto triste.
Kim: Sim, Michael.
Michael: Se me prometer ficar quietinha, pode ficar. Dizia ele sem saber porque estava agindo assim.
Kim: Eu prometo Mike. (Beijando os dedos em juramento). Nem vai parecer que eu estou aqui. Ela se senta e fica assistindo o ensaio.

No hotel Poliana falava com Mila no telefone.
Polly: Nossa Mila que pressentimento esquisito.
Mila: O que foi? É alguma coisa com o bebê?
Polly: Não, Peter ta bem. É com o Mike. Meu coração ta doendo. Eu já senti isso antes.
Mila: Que estranho. Bom, deve ser porque vocês estão longe um do outro. Isso é saudade Polly.
Polly: É deve ser. Mas eu ainda estava sentindo o aperto no coração e não era saudade. Fico em silêncio pensando o que pode ser e me esqueço de Mila.
Mila: Polly, Polly você tá aí? Ela insiste e eu volto pro planeta terra.
Polly: Oi Mila me desculpa. É muito estranho isso, não é saudade. É uma dor de perda.
Mila: Calma amiga não é nada. Logo, logo o Mike ta aí com você e o Peter. rsrssrsrs Hey mulher, Ele te ama. E nada pode separar você dois. Nesse instante me lembro da Kimberly e a dor aumenta e me dá um impluso.

Polly: Eu não posso ficar aqui parada Mila.
Mila: Mas o que você vai fazer?
Polly: Eu vou atrás do Mike. Eu preciso vê-lo pra tirar essa paranóia da minha cabeça.
Mila: Mas Polly você tem que ficar de repouso, pensa no Peter amiga. Ela implorava para que eu não fosse por medo de que eu encontrasse algo que não queria ver.
Polly: É por isso mesmo que eu vou. É por nós dois e está decidido.
Mila: Ta bom amiga se você insiste nessa loucura. Eu não vou conseguir te impedir mesmo. Mas vai com calma não ta acontecendo nada.
Polly: Eu realmente espero que não esteja.
Mila: Cuidado hein pelo amor de Deus, você não está em condições de ter emoções fortes.
Polly: Relaxa Mila eu vou me cuidar. Obrigada pela força, bjo amiga.
Mila: De nada. E pra você também e diga ao Mike que mandei lembranças.
Polly: Eu falo. Bye.
Mila: Bye. Desligo o telefone.
Me arrumo e chamo o motorista pra me levar era mais ou menos umas duas horas de carro até lá. Mas o que eu sentia estava me consumindo tanto que cheguei as lágrimas. O que será que me espera?. eu pensava.

To be continued... :thisisit:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: Re: Amor Animal   Sex Ago 03, 2012 9:45 am

Mais... parte II

(Música: http://www.youtube.com/watch?v=6aiPEnO59Is)

No palco os dois brincavam como duas crianças no palco, ela então puxa a mão dele e faz alguns passos de dança que são muito sensuais e que deixam os corpos cada vez mais próximos. Ela move seu braço na direção dele e vem girando e cai em seus braços “sem querer” (querendo). Michael estava abraçado ao seu corpo e os olhos se fitavam e o beijo foi inevitável.
Poliana entra pelos fundos e sai no palco e dá de cara com a cena. Incrédula e sem dizer uma palavra ela fica paralisada diante do seu pior pesadelo.
Ao se sentirem observados se soltam rapidamente. Ao ver que Poliana presenciou seu delito Mike empalidece. Kimberly sente-se vitoriosa, agora ela tinha conseguido o que queria e foi muito melhor do que ela planejava, um flagrante.

- Poliana !!!!. Diz ele assustado com sua presença. Poliana balança a cabeça sem acreditar e sai apressada com o coração destruído.

- Espera Polly. Deixa eu te explicar. (Ele sai atrás dela, Kim tenta impedir e ele se irrita e a empurra) Me largar já não basta o que você fez.

E sai correndo pelos corredores, quando a encontra entra na sua frente e tenta se explicar.
- Polly, não é o que você está pensando. Ela, porém continua a andar com passos duros e o semblante de uma rocha.

- Me deixa em paz Michael, sai da minha frente. Ela só queria sair dali.

- Não saio, eu preciso falar com você. Você quer parar de andar e começar me escutar, por favor. Ele insiste e ela pára.

- Escutar o que? Que não é bem assim? Mais mentiras?. Furiosa.

- Eu não minto pra você, sabe disso. Vou falar o que aconteceu.

- (bate palmas) Ah, vamos ver o que vem agora. Dizia ela com ironia, ele respira fundo e começa.

- Polly, eu estava fazendo a passagem de som normalmente quando ela apareceu falando queria assistir e eu deixei. Depois começamos a repassar alguns passos de coreografia e sinceramente não sei o que deu em mim... Ela o interrompe.

- Eu sei o que foi. Você não me ama mais. O afasta da sua frente e começa a andar, mas sua barriga dá uma pontada muito forte que a faz gemer alto que a faz parar novamente.

- Aaaaiiii minha barriga. Ele a ampara.

- O que foi Polly? Ela não responde, ele insiste e nada.

- Fala meu amor o que está acontecendo, por favor?

- Amor? Que amor Michael?. Não se preocupe eu me viro sozinha. Ela tenta sair, mas ele não deixa.

- Não vou deixar você sair assim. Tudo isso foi um maldito mal entendido, nunca deveria ter acontecido. Dizia ele com raiva de si mesmo.

- (ela respira fundo segurando o choro) Mal entendido foi ter acreditado em você Michael. Você me prometeu e prometeu ao nosso filho que não nos faria mais sofrer. Eu sou uma idiota mesmo. Ela gritava.
Essas palavras o atingiram em cheio no coração e ela se solta de seus braços.

- Não fala assim, Polly. Isso não é verdade. Me desculpa.

- Falo sim. Uma idiota que apesar de estar com o coração em pedaços (suspira puxando forças) ainda te ama. Mike chora.

- Eu também te amo e amo nosso filho. Me perdoa?

- Não faz isso, pára, por favor, Peter não merece. (mais uma vez o choro é engolido, agora ela tinha que ser forte). Michael, eu preciso de um tempo.

- Não faz isso comigo Polly eu te amo. Nunca mais vai se repetir o que aconteceu hoje, mas por favor, não me deixa. Falava aos prantos

- É pro nosso bem Michael, podemos ainda ser amigos se pararmos agora.

- Eu não quero ser só seu amigo. Eu nunca vou deixa você e nem o Peter vocês são a minha vida. Ele se aproxima para beija-la mais ela se esquiva.

- Por favor não deixa as coisas mais dificeis. Acredite é melhor assim por enquanto. Não se preocupe quando Peter nascer você vai estar lá. Lágrimas rolam pelo rosto.

- Não faz isso, como eu vou viver sem você?. Ela tira o anel do dedo e entrega pra ele.

- Toma... Acho que isso não me pertence mais.

- É seu, por favor, fique com ele. Ele coloca o anel devolta no dedo dela e segura sua mão.

Ela suspira e diz.

- Então é isso. Tchau Mike.

Ele beija a mão dela ...

- Até breve.

E as mãos se desprendem com resistência.

Michael fica desolado enquanto a vê sair sem olhar pra trás. Poliana estava sem rumo agora chorava compulsivamente em quanto ia para o carro. Quem sabe sua amiga Mila lhe daria o conforto que ela tanto precisava.


To be continued... :thisisit:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
CeBad

avatar

Mensagens : 332
Scores : 344
Data de inscrição : 07/06/2012
Idade : 27
Localização : Osasco

MensagemAssunto: Re: Amor Animal   Sex Ago 03, 2012 2:07 pm

hã? que conto é esse?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Amor Animal   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Amor Animal
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 3 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3
 Tópicos similares
-
» Como usar vaselina, para fazer amor...
» Paixão pela aviação..
» Parabéns el_lopes
» [SBSP Congonhas ->> SBCT Curitiba | TAM 3015]
» [Internacional] Peixes, cavalos e girafas ajudam aéreas a suportar crise

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Never Can Say Goodbye MJ :: Fanfictions :: Fics Pausadas-
Ir para: