Never Can Say Goodbye MJ
Olá querido(a) Fã...
Nosso fórum vai passar por mudanças. Pretendo fazê-lor o mais rápido possível para evitar o menor desconforto.Espero que continue conosco e faça o seu cadastro. Ótimas Novidades vem por ai! Não percam!

God bless you.... Beijacksons <3
Administradora

*+ O Amor não tem fronteiras,
E a saudade nunca será um adeus +*


<3 O Amor vive para sempre <3
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 My Sweet Friend Michael

Ir em baixo 
AutorMensagem
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: My Sweet Friend Michael   Sab Ago 11, 2012 1:21 am


Desde menina sempre fui muito sozinha. Não por opção, mas porque nunca me encaixei em certos padrões da sociedade. Cresci, consegui um bom emprego (onde ganho um ótimo salário), pago sempre em dia minhas contas e tenho um doce e amado lar. Interessante que, mesmo estando realizada financeiramente não estava feliz e foi exatamente neste ponto da minha vida que conheci meu melhor amigo.

Nos conhecemos num almoço de negócios. Eu acompanhava meu chefe neste dia. O senhor Jackson (como eu chamava) era muito gentil e educado. Falava de negócios como um grande entendedor do assunto, e ele realmente é. Depois deste encontro de duas horas ficou do senhor Jackson ainda passar na empresa que trabalho para assinar uns papéis, que eu mesma ficaria de preparar.

Dias depois ele voltou como o combinado, mas os papéis estavam com o meu chefe para revisão. E o mesmo ainda não havia chegado. O senhor Jackson sentou no sofá da ante-sala do escritório para espera-lo. Deixei-o ali, mas me ofereci para atende-lo no que precisasse.

Minutos depois durante a espera fui ver se o senhor Jackson. Novamente lhe ofereci um café ou chá. Ele me pediu apenas um copo d’água. Quando voltei com a bebida o servi e ele me pediu para lhe fazer companhia até meu chefe chegar. De prontidão aceitei e ficamos conversando. E desde então somos amigos. Claro que nossa amizade se estreitou com o tempo. Álbuns foram lançados, problemas vieram e foram resolvidos. Amores para ele também não faltaram, mas eu estava sempre ali ao seu lado.

Anos depois....... A imprensa soltava teorias de que éramos um casal.
Vejam só.... Isso era uma loucura sem tamanho. Michael e Eu não podíamos ser um casal. Não daria certo. Nossos gênios eram diferentes demais!.

Certa vez depois de uma conversa sobre amizade e como as pessoas confiam umas nas outras Michael sugeriu que tivéssemos a chave da casa um do outro, assim quando houvesse um problema estaríamos a salvo. Concordei e fizemos a troca na mesma semana.

Michael sempre tinha uns papos assim... “Você precisa namorar garota ou vai ficar velha, rabugenta e sozinha.” Isso causava minha ira e ele ama me ver brava. Falava só pra me provocar. Então eu retrucava dizendo: “Melhor sozinha do que mal acompanhada. Vejo bem os tipos que você encara tá garoto.” Nos tratávamos sempre assim, como dois adolescentes embora nossa realidade fosse outra. Michael vai fazer 50 anos e eu tenho 35. Ambos graças a Deus com tudo em cima, como se diz.

A semana passa e nada dele aparecer. E pra piorar eu não conseguia ter contato algum com a criatura. Desisti de espera-lo. Ele não apareceria mais mesmo. Naquela noite de sexta feira tomei meu banho vesti minha camisola e fui dormir.

Michael pega as chaves que sua amiga lhe deu e vai até a casa dela. Enfim ele se declararia. Há anos seu coração amava aquela mulher, mas sempre que ele tentava algo ela desviava o assunto e coloca amizade como o único elo entre eles.

Eu estava dormindo quando ele chegou no meu quarto. Devagar veio até minha cama abaixou-se e fez carinho em minha cabeça. Acordei, mas parecia estar sonhando. O vi ali sorrindo diante de mim.

- Você aqui?. Disse surpresa e meio sonolenta.

- Eu não disse que vinha.

Cocei os olhos e sorri ao vê-lo direito em minha frente.

- Você não tem jeito não é Mike?.

Ele morde os lábios como se fizesse uma traquinagem.

- Mike... Mike.... Disse desconfiada pelo gesto dele.

- O que foi? Não fiz nada. Disse como vítima.

- Seeei. Falei rindo.

- Só vim conversar. Ou não posso mais falar com minha melhor amiga?

Eu o conhecia bem e ele estava tramando.

- CONVERSAR –frisei bem- pode!. Mas estou desconfiada dessa conversa, não sei porque.

Michael ri. É como seu tivesse decifrado algo.

Sento e ajeito as cobertas no colo. Michael pede espaço e senta ao meu lado na beirada da cama. Pega minha mão a segura e fica olhando.

- Elas são lindas juntas, você não acha?.

- São sim Mike. Amigos são feitos para ficarem unidos!.

Michael ergue uma das sobrancelhas e conserta minha frase.

- Amigos sim, mas os amores também precisam.

Senti um arrepio correr a espinha com essas palavras.

- Mikeeee.... Disse olhando em seus olhos e agora sorrindo ele também mirava os meus.

Seu olhar tornou-se indecifrável em pouco tempo e o arrepio em mim aumentava cada vez mais. Ele estaria lendo minha alma?.

- Porque me olha assim Mike?.

Ele solta a minha mão e acaricia meu rosto.

- Você é tão linda!. Fico vermelha e minhas maçãs do rosto aquecem em segundos e ele continua - Tímida, fica ainda linda mais.

- Porque você está assim Mike? Nunca o vi desse jeito comigo, somos amigos lembra?

- Lembro sim, mas ser só amigo agora é pouco... - ele aproxima seu rosto do meu - quero você comigo garota!.

Minha respiração fica curta e meu coração começa a disparar.

- Mike, não podemos.

- Porque? Quem nos impede?

Ele encosta face na minha e sente meu cheiro. A mão dele tocava meu braço que arrepia- se por completo fazendo cada poro reagir ao seu toque suave. Michael sente que a garota estava perdendo a guarda e aproveita seduzi-la ainda mais.

- Adoro isso sabia.

- O que Mike?

- Sua pele assim - novamente ele passa os dedos sobre a pele - arrepiando todinha.

- Isso é maldade Mike, você sabe que eu arrepio fácil.

- Não é maldade não, seria maldade se eu beijasse assim..... Ele pega na mão dela e beija toda a extensão do braço chegando ao ombro.

Após beijar-lhe os ombros sua "amiga" já estava sem proteção alguma. Com a mesma mão que há pouco tocara sua pele Michael tocou-lhe a face e segurou-a pela nuca. Mirou firme os olhos dela que agora brilhavam como luzeiros a noite. Esboçou um sorriso e encostou suavemente seus lábios nos dela.

Não tinha o que fazer, nem como fugir. O beijo se deu lento no início, mas logo tomou força e quando os dois se olham novamente ele profere as três palavras mágicas que toda mulher quer ouvir.

- EU TE AMO! E quero que você seja minha!.

Olhei profundamente nos olhos dele e vi que seus sentimentos eram verdadeiros. Meu melhor amigo me amava como mulher. Em fração de segundos vi minha vida passar como um filme e reparei que a maioria dos momentos que fui feliz Michael estava presente. Então acariciei o rosto dele e disse....

- Também Te Amo Michael e também quero que você seja meu!

Um sorriso largo ele abriu e invadiu os lábios dela com amor e intensidade. Devagar e pesa seu corpo sobre o dela para deitarem. Os beijos dele agora percorrem o pescoço dela. Ela curva-se sentindo o desejo aflorar. Suas mãos tiraram a jaqueta que ele usava e depois também a camisa. Delicadamente ela abaixa a alça da camisola dela e beija cada ponto que passa. Acaricia o corpo em cada parte, em cada curva.

Com carinho e de forma lenta eles se despiram. Queriam guardar esta “primeira vez” em suas memórias pelo resto da vida.

Michael repousa seu corpo sobre ela. Sua garota não lhe tirava os olhos.

- Enfim, minha!. Disse correspondendo ao olhar dela.

O amor e a paixão tomava conta deles agora. Michael une-se a ela. Beijam-se e beijam-se enquanto seus corpos mantinham um ritmo leve e harmonioso.

- Eu te amo Mike! Ela dizia sussurrando no ouvido dele.

- Eu te amo mais minha vida!. Ele respondia.

Quando os movimentos tornam-se mais fortes a respiração de ambos começa a falhar e ninguém ousa dizer mais nada. O prazer agora só poderia ser sentido e num arfar de sentimentos e entrega total o casal experimenta o breve êxtase do amor.

E agora quem poderia dizer que um grande amor não pode nascer entre dois melhores amigos?



- THE END -


Última edição por Miss Jackson em Sab Ago 11, 2012 3:18 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
Beah-chan

avatar

Mensagens : 393
Scores : 457
Data de inscrição : 20/06/2012
Idade : 26
Localização : Neverland

MensagemAssunto: Re: My Sweet Friend Michael   Sab Ago 11, 2012 9:55 am

Uhuuuuuuuuuuuuuuuu. linda.
Foi D+
Me areepiei toda aki.
ACho que sou fácil de arrepiar tbm kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Mto bom msm, obrigada por postar!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nai Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 929
Scores : 1011
Data de inscrição : 01/06/2012
Idade : 22
Localização : Michael Jackson's World

MensagemAssunto: Re: My Sweet Friend Michael   Sab Ago 11, 2012 11:41 am

Amei demais esse conto 521

Você arrasou amiga mjpalmas mjpalmas mjpalmas
Também quero uma visita do Mike rsrsrs angryboy happygirl
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Michael Eterno

avatar

Mensagens : 99
Scores : 159
Data de inscrição : 01/06/2012

MensagemAssunto: Re: My Sweet Friend Michael   Sab Ago 11, 2012 3:31 pm

leitor2 Fiquei assim lendo isso. Impressionante como você tem talento nisso, Polly. Quando comecei a ler, tudo bem. Mas com cada linha que eu lia, minha boca abria. E olha que até rimou isso. Rimo as coisas sempre, não sei por quê. mjrindo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: My Sweet Friend Michael   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
My Sweet Friend Michael
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [FIXO] Gamertags, PSNID, Nintendo Network ID, Steam, Friend code da galera.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Never Can Say Goodbye MJ :: Fanfictions :: Contos e Mini-fics-
Ir para: