Never Can Say Goodbye MJ
Olá querido(a) Fã...
Nosso fórum vai passar por mudanças. Pretendo fazê-lor o mais rápido possível para evitar o menor desconforto.Espero que continue conosco e faça o seu cadastro. Ótimas Novidades vem por ai! Não percam!

God bless you.... Beijacksons <3
Administradora

*+ O Amor não tem fronteiras,
E a saudade nunca será um adeus +*


<3 O Amor vive para sempre <3
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Amor além das fronteiras [+18]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
TatahJacksonMania

avatar

Mensagens : 335
Scores : 349
Data de inscrição : 05/06/2012
Idade : 19

MensagemAssunto: Re: Amor além das fronteiras [+18]   Dom Jan 06, 2013 11:41 am

aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah.
Que ódio eu estou sentindo o Michael nesse momento!
Como ele faz isso com ela? Só transou com ela pra fazer ciumes na mulher?
Aff, fala sério né Michael?
To com a Bia! Isso mesmo Bia, não dá mole pra ele não!
Só quero ver o que ele vai falar.
Continua amore, to amando! Wink

_________________

Mais um cantinho de amor para Michael meninas!!
Venha nos visitar:
http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com/forum
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bruna Raphaela

avatar

Mensagens : 13
Scores : 15
Data de inscrição : 06/01/2013
Idade : 19
Localização : Pidamonhangaba-SP

MensagemAssunto: Re: Amor além das fronteiras [+18]   Dom Jan 06, 2013 4:58 pm

Oiiie,sou nova aqui no Forum e desde ontem de madrugada (hoje né Razz) que estou lendo sua fic e de todo meu coração estou a-man-do!
Ansiosa por mais!
Beijos flor =']
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beah-chan

avatar

Mensagens : 393
Scores : 457
Data de inscrição : 20/06/2012
Idade : 25
Localização : Neverland

MensagemAssunto: Re: Amor além das fronteiras [+18]   Dom Jan 06, 2013 5:44 pm

TatahJacksonMania escreveu:
aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah.
Que ódio eu estou sentindo o Michael nesse momento!
Como ele faz isso com ela? Só transou com ela pra fazer ciumes na mulher?
Aff, fala sério né Michael?
To com a Bia! Isso mesmo Bia, não dá mole pra ele não!
Só quero ver o que ele vai falar.
Continua amore, to amando! Wink

Não seja apressada mana....

As coisas nem sempre são o que parecem....

*suspense*

Mas é claro que a Bia não vai dar mole não....

Que bom que está gostando querida...

Vou continuar com certeza!! boca123
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beah-chan

avatar

Mensagens : 393
Scores : 457
Data de inscrição : 20/06/2012
Idade : 25
Localização : Neverland

MensagemAssunto: Re: Amor além das fronteiras [+18]   Dom Jan 06, 2013 5:46 pm

Bruna Raphaela escreveu:
Oiiie,sou nova aqui no Forum e desde ontem de madrugada (hoje né Razz) que estou lendo sua fic e de todo meu coração estou a-man-do!
Ansiosa por mais!
Beijos flor =']

Nossa querida, que bom que gostou tanto assim... e olha que eu sei que meus capítulos são enormes rsrsrsrsrs
Vou tentar diminuí-los pra poder postar com mais frequencia ok.

Muito obrgada mesmo pelo carinho.

Espero ver você aqui no próximo capítulo...


boca123
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beah-chan

avatar

Mensagens : 393
Scores : 457
Data de inscrição : 20/06/2012
Idade : 25
Localização : Neverland

MensagemAssunto: Re: Amor além das fronteiras [+18]   Ter Jan 08, 2013 11:59 am

Como eu disse antes... Vou diminuir os capítulos para postar com mais frequencia OK?

Então aqui vai mais um pedacinho minhas lindas....

Bjus!!!




Capítulo 13



O carro passava por lugares onde eu nem imaginava que existissem na Bahia. Provavelmente o motorista estava realmente, só “rodando”, mas eu esperava que ele tivesse um GPS pra nos levar de volta.
Mike- Então... Como eu posso explicar?- ele falava baixo como se estivesse falando mais pra si mesmo do que pra mim- Err, bem, eu acho que ...
Eu- Michael se você não se apressar vamos acabar dando a volta ao mundo e você não disse nenhuma palavra coerente- eu tinha raiva na voz, mas não a alterei, permaneci falando baixo.
Estávamos sentados um ao lado do outro, eu podia sentir o calor de seu corpo. Mas apesar da raiva, eu tive que cruzar meus braços sobre os seios, pois não sabia onde colocar as mãos, (como uma adolescente em seu primeiro encontro). Ele tinha o poder pra causar esse tipo de sentimento em mim. E eu me odiava ainda por saber que eu ainda o queria. Queria abraçá-lo, beijá-lo, sentir todas as coisas que senti do dia anterior.
Na noite passada eu estava preparada para caso fosse apenas uma noite passageira a mais na carteirinha de Michael Jackson, mas o que aconteceu depois foi definitivamente mais do que eu pude suportar. Aquele desprezo, aquele tom de voz frio, foi demais pra mim.
Então, eu estava nessa situação embaraçosa, por causa das minhas próprias escolhas, e mais uma vez elas me provavam que eu possuía discernimento quase zero, com um homem que eu não fazia a menor idéia do que ele tinha em mente. Mas eu queria escutar, afinal eu fui usada e queria saber até que ponto eu fui cega.
Mike- Bom, eu acho que você tem o direito de estar brava.
Eu- Ah Michael, cala a boca. Vai falar ou não. Acho que eu não sou contratada pra ter que ficar trancada em um carro sem ar condicionado no meio da Bahia em pleno verão, vendo você gaguejar. Ou está no meu contrato e eu não reparei?
Mike- Certo, vou dizer antes que você resolva pular no meu pescoço. E eu digo no lado mal do termo- ele disse se inclinando pra frente pra ligar o ar condicionado.
Mike- Bem, tudo começou quando eu me separei de Lisa. Ela era, um tanto quanto, persistente, sabe? Ela achou que depois que me separei dela, eu com certeza iria correr atrás dela. Como ela dizia nós éramos iguais e eu jamais encontraria uma mulher pra mim que não fosse ela. Eu a ignorei por alguns meses até que acabei desabafando com uma amiga, Debbie Rowe. Na época eu ainda estava muito machucado, não queria saber de um novo amor tão cedo. Mas Debbie era minha amiga á muito tempo e sabia da minha vontade de ser pai e se ofereceu para ser mãe de meus filhos, eu acabei aceitando, acho que as palavras de Lisa ainda martelavam minha cabeça. Eu realmente achei que não acharia uma mulher pra mim, então eu iria tentar ser feliz da única forma que eu poderia no momento. Eu teria meus filhos.
Ele olhou pra mim pra ver se eu ainda estava prestando atenção. Mas eu continuava olhando pela janela com os braços cruzados. Pude ouvir um suspiro pesado vindo dele, mas nem assim me virei para encará-lo, e ele continuou:
Mike- Bem, eu permaneci casado com Debbie durante um tempo, eu não sou o tipo de homem que dorme com uma mulher só por acaso, então eu insisti que ela se casasse comigo. Durante esse período que passamos casados, as ameaças de Lisa ficaram quase que histéricas, ela dizia que eu não tinha o direito de fazer isso com ela, e várias barbaridades que eu nem tenho ânimo pra repetir. Mas resumindo, ela fez da minha vida e da de Debbie um inferno. Houve um tempo em que Debbie ficou grávida, mas a pressão em cima dela era enorme. Você não tem noção, era a imprensa de um lado, Lisa do outro e infelizmente minha família ainda entrou na bagunça. Debbie não agüentou, ela perdeu nosso bebê. E por conseqüência ela pediu o divorcio.
Vi pelo canto do olho que Michael limpava discretamente algumas lágrimas que caíam. Minha vontade era colocar a cabeça dele no meu colo e dizer que estava tudo bem e que não precisava contar aquela história que mais parecia uma história da Carochinha, mas que eu sabia do fundo do meu coração que era real.
Mike- Eu entendi o lado dela, afinal eu que cresci no meio dessa loucura toda ainda não estou habituado com toda essa pressão, imagine então uma pessoa que tinha uma vida normal... Uma pessoa que podia usufruir dos simples prazeres de ir ao mercado, a minha vida devia parecer um pandemônio...
Eu- Isso não tem nada a ver...- eu o interrompi.
Mike- O quê? Não entendi.
Eu – Simples- dessa vez eu falei olhando nos olhos dele- Era não o abandonou porque a sua vida era mais difícil que a de uma pessoa normal. Todas as pessoas têm vidas difíceis, outras de uma forma, outras de outra. Ela te deixou porque foi fraca! Simples assim!
Voltei a olhar pra fora como se não tivesse dito nada. E esperei que ele continuasse a história.
Mike- Bem... Ok- ele pareceu hesitante por um momento, mas continuou- Bem, depois de meu divórcio Lisa pareceu estar exultante, me ligava à todo o momento dizendo que poderia me fazer feliz e que eu precisava dar uma chance para ela. Eu poderia até pensar no caso, mas com o tempo eu pude conhecer a verdadeira Lisa, e acredite, ela está ficando louca. Até ao ponto de tentar me dopar para fingir que tínhamos passado uma noite juntos ela tentou. Sorte minha que eu não tomei aquele suco.
Olhei pra ele meio espantada e o alívio no rosto dele parecia genuíno.
Mike- Bom, ela tentou fazer outras coisas que, bom, não vou dizer senão você vai achar que é exagero da minha parte, mas a realidade é que aquela mulher é doida. Então, eu tive essa idéia idiota de fazer ciúmes nela. Talvez se ela me visse com outras mulheres, me deixasse em paz. Mas eu preciso que acredite em mim. Eu não sabia que isso ia acontecer – ele segurou minhas mãos com um olhar apelativo, que quase me derreteu.
Eu- Aconteceu o quê, Michael? Já não fazia parte do seu plano?
Mike- Não, acredite. No primeiro dia que nos conhecemos, quando conversamos no avião, eu tive um pressentimento de que você não era como as outras garotas, que você era especial. A forma como você se expressava e se expressa, sua forma tímida. O jeito que você fica quando acha que falou demais. Eu amei você desde o primeiro instante que te vi. Sei que tive a idéia mais estúpida do mundo, mas quem é que não comente erros hein? Eu já estou pagando bem caro pelas minhas escolhas idiotas... Você está se afastando de mim, e isso me causa uma dor terrível, você não tem ideia!
Meus olhos estavam se enchendo de água, mesmo que eu tentasse impedir elas caiam. Minhas mãos estavam no meu colo, punhos fechados, como se isso fosse ajudar a não chorar. Saber que Michael estava arrependido arrefecia um pouco minha raiva, mas a dor ainda continuava presente. Ele me usou, suas palavras naquele momento não saiam de minha cabeça. Minha cabeça latejava e doía terrivelmente assim como meu coração e alma.
Mike- Você acredita em mim? Eu te amo, garota. Se eu disse aquelas barbaridade ontem é porque eu fiquei assustado. Assustado com a intensidade do que aconteceu entre nós, eu nunca pretendi chegar até aquele ponto. Eu queria apenas que houvesse especulações, sabe? Mas depois daquela tarde que passei com você, sentir seu gosto, seu cheiro, seu corpo tão perto do meu, eu percebi que sim... Você é a mulher que eu queria. Ontem eu pretendia só conversar com você, talvez até contar a verdade e ver se mesmo assim você me perdoaria e me aceitaria. Porém permanecer tão perto de você como fiquei foi verdadeiramente uma tortura, não consegui me controlar. Tudo em você me embriaga, seu cheiro, seu olhar – Michael levantou meu queixo e me olhou nos olhos, sua expressão era de tristeza, mas esperança ao mesmo tempo.
Meu coração batia forte, mas eu não sabia o que pensar.
Mike- Depois da nossa tarde juntos, eu fiquei confuso. Liguei para John e pedi que ele me aconselhasse, e sabe o que ele me disse? Me deu um baita puxão de orelha. Disse que eu jamais deveria ter tido aquela ideia idiota. Eu me arrependi naquela noite Bia, mas você não me atendeu de noite e eu fiquei sem saber o que fazer. Pelo amor de Deus me perdoa. Quando sai do banho ontem eu já estava arrependido. Mas você não me deixou falar.
Eu- Eu acho que eu tive minhas razões né?
Mike- Claro que teve meu amor – ele segurava minha cabeça pela nuca, e encostou nossas testas. Eu não conseguia parar de chorar, o puxei pra mim e pus minha cabeça em seu ombro e chorei, chorei por todos aqueles dias em que estive perdida. Por tudo o que eu passei sem entender, por amar um homem tanto ao ponto de querer morrer ao pensar que ele não me queria.
Michael afagava meu cabelo e me beijava no onde sua boca alcançava. Dizia-me coisas sussurradas ao pé do ouvido que me faziam estremecer. Sem nem ao menos perceber ele já havia me colocado em seu colo e me beijava, eu não sentia mais tristeza ou raiva, só sentia o corpo do homem da minha vida contra o meu, me apertando, me fazendo sentir mulher.
Ele enfiou suas mãos entre minhas pernas e me acariciou. Eu usava uma saia fina, portanto não foi uma tarefa difícil ele me levantar o pano e me acariciar. Eu rebolava em sua mão e sabia que isso também o dava prazer pois eu sabia que estava sentada bem em cima de seu membro. Comecei a beijá-lo da forma mais obcena que eu imaginei, eu mordia seus lábios e os sugava, fazíamos uma dança com nossas línguas fora de nossas bocas o que me excitava extremamente e à ele também. Não demorou muito pra que estivéssemos arfando e que nossos corpos estivessem implorando por alívio.
Nessa hora o carro faz uma curva e fomos levemente jogados para o lado.
Eu- Michael, não podemos fazer isso aqui!- eu sussurrei próximo de seu ouvido.
Mike- Bia. Caso não tenha percebido eu não vou conseguir sair daqui desse jeito.
Eu- Mas não podemos fazer isso no carro. Michael! Eu vou morrer de vergonha se alguém perceber- eu estava vermelha de fato, e grande parte era também por achar que talvez o motorista já tivesse ouvido algo.
Mike- God, garota! O que quer que eu faça?
Eu- EU NÂO SEI!!!- eu tentei dar um sussurro meio enfático, mas acho que ficou muito estranho. Enfim Michael pôs a mão no queixo de uma forma linda e começou a pensar.
Mike- Acho que tive uma ideia, espero que talvez você não ache muito estranha, e se nos pegarem também estamos fritos.
Seus olhos estavam parecendo o de um menino sapeca. E eu amei, mas não pude deixar de me sentir meio apreensiva.

Continua>>>
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bruna Raphaela

avatar

Mensagens : 13
Scores : 15
Data de inscrição : 06/01/2013
Idade : 19
Localização : Pidamonhangaba-SP

MensagemAssunto: Re: Amor além das fronteiras [+18]   Ter Jan 08, 2013 4:42 pm

AUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUNT PERFEIÇÃO DE CAP!
E NHAAI ESTOU AQUI NOVAMENTE U.U
Esperando por mais :p
#CARADEPAU ;p
Beijos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TatahJacksonMania

avatar

Mensagens : 335
Scores : 349
Data de inscrição : 05/06/2012
Idade : 19

MensagemAssunto: Re: Amor além das fronteiras [+18]   Qua Jan 09, 2013 11:31 am

Aaaaaaaaaaaaaah, que lindo!
Tudo bem que no outro capítulo Michael fora um ogro, mais esse foi perfeito!
Ele contou a verdade, pode ter errado, mais contou a verdade...
Aaaaain eles se amam!
Agora, só quero ver o que esse menino vai aprontar dentro do carro hahaha'
Continua mana, to amando e sabe disso! Wink

_________________

Mais um cantinho de amor para Michael meninas!!
Venha nos visitar:
http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com/forum
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Amor além das fronteiras [+18]   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Amor além das fronteiras [+18]
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2
 Tópicos similares
-
» Como usar vaselina, para fazer amor...
» Paixão pela aviação..
» [SBSP Congonhas ->> SBCT Curitiba | TAM 3015]
» Simplesmente Te Amo!!!
» O Amor... XD

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Never Can Say Goodbye MJ :: Fanfictions :: Fics Pausadas-
Ir para: