Never Can Say Goodbye MJ
Olá querido(a) Fã...
Nosso fórum vai passar por mudanças. Pretendo fazê-lor o mais rápido possível para evitar o menor desconforto.Espero que continue conosco e faça o seu cadastro. Ótimas Novidades vem por ai! Não percam!

God bless you.... Beijacksons <3
Administradora

*+ O Amor não tem fronteiras,
E a saudade nunca será um adeus +*


<3 O Amor vive para sempre <3
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Just Good Friends [+18] [Finalizada]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
Nai Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 929
Scores : 1011
Data de inscrição : 01/06/2012
Idade : 21
Localização : Michael Jackson's World

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Qui Dez 13, 2012 3:37 pm

Que triste o que aconteceu com a mãe da Tamires cryyd cryyd cryyd
Ainda bem que ele encontrou conforto nas palavras do ciumento do Mike rsrsrs....

E eu me acabo de tanto rir com Michael e Polly. Quando se juntam parecem duas crianças de cinco anos rsrs. Isso aí, Poll, coloca um pouco de juízo no Apple Head HIHIHI HIHIHI HIHIHI

Ansiosa por mais.......
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TatahJacksonMania

avatar

Mensagens : 335
Scores : 349
Data de inscrição : 05/06/2012
Idade : 19

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Sab Dez 15, 2012 7:08 pm

Hello babys!
Como vão? Estão ansiosos por mais capítulos? rs.
O de hoje promete! haha'
Espero que gostem e obrigado por estarem aqui!
Beijos amorecos

_________________

Mais um cantinho de amor para Michael meninas!!
Venha nos visitar:
http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com/forum
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TatahJacksonMania

avatar

Mensagens : 335
Scores : 349
Data de inscrição : 05/06/2012
Idade : 19

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Sab Dez 15, 2012 7:21 pm

Capítulo 8



Enquanto isso, do outro lado da sala de espera, Christian e Polly continuavam a conversar.
- Me conte mais um pouco sobre você... - pediu Christian
- Bom, embora eu trabalhe a tanto tempo para Michael e vivo dentro do mundo do show business, sou bem tímida. Muita gente até fica surpresa, porque, no trabalho eu sou super falante e tal, mas quando estou fora do trabalho falo pouco. - sorriu tímida. - E você Christian, você parece ser bem o contrário de mim - sorri - Me fale de você também.
Christian sorriu.
- Eu percebi que você é tímida, alias, Tamires sempre me disse que, além de linda e inteligente, você era tímida... O que eu não sabia era que você era ainda mais linda do que eu imaginava. - ele disse, vendo Polly enrubescer - Sobre mim... É eu sou diferente de você, no trabalho eu quase nunca falo, mais fora do trabalho eu converso mais...
“- Hum... Deixe-me ver o que eu tenho de interessante para contar... Ah sim, eu sou dono da Grey Interprises, amo meu trabalho, adoro velejar, pilotar e, no momento, estou conversando com uma mulher linda e maravilhosa... Acho que só...
- Nossa!Obrigada. Assim vou sumir de vergonha - ela sorri super sem graça e vermelha - Você é bem direto não é?.
- É uma das minhas qualidades... - ele disse. - Ou defeito, ainda não sei ao certo.
- Acredito que seja uma boa qualidade Christian. Eu gostaria muito de ser mais direta sabe, mas a timidez me impede. Fico vermelha só de pensar no que direi!?. - sorri - Falar o que está no coração às vezes é tão difícil.
- É verdade... A linguagem do coração é sempre mais difícil. Acho que é por isso que às vezes fazemos tantas besteiras...
- É verdade. E falando nisso... É.... Eu gostaria de fazer uma pergunta, mas responda somente se quiser tá, não desejo confrangê-lo de modo algum. Posso fazê-la?
- Claro que pode, baby.
- Tudo bem então. Como foi seu último relacionamento?.
Polly fez esta pergunta para saber como ele se portava como "namorado". Esta resposta era muito importante pra ela e faria uma grande diferença num possível futuro juntos.
- Meu último relacionamento.... Nossa foi há tanto tempo. Eu realmente gostava dela, acho que eu era um bom namorado, mais, ela se apaixonou por outra pessoa... Eu nunca fui rude com ela, ou a tratei mal, e muito menos a traí com outra pessoa, mas ela quis outro, então... Mais agora meu coração está limpo, mas acho que ele não ficará assim por muito tempo... - disse ele.
"Omg, as borboletas! Será que ele é o cara certo?" Ela pensou em segundos.
Polly sente esta ir direto no estomago. Poliana tinha uma teoria pessoal de que se alguém a fizesse sentir "borboletas" no estomago. Este seria sua outra metade.
- É meu ultimo relacionamento não terminou como os contos de fadas.... Polly diz ficando pensativa e deixa a frase no ar
- O que aconteceu...? - perguntou Christian
- Em uma palavra.... Traição. - diz e baixa a cabeça com vergonha do fato - Estávamos quase noivos e... Descobri que ele arrumou uma "noiva substituta". Eu não conseguia acreditar sabe, foram três anos muito bons. Não brigávamos e tínhamos muitas coisas em comum. Pena que... Não enxerguei quando ele não me queria mais. Polly nem sabia por que estava se abrindo assim, mas sentiu que precisava desabafar aquilo.
- Essas decepções parecem que sempre vão puxar o nosso tapete... Mas acho que elas acontecem pra nos mostrar que o melhor ainda está por vir... - ele diz - Acho que voce é o meu melhor. Aquilo foi uma das coisas mais verdadeiras que ele já havia falado pra alguém. Eu realmente quero tentar com você, Polly.
Poliana perde até o fôlego com essa declaração.
- Oh God, você está falando sério Christian?. Ela sente o coração saltar do peito e suas mãos gelam.
- Como nunca falei em toda a minha vida. - ele diz - Polly, eu nunca me senti tão... Entusiasmado, como estou agora. Eu gosto de você, e... Eu sou livre, você é livre... O que custa tentarmos?
Poliana estava sem palavras. Ninguém havia se declarado assim pra ela.
- Eu nem sei o que dizer Christian. Você foi um amor desde a primeira vez que nos falamos e...... Oh God..... Fiquei sem palavras agora. Sorriu tímida e corada.
Christian sorri.
- Só me diga se aceita ou não...
Polly finge pensar um pouco. Christian fica na expectativa. Seus lindos olhos verdes brilhavam como jóias raras. Polly enfim responde...
- Tudo bem Chris... Eu aceito tentar com você.
Christian sorri feliz.
- Você não vai se arrepender, Polly, eu prometo a você. - ele diz pegando sua mão e beijando
- Tenho certeza que não querido. Vamos construir um novo caminho. Ela diz e encantadoramente sorria pra ele.
Era isso. Polly e Christian estavam finalmente, no caminho certo.

_________________

Mais um cantinho de amor para Michael meninas!!
Venha nos visitar:
http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com/forum


Última edição por TatahJacksonMania em Sab Dez 15, 2012 7:22 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TatahJacksonMania

avatar

Mensagens : 335
Scores : 349
Data de inscrição : 05/06/2012
Idade : 19

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Sab Dez 15, 2012 7:22 pm

Capítulo 09



Segundos depois, o médico que estava responsável pela mãe de Tamires entra na sala de espera.
- Responsável por Camily Barcellos. - disse o médico
- Sou eu... Eu sou filha dela, Tamires Barcellos... Como ela está? - pergunta Tamires, aflita
- O acidente foi grave. Sua mãe sofreu muitas escoriações e fraturou o braço direito. Foi necessário fazer uma pequena cirurgia para coloca-lo no lugar. No momento ela está sedada para não sentir dores. Disse Dr. Charles.
- Ah... Graças a Deus que não aconteceu nada muito grave... - disse Tamires. - Eu posso vê-la? E, quando ela terá alta?
- Pode sim, mas ela não responderá caso fale com ela. A sedação que demos, é bem forte. Sobre a alta, devo dizer que sua mãe ficará esta semana no hospital. Temos de observa-la de perto, já que no acidente ela bateu forte com a cabeça.
Tamires engoliu em seco.
- Eu quero vê-la... - Polly... Você pode vir comigo? - pergunta Tamires.
Polly e Tamires acompanham o médico até o quarto onde está Camily, e enquanto isso, Christian e Michael ficam sozinhos na sala de espera.
Christian é o primeiro a falar:
- O que está acontecendo entre você e a Tamires? - pergunta ele, sempre direto ao ponto.
- Porque a pergunta? Pelo que soube você é apenas um amigo dela. Michael responde friamente.
- Um amigo não... Eu sou o melhor amigo dela, e exijo saber o que está acontecendo entre vocês e quais são as suas intenções para com a minha amiga, Michael.
Michael sente o sangue ferver com a ousadia dele. Sua resposta é direta e dura.
- Olha aqui Christian, eu não preciso dar satisfações a você sobre nada. Tamires é uma garota ótima e sabe se cuidar sozinha. Não precisa de babá e nem de um leão de chácara, se é que me entende!?.
- Digamos, Michael, que eu seja mesmo um "leão de chácara"... Bem, eu cheguei primeiro do que você, conheço a Tamires melhor do que ninguém e sei o quanto ela gosta de você como artista... É bem mais fácil pra ela se encantar por você. E ela é linda, gostosa pra caramba, e é muito fácil pra você usar ela. - Diz ele, sério - Por isso, novamente pergunto: Quais são as suas intenções com Tamires?
- Como ousa falar assim de Tamires?? - Michael levanta enfurecido - Ela não é qualquer uma e você devia saber disso, já que se diz amigo dela não é?. Garanto que minhas intenções muito melhores do que você imagina. E outra, Eu jamais usaria de meu status para iludir qualquer garota. Tenho muito respeito pelas mulheres. Tamires é uma mulher e tanto, merece ser amada. E você senhor Christian, não poderá impedi-la. Diz bufando de raiva.
Christian se reencosta mais na cadeira, e diz:
- Eu posso falar assim dela, porque Tamires me dá total liberdade para isso. Venhamos e convenhamos, Michael, ela é linda e você não pode negar, sou melhor amigo dela sim, mais não sou cego. Com certeza ela não é qualquer uma e com certeza ela merece o melhor que um homem tem para dar. - Mais acontece, Michael, que eu não acredito em uma palavra do que você diz. Eu acredito que você é um canalha, que não presta e só quer comer a minha amiga.
Infelizmente estavam dentro de um hospital. Michael respira fundo pra não socar a cara dele. Os pacientes não mereciam ouvir uma pancadaria, seus sofrimentos já eram suficientes para tiram sua tranquilidade. Michael sente o sangue ferver dentro das veias. Christian é mais um idiota maldito que não o conhecia. O astro já estava cansado de ser ofendido.
- Você só é homem pra me ofender aqui dentro porque estamos em um hospital. O Canalha aqui é você!!! Seu linguajar me dá nojo sabia?! Estou quase vomitando na sua cara. Como pode ser tão baixo desse jeito hein? Pobre Tamires, com certeza não sabe com quem está andando. E já que quer dar uma de macho, vamos lá fora, vamos!. Assim eu posso quebrar a sua cara sem incomodar ninguém. Michael falou alterado e cheio de fúria.
- Ela realmente não sabe com quem está andando, porque está andando com você. Você não me engana, Michael, eu já disse. Essa sua pose de bom moço é só uma fachada, sei disso.
Christian sabia ser nojento quando queria
Michael caminha de um lado pro outro. Ele tinha que ser muito forte para ser manter como estava. Seus punhos ficam serrados e seu maxilar trava quase a ranger os dentes.
- Você está procurando me deixar em desequilíbrio pra fazer um escândalo não é? Sei qual é a sua!!. Depois irá correndo falar a cabeça de Tamires contra mim. Você é um sujeitinho asqueroso mesmo Christian!.
- Não preciso fazer fofocas, Michael.. Mais é claro que vou dar a minha opinião pra Tamires - ele riu - E é óbvio, ela sempre me escuta e acredita em mim...
Depois de ouvir, Michael explodiu. O pegou pelo colarinho fazendo seu pescoço ser pressionado pela gravata.
- Cara eu vou te arrebentar!!. Gritou.
Christian ri.
- Não, Michael. Eu vou te arrebentar e mostrar pra você que com a minha amiga, ninguém brinca.
Christian empurra Michael e os dois começam a brigar. Nessa hora Polly e Tamires chegam e encontram os dois atracados.
- MEU DEUS, O QUE É IIISSO??. Polly fala assustada.
Poliana corre para segurar Michael. Quanto que Tamires faz o mesmo com Christian.
- Meu Deus! Michael, Christian parem com isso...
Tamires tenta segurar Christian, mais ele era mais forte.
- Me solta, Tamires, não quero que se machuque. - grita Christian
- Parem com isso já pelo amor de Deus!! Isso é um hospital e não um ringue de luta!!. Polly fala dando uma ordem.
- Parem com isso... - implora Tamires
- Eu vou matar esse desgraçado!! Michael gritou.
Por fim, Polly e Tamires conseguem separar os dois.
- Oh meu Deus! Michael não fala isso... - pede Tamires - Vocês podem, por favor, explicar o que está acontecendo?
- ELE TE OFENDEU TAMIRES! OFENDEU SUA HONRA!! ESSE SEU AMIGO NÃO VALE NADA!!. Michael falava aos berros.
Tamires arregala os olhos.
- Eu a ofendi? Aonde? Quando que eu não me lembro? Eu só estava impedindo que ele manchasse a sua honra, Tamires. Esse cara não presta, se afaste dele! - grita Christian
- Santo Deus o que acontecendo aqui? Vocês estão brigando como dois pitbulls!?!?. Polly fala ainda ofegante pelo esforço de segurar Michael.
- E por minha causa... Ainda não entendo... Como isso começou? - pergunta Tamires
Michael começou a falar:
- Eu estava na minha quando esse imbecil começou a me pressionar querendo saber "quais eram as minhas intenções com Tamires". Onde já se viu isso? Ele ainda falou do corpo de Tamires; e de Tamires como se fosse uma qualquer. Eu nunca, em toda a minha vida admiti que ofendessem uma mulher em minha frente e pior quando falam desta forma. Você não conhece o amigo que tem Tamires e sinto muito por isso.
- Como assim falou de mim como se eu fosse uma qualquer? Christian...
- Não foi nada disso Tamires. Eu só disse que você é uma mulher linda e gostosa e ele só quer se aproveitar da sua inocência. Eu conheço tipo de homens como ele Tamires. Se afaste dele. – ordenou
- Christian não fale assim de Michael, você não o conhece!. Polly partiu em defesa do amigo.
- Realmente eu não o conheço e nem quero conhecer... - ele pega Tamires pelo braço - Vamos embora, Tamires, amanhã voltamos pra ver sua mãe...
- Hey solte o braço dela... Michael fala.
Michael segura o outro braço de Tamires a impedindo de ir.
- Ela vai embora comigo! - grunhiu Christian
- Não mesmo, ela veio comigo e vai voltar comigo. Michael retrucou.
- Eu não vou a lugar algum com ninguém - diz Tamires se soltando - Eu vou passar a noite aqui.
- Como assim vai passar a noite aqui? - perguntou Christian
- É isso mesmo, Christian, eu não vou embora... Michael a interrompeu:
- Ela quer ficar com mãe seu tapado!. – ele vira e fala a Tamires - Se quiser eu fico aqui com você okay. Michael era solidário a sua situação.
- Não precisa, Michael, pode ir pra casa se você quiser, Fala Tamires
- Ah, é claro que ele quer ficar... É impressionante a sua solidariedade... - fala Christian, debochado.
- Cala a boca seu imbecil! Pelo menos eu a entendo. - se voltou novamente a Tamires - Tem certeza querida? Eu posso ficar, assim você não fica sozinha nesse lugar.
- Pelo amor de Deus, parem de brigar! - fala Tamires - Tudo bem, Mike, pode ficar se não for te incomodar.
- Eu disse pra você se afastar dele, Tamires! - bradou Christian
- Você não manda em mim!.
Ao ouvir aquilo, Michael sorriu.
- Não me incomodo, pode ficar tranquila querida.
Tamires assentiu e Christian bufou.
- Quer uma carona, Polly? - pergunta Christian
Polly recebe um olhar duro de Michael.
- Não sei se seria apropriado agora Christian.... Ela disse sem jeito.
Polly estava confusa e não queria magoar ninguém.
- Por que? - pergunta ele, só depois entendendo o motivo - Por causa do que aconteceu aqui? - ele suspira - Isso não tem nada haver com você, Polly. Não misture as coisas, por favor.
Ela olha para Michael. Ele revira os olhos e sacode a cabeça. Polly vai falar com ele.
- Olha Mike eu... Eu estou indo tá e.... Não fique bravo comigo okay. Você é irmãozinho! Te amo e sempre estarei contigo - beija a face dele e olha também para a amiga - Fiquem com Deus e o que precisarem, é só me ligar okay?
- Tudo bem amiga... - Tamires a abraça - Obrigada por tudo, maninha.
- De nada meu amor, fica bem tá. Deixe-me informada hein.
- Certo. Vai com Deus também Polly e cuidado com esse aí. Michael disse e serrou o olhar para Christian.
- Vou me cuidar Mike, pode deixar. - o abraçou em despedida - Te amo. Estarei de volta pela manhã. Tchau gente.
- Tchau baby.... - Christian abraçou e beijou a testa de Tamires - Qualquer coisa me ligue, por favor. Te amo.
- Também te amo, Chris... - diz Tamires
Christian olhou para Michael.
- Não ouse encostar nela, entendeu? - disse Christian entre dentes
- Fica tranquilo, não sou você!. Michael responde ainda com raiva no olhar.
Christian retirou os olhos demonstrando tédio. Polly e Christian saíram, deixando Michael e Tamires sozinhos.

_________________

Mais um cantinho de amor para Michael meninas!!
Venha nos visitar:
http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com/forum
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beah-chan

avatar

Mensagens : 393
Scores : 457
Data de inscrição : 20/06/2012
Idade : 25
Localização : Neverland

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Sab Dez 15, 2012 7:39 pm

Ave Maria..... Michael dá umas porradas nesse cara aí...

Polly, como você pode ir com um caras desses....

poxa que cara mala... puxar briga do nada.....

Bom, espero que seja um desintendimento passageiro....

E Chris, se vc magoar minha amiga Polly.... EU È QUE TE BATO Ô ZÈ MANÈ!!!!

Sorry... tá demais....

Continuem flores
Beijos >>>>
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Seg Dez 17, 2012 11:02 am

Beah-chan escreveu:
Ave Maria..... Michael dá umas porradas nesse cara aí...

Polly, como você pode ir com um caras desses....

poxa que cara mala... puxar briga do nada.....

Bom, espero que seja um desintendimento passageiro....

E Chris, se vc magoar minha amiga Polly.... EU È QUE TE BATO Ô ZÈ MANÈ!!!!

Sorry... tá demais....

Continuem flores
Beijos >>>>

Tadinho do Chris Bee ..... O boy só ficou nervoso por causa da Tah. mjrindo
Também esperamos que seja passageiro mana. Tah eu eu não temos músculos pra segurar marmanjo não no1
omg3 Obrigada por me defender amore. Chris que se cuide agora viu, tenho mias um anjo pra cuidar de mim mak1

Beijos lindaaaa..... loveu589 girl789
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Seg Dez 17, 2012 11:03 am

Olha mais fic aí minha gente!!! Não fiquem bravas com o Chris, ele é um fofo também e apenas que defender a nossa Tatah. Bora ler mais????? beijos meus amores 2541

Capítulo 10


- Vocês dois... Nunca pensei que pudessem se odiar. - diz Tamires se sentado.

- Me perdoe por isso Tamires. Estou tão envergonhado!. Não costumo agir assim, de verdade. É que não suportei vê-lo falar de você daquele jeito. Me desculpe, por favor. Disse sentido.

- Ainda não entendo... Por que ele estava falando de mim daquele jeito? Por que ele não gostou de você?

- Se não se importa prefiro nem repetir o que ele disse, querida. E sinceramente também não entendo qual é a dele. Eu não gostei das atitudes dele para com você. Pelo que pude perceber, ele tem posse sobre a sua pessoa. Diga-me uma coisa... Ele sempre foi bruto assim?

- Christian sempre foi meio "estourado", e ele sempre foi muito cuidadoso comigo, como um irmão mais velho. Mais eu nunca o vi com tanta raiva, como hoje... - murmura ela

- Entendo. Posso lhe fazer uma pergunta?

- Claro...

- Vocês já tiveram alguma coisa?. Não é por nada mais, ele parece um ex. Michael pergunta curioso.

Tamires ri.

- Eu e Christian? Oh, Michael, claro que não... Ele é só um amigo... Meu melhor amigo, como um irmão, sabe?

- Sei, mas pra mim ele não parece mesmo seu irmão. Ele ficou muito esquentadinho pro meu gosto. Huuum.... Mas deixe comigo... Vou coloca-lo rapidinho em seu lugar. Michael sorri perverso.

- O que? O que você vai fazer? - pergunta ela

- Não vou quebrar a cara dele, pode ficar tranquila. Bem que seria interessante, mas não o farei por você. Vou apenas mostrar quem realmente sou. Falou com um plano em mente.

- Você está muito misterioso para o meu gosto, Michael. - diz ela em tom de brincadeira

- Hum... Só um pouco. E você, gosta de homens misteriosos?. Ele sorri sedutor.

- Gosto... Homens misteriosos são sexys. - ela fala

Michael ri.

- Huum... Então posso fazer parte de sua lista?.

- Você já faz parte da minha lista, Michael... - ela fala rindo – Aliás, faz parte de várias listas minhas...

- Uau... E posso saber que listas são essas?.

- Tem certeza que quer saber?

- Claro que quero! Conte-me tudo... Disse sentindo a curiosidade lhe corroer.

- Ok... - ela ri - Bem... Você faz parte da minha lista de cantores e dançarinos mais talentosos, faz parte da lista dos homens mais lindos e gostosos. Dos mais sexys também, faz parte das pessoas que eu admiro.. Tem mais só que eu não me lembro, agora...

- Nossa que listas!! E... Eu sou sexy e gostoso? Ri vermelho como um tomate maduro de tanta vergonha.

- Ah você também fica vermelho! Pensei que essa era a função da Polly... - ela ri

- É... Ela também fica assim. Este é um quesito comum entre nós. Somos muito tímidos e ficamos vermelhos muito fácil sabe. - riu - E a senhorita não respondeu minha pergunta...

Tamires ri, eles eram parecidos.

- Que pergunta?

Ele fica sem jeito e repete a pergunta.

- Aquilo que disse... Que sou sexy e gostoso ...

- O que você acha? Que eu to mentindo? É claro que você é sexy e gostoso, Michael, e lindo também... - foi a vez de Tamires ficar tímida.

- Oh Boy... Vou sumir....

Ele tampa o rosto com as mãos. Estava profundamente tímido e vermelho.

- Desculpa, Michael... Você que insistiu em saber - Tamires diz tímida

Agora, ela não sabia o que falar, então, esperou a vergonha de Michael passar.

- Oh não se preocupe, vou ficar bem. Eu quem insisti. Isso que dá ser curioso demais. Brincou.

Tamires sorri e dá de ombros.

- Isso que dá ser sexy, gostoso e tímido... - disse ela, piscando um olho pra ele.

- Oh Meu Deus Tamires.... - ele ri - Você é demais sabia? Adoro seu sorriso... É tão lindo!.

Foi a vez de Tamires ficar vermelha.

- Oh, Michael... Obrigada. Você é quem é demais, e o seu sorriso também é lindo. É ele que está me fazendo sorrir agora, depois de tudo o que aconteceu. Obrigada, por tudo. - diz ela, tímida e sincera.

- Não precisa agradecer minha querida. Sua companhia é um prazer..... E sempre que precisa de algo, conte sempre comigo, okay?

- Obrigada, Michael. Sempre que precisar, também conte comigo... - Tamires sorriu. - Uau... Que dia foi esse? Meu Deus! Aconteceu tantas coisas...

- Verdade. Quase dei uma surra em um cara, mas também conheci uma garota linda, inteligente e que adora me deixar vermelho – sorri e completa a frase - E... Olhando nos olhos dela sei que ela me fará muito feliz. Michael disse e fez carinho na mão dela.

Tamires mordeu o lábio inferior, nervosa.

- Separei a briga de dois caras, e me senti valente por causa disso, e nervosa também porque eu gosto muito dos dois e eles estavam brigando por minha causa. Minha mãe me deu um susto que só Deus sabe como eu fiquei e... Conheci um cara maravilhoso, lindo, gostoso e sexy, valentão que briga por mim, e me faz sentir querida, como nunca me senti antes. - Vejo nos olhos dele que ele entrou em minha vida, para nunca mais sair.

- Ohh Tamires.... Disse emocionado.

Michael sorri e toca o rosto dela com carinho. Segura-o e beija com todo amor que tinha em seu coração. Michael e Tamires selam suas declarações com um beijo doce e apaixonado. O beijo foi doce, com gosto de amor. Michael selou o beijo com selinhos, sussurrando entre os lábios de Tamires:

- Desculpe, mas não pude resistir. Seus lábios já chamavam os meus desde aquele momento no lago.... – Sorriu - E... já gosto tanto de você Tamires. Sei que isso é loucura... E...... Tamires completou a frase dele:

- Sim, é loucura... Mais eu sinto o mesmo por você, Michael. Eu não consigo explicar, é mais forte do que eu... Nunca me senti assim antes.

- Nem eu... Oh boy isso é tão bom! Posso te beijar de novo?.

- É muito bom! - Tamires fala. - Claro que pode, Sr. Jackson...

Michael sorriu e chegou mais perto de Tamires, colocando a mão em sua nuca e a puxando para si, delicadamente. Deixou seus lábios roçarem os dela, e logo depois mordeu seu lábio inferior. Tamires reprimiu um gemido. E, sem mais esperar, a beijou com amor e carinho, mostrando que o que ele sentia por ela era tão forte que explodiu cedo demais... Ou simplesmente, explodiu na hora certa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Seg Dez 17, 2012 11:05 am

Capítulo 11


Dentro do carro de Christian o silêncio permaneceu por boa parte do trajeto. Polly estava chateada com a briga que presenciou. Por mais que estivesse gostando do amigo de Tamires, o mesmo havia ofendido a Michael, a própria Tamires e não respeitou o ambiente em que estava.

Christian suspirou

- Vamos ficar sustentando esse silencio horroroso até quando? - perguntou

- Como assim?. Polly se fez de boba pra ver qual era a dele.

- Você sabe muito bem do que eu estou falando, Polly. Pelo amor de Deus, esse silêncio está insuportável! - fala ele.

- É, na verdade sei do que fala sim e por isso mesmo fiquei em silêncio. Estava aqui refletindo como dois homens crescidos se atracam feito moleques briguentos, dentro de um hospital. Disse ela o cutucando.

- Só estava defendendo a honra da minha amiga. Aquele seu amigo, Polly, ele acha que me engana, mais eu sinto que ele vai a magoar. Eu prometi a mim mesmo que eu sempre protegeria Tamires, de quem quer que fosse!

Polly respira fundo e responde com educação.

- Olha Christian, eu conheço Michael há muito tempo e sei que ele JAMAIS fará Tamires sofrer como você pensa. Ele nunca demonstrou tal índole, e como mulher eu teria percebido o menor sinal, se... Algo desse tipo existisse. Com relação a sua "proteção exagerada" com Tamires devo alertar que tenha cuidado. Amor demais pode sufocar, sabia?. Polly falava com a voz equilibrada.

Christian aperta o volante com força.

- Você não entende... - ele balança a cabeça. - Aliás, ninguém entende. Tamires é a única amiga verdadeira que eu tenho, a única que me conhece de verdade... Eu não tenho irmãos e meus pais morreram cedo demais, Polly, quando Tamires entrou na minha vida, ela se mostrou dedicada em me fazer entender que o mundo não era tão injusto quanto eu pensava que fosse. Ela é a irmã que eu nunca tive, e sei que ela tem que errar, se magoar uma vez, pra aprender a viver mais... Se eu posso evitar esse sofrimento, eu vou evitá-lo. - ele diz.

Polly sente a garganta apertar. Ela também não tinha perdido os pais e sabia muito bem do que ele falava.

- Christian, eu entendo bem mais do que imagina. Também perdi meus pais cedo. Tive de virar sozinha para chegar onde cheguei. Ao conhecer Michael minha vida mudou. Ele é muito especial, e dói muito quando vejo o que as pessoas falam e pensam mal dele.... – ela engole o nó da garganta e continua - Olha, eu gostei muito de você, mas se continuar desse jeito.... Sinto que..... Nosso futuro é incerto.

- Ah, pelo o amor de Deus... Vai desistir de nós porque eu e seu melhor amigo não nos damos bem? - ele balança a cabeça - Escute: eu nunca pensei mau sobre Michael, nem nunca falei mau dele, até porque eu tenho coisa melhor pra fazer. - Mas eu simplesmente não gostei dele, e uma coisa que eu não sou, é falso. Eu acho que ele é um galinha que vai magoar minha amiga e ponto final. Isso não tem nada haver com nós dois!

- Olha Christian, vou pedir uma coisa pra você... Se você quiser continuar comigo, peço que respeite Michael. Por favor! Por mim!. Pediu.

- Respeitar... - ele começa a refletir a respeito - Eu posso tentar, por você, Polly, pra você não desistir de mim...

Ela dá um pequeno sorriso. Christian pára o carro em frente ao portão de Polly e olha dentro dos olhos dela segurando sua mão.

- Não desiste de mim, por favor. Pediu.

- Não penso em deixar você, mas peço que me compreeenda. Sou amiga de Michael da mesma forma que você é amigo Tamires.

- Eu só não quero que ela se machuque, entende? - ele aperta sua mão - Obrigado por não desistir de mim... Você não sabe o quanto se tornou importante.

- Você também é importante. E por você falarei com Michael okay?. Ela sorriu pra ele.

- Fala pra ele não magoar a minha amiga senão serei obrigado a bater nele de novo.

- OMG Christian, por Deus não faça isso! Não tenho músculos suficientes pra separar vocês.

- Não foi o que pareceu... Você ficou uma fera! - ele disse, rindo.

- Ah Chris, eu tinha que ficar não é? Se eu falasse com jeito com vocês não iam parar. Riu junto.

- Olha eu não tive culpa, ele que partiu pra cima de mim. - Christian fez carinho no rosto dela, com a ponta dos dedos - Você fica ainda mais linda bravinha.

Polly sente que as benditas borboletas dançam freneticamente em seu estomago.

- Awwnnn Chris.... Assim eu fico vermelha poxa. Ri tímida

- Eu gosto de você vermelha, baby...

Ela ri e fica mais vermelha

- Pára Chris.....

- Ah, baby... Acho que eu precisava de uma garota tímida como você... Polly não entendeu o que ele quis dizer.

- Como assim? Sorriu curiosa.

- Eu só conheço mulheres atiradas, que fazem de tudo pra chamar minha atenção... Já estava desistindo de encontrar a mulher da minha vida, mais aí me aparece você. Com esse seu jeito tímido de menina, que está conquistando meu coração...

- Aiiiinn meu Deus... Agradeço pela "menina". Mas diga-me uma coisa... E essa história das garotas atiradas em você?. Disse com quem não quer nada, porém a curiosidade a matava por dentro.

- Você sabe... Essas mulheres que só se aproximam porque você tem dinheiro, e é bonito e gostoso... - ele fala, rindo.

- Huuummm... Que metido! Ela riu.

- Sempre baby... - ele ri

- Estou vendo mesmo. MAS... Não espere que eu pule no seu pescoço porque eu não vou okay? Sou romântica demais pra isso.

Ela diz fazendo charminho pra ele.

- Sei que você é romântica, Polly. Pra você, darei flores e bombons todos os dias.
Ele diz, galante.

- Awwnnnn você é um fofo! Eu amo flores!

- E bombons?

- Adoro muito. É minha fraqueza. Riu tímida.

- Ah, estou descobrindo os pontos fracos de Poliana... - ele fala. - Cartas e livros... Também lhe agrada?

- Sim muito. Adoro ler. Você por acaso lê mentes femininas?

- Digamos que só a sua... - ele ri. - Na verdade, eu te acho uma mulher muito intrigante, Polly... Você tem um ar de mistério...

- Ah é? Huum... Bom saber. Assim você pode tentar me decifrar... Que tal?

- Será um prazer... - ele disse, beijando sua mão.

Polly se arrepiou. Seu coração disparou dentro do peito.

- Saiba que você também desperta minha curiosidade. E homens como você sempre deixam garotas de coração partido pelo caminho, sabia?. Brincou.

- Homens como eu? - ele ri. - Como assim, homens como eu?

- Sim, homens charmosos e sedutores como você. As garotas se iludem com garotos assim.

Christian ri.

- Então você me acha charmoso e sedutor? Hum... Bom saber, Srta. Polly. As garotas podem até se iludir, mas eu não sou desses. Do tipo que mente pra ficar com alguém. Como disse antes, sou bem sincero, e em relação a mulheres sou ainda mais sincero. Falo a verdade, pra depois não dizerem por aí que eu menti e magoei o coração da moça...

- Hum, entendi e concordo com você, senhor sedutor. - sorri - Então não preciso me preocupar com seu jeito irresistível, não é?

- Só se você não me quiser mais ao seu lado... Aí eu vou ter que usar meus métodos ainda mais sedutores... - ele pisca pra ela

- Noossa, e tem métodos mais específicos que estes?. Disse surpresa.

- Com certeza... Quer que eu te amostre um?

Sorri tímida e responde.

- Quero sim...

Christian sorri e se aproxima dela devagar

Pegando seu rosto entre as mãos, ele encosta seus lábios nos dela e a beija terna e sedutoramente, mostrando tudo o que sentia em relação há ela. Ela corresponde ao beijo na mesma intensidade em que recebe. Christian é habilidoso com os lábios.... E com as mãos também. Polly sentiu a mão de Christian em sua coxa, apertando de leve, enquanto ele ainda mostrava para ela o quanto ele era habilidoso. O beijo foi selado com uma mordidinha no lábio inferior de Polly, dado por Christian. Polly foi a primeira a falar, um sorriso no canto dos lábios.

- Minha nossa... Você beija muito bem!.

- Ah baby.... É a minha parceira que faz com que eu me supere. - ele diz. - É tão bom que eu quero mais... - murmura se aproximando novamente. O beijo ficava mais intenso a cada segundo e aquelas famosas borboletas faziam festa na barriga de Polly. Ela estava completamente encantada. Nunca havia sentido nada parecido com aquilo. - Ah baby.... Eu com certeza quero tentar com você... - murmurou ele em seu ouvido

Polly sorriu, arrepiada.

- Eu também quero tentar Chris... E estou desconfiada de que o homem dos meus sonhos está mais perto do que eu imagino.

- Já eu acho que encontrei a mulher da minha vida. - diz ele, sem hesitar

- Awnnn... Você existe mesmo Chris?. Disse emocionada.

- Existo, baby.... E estou aqui pra te fazer feliz.

Polly sorri e sente os olhos marejarem.

- Não chore, por favor... Ele pediu.

- Aiiin desculpa Chris, eu sou uma boba mesmo... Diz com vergonha.

- Não diga isso. Você não é boba, você é linda, forte, inteligente, encantadora...

- E você é um amor... Alias, apartir de hoje és o meu amor... Frisou.

- Você também é o meu amor, hoje e sempre. - diz ele.

Christian dá um selinho demorado. Depois de se admirarem por um breve momento Polly se dá conta das horas.

- Meu Deus Chris veja que horas são! É quase meia noite! Quanto tempo passamos aqui?.

Ele riu.

- Não sei creio que muito tempo... - ele a beija novamente - amanhã eu passo aqui pra irmos ao hospital, ok?

- Não...

Christian fica confuso.

- Por que não?

- Tenho uma proposta melhor, mas não me entenda mal, por favor, okay? – Christian assente com a cabeça - O que você acha de passar a noite aqui e de amanhã saímos cedinho?. Minha casa é grande e tem muitos quartos...

Christian fica surpreso.

- Ah, por mim tudo bem...

- Então vamos?. Polly fala sorrindo.

- Claro!

Christian espera o portão da casa se abrir e entra com o carro... Assim que estaciona, ele sai e abre a porta pra ela sair.

- Obrigada! Fala sorridente.

Polly pega a chave na bolsa e abre a porta da frente. Eles entram.

- Bem vindo ao meu lar doce lar Christian!!. Diz orgulhosa.

- Uau... Sabia que você tinha bom gosto. Diz ele admirando a casa

- Obrigada! Modéstias à partes, eu mesma que escolhi cada item que você vê. Tenho orgulho do que construí com meu suor.

- E tem que ter orgulho mesmo. Eu tenho muito orgulho do que construi, você também deve se orgulhar. - ele diz

- É verdade. Você quer comer ou beber alguma coisa?

- Não... Estou bem, só tem uma coisa que eu quero fazer agora. - ele diz

- O que?. Perguntou tentando imaginar o que era.

- Beijar você.

Ela arquea a sobrancelha de um jeito sexy.

- E está esperando o que gato?. Polly diz brincando com um sorriso mau nos lábios.

Ele ri e a puxa para os seus braços

- Ué, cadê minha menina tímida? - pergunta ele em seu ouvido com uma voz sexy.

- Ah, pedi que ela desce uma voltinha por aí... Agora estamos só eu e você. Diz mais sexy que ele.

Christian da um sorriso sedutor

- Hum... É verdade só temos eu e você... Estamos sozinhos, somos adultos, podemos fazer o que quisermos... Ele fala beijando seu pescoço.


- Você é um garoto muito espertinho! - Sorriu - Fazer o que quisermos é?? Huuum... E o que tens em mente?

- Quer mesmo que eu diga?

- Claroo, vai me deixar curiosa assim?.

- Hum... Só pra você não ficar curiosa, posso te propor uma coisa... - ele fala olhando pra ela - Prefere que eu fale ou que eu te mostre?

- Satisfaça minha curiosidade fazendo os dois!.

- Os dois? - ele arqueou uma sobrancelha - Só se me prometer que a sua timidez não vai voltar...

- Huum... Não garanto muito, mas posso tentar.

Ele deu um sorriso torto que fez Polly arfar.

- Ok baby... Mas lembre-se, foi você que pediu.

- Eu vou beijar sua boca... - ele a beija na boca. - Beijar seu pescoço - diz deixando uma trilha de beijos em seu pescoço, a deixando arrepiada - Enquanto minhas mãos passeiam por seu corpo... - as mãos dele passa pela lateral do corpo de Polly, depois volta indo até as costas e descendo até seu bumbum, apertando de leve.

Polly suspira.

- Está bem pra você, ou ainda quer mais? - pergunta Christian

- Quero mais Chris.... Disse quase sussurrando.

- Que delicia baby... - ele sussurra em seu ouvido e morde o lóbulo de sua orelha. - Vou te amostrar o que eu faço de melhor.

Christian beijou a boca de Polly com delicadeza e ardor. Ele deixou suas mãos passear pelo corpo de Polly, enquanto sentia o gosto doce da boca dela. Ela era uma delicia, era só nisso que ele pensava agora, enquanto sentia vontade de desvendar todos os mistérios daquela mulher, que misteriosamente tomou seu coração em um tempo muito mais rápido do que ele sequer imaginara.

Polly sentiu as mãos dele em seu bumbum, e ficou ainda mais excitada, ela se perguntava como é que se fazia para se resistir há um homem daquele. Ele era lindo demais, gostoso demais, sexy demais, e a beijava de uma maneira que nenhum homem a beijou até então. Talvez ele fosse mesmo o homem certo, porque as borboletas se multiplicaram por mil dentro de sua barriga.
Aqueles amassos todos estava bom demais, quente demais, excitante demais, mas quando Polly sentiu a ereção de Christian pressionando sua cintura, ela percebeu que tinha de parar ali, ou então, não conseguiria mais.

Christian habilidosamente levantou um pouco o vestido de Polly, o suficiente para que seu bumbum ficasse amostra e ele pudesse o tocar sem o impecílio de nada, só da pequena calcinha que ela usava.

Polly arfou e Christian passeou com os lábios até o seu pescoço, o sugando de fraquinho, a excitando ainda mais. Ele pressionou sua ereção na perna dela e a pegou no colo, subindo as escadas com preço. Assim que alcançou o último degrau, Christian a colocou no chão e a imprensou contra a parede, a beijando com força.

- Ah baby... Você está me deixando louco... - ele disse, entre os lábios dela. - Aonde é seu quarto?
Polly arfou e sentiu as mãos dele em sua perna, subindo seu vestido, quase chegando em seu sexo.... Ela respondeu:

- Calma amor.... Meu quarto é.....

Ela mal conseguia falar porque Christian não parava de alisar seu corpo.

- Chris... - ela pega o queixo dele e mira em seus olhos - Amorzinho... O seu quarto é ali olha...
Ela aponta para a porta diante deles.

Christian franze o cenho.

- Hum... Está falando sério? - ele falou, sem conseguir acreditar.

- Não fica bravo comigo gatinho, mas ainda é muito cedo. Vamos com calma sim?. Pediu e beijou seus lábios.

Christian respirou fundo.

- Tudo bem... Você está certa... - murmura ele e então, dá um sorriso torto - Boa noite baby... - ele beija seus lábios e entra no quarto aonde Polly apontara

Deixando-a atordoada com o que tinha acabado de acontecer.

Polly respira fundo. Ela não podia se arrepender. Christian é maravilhoso, mas ele tinha acabado de se conhecer!. Polly tinha suas convicções e as manteria mesmo que o homem dos seus sonhos tivesse de passar a noite sozinho e na mesma casa que ela.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
Beah-chan

avatar

Mensagens : 393
Scores : 457
Data de inscrição : 20/06/2012
Idade : 25
Localização : Neverland

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Seg Dez 17, 2012 1:16 pm

Fala sério affraid

Primeiro eu estava brava com a Polly porque ela estava indo para os "finalmentes" com o cara...
depois a nega deixa ele na mão??????

Poxa Poll, você é muito Bad mana..... HAHAHA

E Tatha.... o "mu Deus" gente.....
tá muito fofo flor..... Deixa o King louquinho mesmo amiga..... ainn4
Claro que eu sempre vou preferir meu king né gente.....

Mas eu acho que a Poll está correndo alto risco de não conseguir sair da cama com esse Chris aí HAHAHA

Lindas tá muito bom...

Vou esperar ansiosa Ok?
hihihi

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Michael Eterno

avatar

Mensagens : 99
Scores : 159
Data de inscrição : 01/06/2012

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Seg Dez 17, 2012 2:34 pm

O que esse cara metido a besta quer enfrentar o Michael? Vai é levar uns socos do Michael em todas as partes do corpo. E olha, o casal Michael e Tamires deram o primeiro beijo. Se amam e vão se entender a cada dia. Muito bom, garotas. Acompanhado sempre aqui a fic de vocês.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nai Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 929
Scores : 1011
Data de inscrição : 01/06/2012
Idade : 21
Localização : Michael Jackson's World

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Qua Dez 19, 2012 12:46 pm

Agora preciso respirar fundo pra conseguir processar todas as informações. Demorei mas voltei, meninas kkkkk....... hehe hehe hehe

G-suis, essa mistura de Michael Jackson e Christian Grey é demais pro meu coração!!! Vocês estão muito bem servidas, hein garotas? aaa2 aaa2 aaa2
Tipo... Poll... como você resistiu? Você é de ferro, mulher? cai07 cat 123
OMG................. Eu pensei que ia acontecer. Ele tava lá, na tua frente, com aquele jeito dele.................................... 4568

E a Tamires, uau!!! OH MY GOD... senti muito calor ao ler as suas cenas com o Michael! Divide o beijo comigo??? Eu queroooooooo!!! lokaaa lokaaa lokaaa

Awnnnnnnnn........ ansiosíssima por maissssssssss!!!! Continuem, girls 725
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Qua Dez 19, 2012 1:07 pm

Beah-chan escreveu:
Fala sério affraid

Primeiro eu estava brava com a Polly porque ela estava indo para os "finalmentes" com o cara...
depois a nega deixa ele na mão??????

Poxa Poll, você é muito Bad mana..... HAHAHA

E Tatha.... o "mu Deus" gente.....
tá muito fofo flor..... Deixa o King louquinho mesmo amiga..... ainn4
Claro que eu sempre vou preferir meu king né gente.....

Mas eu acho que a Poll está correndo alto risco de não conseguir sair da cama com esse Chris aí HAHAHA

Lindas tá muito bom...

Vou esperar ansiosa Ok?
hihihi


OMG Bee... Sou doidinha mas nem também. Agora ser BAD você acertou em cheio mana.
Isso eu sou mesmo. Acho que deu pra perceber né mjrindo
A preferência nacional sempre será o King. Isso é fato!
Inclusive eu sou adepta desta opinião. Mas na fic podemos ser o que quisermos.
De heroína a vilã. Em fic tudo pode acontecer. Somos meros personagens neste mundo de fantasias.
Muito obrigada por estar conosco querida. Sua presença é importante. girl789
Vou postar mais sim, com certeza. Mil beijos loveu589
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Qua Dez 19, 2012 1:44 pm

Michael Eterno escreveu:
O que esse cara metido a besta quer enfrentar o Michael? Vai é levar uns socos do Michael em todas as partes do corpo. E olha, o casal Michael e Tamires deram o primeiro beijo. Se amam e vão se entender a cada dia. Muito bom, garotas. Acompanhado sempre aqui a fic de vocês.
Caaaaaaaaalma Michael....... cat 123
O King sabe se defender, não se preocupa.
Mike e Tah são uns lindos. Tem tudo pra dar certo mesmo.

Obrigada por estar conosco. loveu589 girl789
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Qua Dez 19, 2012 2:56 pm

Nai Jackson escreveu:
Agora preciso respirar fundo pra conseguir processar todas as informações. Demorei mas voltei, meninas kkkkk....... hehe hehe hehe

G-suis, essa mistura de Michael Jackson e Christian Grey é demais pro meu coração!!! Vocês estão muito bem servidas, hein garotas? aaa2 aaa2 aaa2
Tipo... Poll... como você resistiu? Você é de ferro, mulher? cai07 cat 123
OMG................. Eu pensei que ia acontecer. Ele tava lá, na tua frente, com aquele jeito dele.................................... 4568

E a Tamires, uau!!! OH MY GOD... senti muito calor ao ler as suas cenas com o Michael! Divide o beijo comigo??? Eu queroooooooo!!! lokaaa lokaaa lokaaa

Awnnnnnnnn........ ansiosíssima por maissssssssss!!!! Continuem, girls 725
Ebaaaaaa você chegou maninha lokaaa lokaaa lokaaa
Tah e eu somos garotas de sorte maninha HIHIHI HIHIHI
Nem eu sei como resisti amga. hahahahahaha acho que sou de ferro sim,
porque não é fácil a situação. mjrindo

Tah tem uma cenas ótimas com o Mike, até eu fico sem folego com eles HIHIHI

Vamos continuar sim amore. boca123 boca123 boca123
loveu589 girl789
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Qua Dez 19, 2012 5:26 pm

Mais fic pra vocês amores..... E se preparem para as emoções que virão 52486

Capítulo 12



Já era madrugada e a conversa entre Michael e Tamires não acabava. Eles haviam descoberto várias coisas em comum, e de vez em quando, paravam a conversa para trocar beijos apaixonados.

- Me conta mais sobre você, Michael... - pediu Tamires.

Michael estranhou aquilo, ele pensou que ela já soubesse tudo sobre ele...

- Mais? Oh boy, falei tanto acho que nem tenho mais o que dizer. – sorriu - Mas o que a minha gata quer saber?.

Tamires sorriu.

- Eu quero saber tudo o que você ainda não me disse. - ela disse arqueando uma sobrancelha.

Michael deu risada.

- Céus, o que você quer saber. Como fã você me conhece do avesso não é?.

- Do avesso, ao quadrado multiplicado por mil... - disse ela rindo - Mais é claro que tem coisas que eu não sei, é aí que você entra: você vai me contar o que eu não sei! Oh Mike... Por favor! - pede ela

- Okay. Como posso resistir ao pedido de uma gata como você... É impossível! - deu lhe um selinho e disse

- Agora vamos pergunte o que quiser.

- O que quiser né? Ok! - Tamires sorri - Quem é a famosa Billie Jean?

Michael riu.

- Porque todas as fãs querem saber sobre ela? É engraçado! Parece que sentem ciúmes dela. disse rindo.

- Mas é claro que sentimos ciúmes dela. Sentimos ciúmes dela, da Annie, da Tatiana, e das outras que ainda estão por vir...

Michael gargalhou.

- Oh meu amor não fique A minha garota é você. Mas tudo bem, vou responder sua pergunta. A Billie Jean foi uma garota que entrou na minha vida e deixou sua marca. Nunca a vi pessoalmente... até porque se eu me aproximasse dela minha mãe teria um troço. Bom, ela era minha fã e me mandava muitas e muitas cartas falando do seu amor por mim e que tínhamos um filho juntos....

Tamires o interrompe nessa hora.

- A garota era louca? Como isso? Um filho sem nem fazer sexo? O que você faz com as mulheres, Michael? - pergunta ela chocada

- Eu não fiz nada, isto eram devaneios dela. Pra você ver a coisa ficou tão séria que um dia enviou pra mim uma caixa com uma carta, uma foto dela com um bebê e uma arma carregada. Na carta ela dizia "Meu amado Michael se nesta vida não podemos ser felizes juntos que isso aconteça na próxima. Daqui a três semanas. No dia 15 tirarei a vida do nosso filho e depois a minha e peço que faça o mesmo para assim sermos felizes na eternidade. Meu amor por você é eterno Michael, Te amo e nos vemos no paraíso... Eu, você e o nosso bebê.

Tamires fica atordoada com aquilo.

- Ela se matou e matou a criança?

- Graças a deus não. Mas na época eu fiquei quase louco. Lembro que eu chorava sem parar Ela me deixou desesperado. - ele suspira e continua -Imagina, uma moça matar um bebê e depois se matar por minha causa?. Minha família ficou em pânico também. Reforçamos a segurança e tudo. Minha mãe tinha medo que ela aparecesse e cometesse mais loucuras.

- Meu Deus do céu... Nem quero pensar nessa possibilidade. Graças a Deus nada aconteceu. Mais e depois, conseguiu descobrir quem era ela?

- Infelizmente não. Dias depois recebi a notícia que a garota foi internada em um hospital psiquiátrico. Tive pena sabe. Era uma bela garota. Ainda tenho a foto dela em casa.

- Nossa Michael... Eu pensei em todas as hipóteses mais isso sequer passou pela minha cabeça... Eu sinto muito, você não merecia passar por isso, nem essa menina merecia ficar desse jeito.

- Ah meu bem, obrigado - ele a beijou de leve - Nossa vida é cheia de mistérios. Veja... Billie trouxe um estrondo a minha vida, tanto no pessoal como profissionalmente, foi por caua dela que escrevi "Billie Jean".

- É verdade, não foi de tudo um mau, né... - Tamires sorriu

Então foi a vez de Michael ser curioso.

- Verdade -sorriu - Agora é minha vez, também quero saber mais da senhorita.

- O que quer saber? - pergunta ela sorrindo

- TUDO!! sorriu travesso.

Mas antes direi algo mais simples. Qual é sua flor favorita?

Tamires gargalhou.

- Minha flor favorita... Eu gosto de todos os tipos de flores, mais a minha favorita são peônias brancas.

- Bom, saber. Outra pergunta. Você seu manequim é 38 certo?. Disse franzindo o cenho.

- Sim, meu manequim é 38... Como sabe disso? - pergunta - Hum... Perguntou pra Polly, né safadinho?

Michael sorriu.

- Claro que não. Nem deu tempo. Tirei suas medidas no olho. Ele a olhou fixamente e mordeu o lábio inferior.

Tamires arqueou uma sobrancelha.

- Prestando atenção no corpo alheio né, senhor Jackson? Depois diz que é tímido. - Tamires ri - Por que quer saber meu manequim Michael?

- Olhei porque preciso saber. Como vou lhe presentear se não souber o numero que usa?. Ele diz sem contar seus planos futuros.

- Não precisa me dá presentes, Michael... Sério mesmo... - ela diz, tímida

- Claro que precisa! - foi categórico - Sempre dou presentes a quem amo. Sendo minha namorada isso é mais necessário ainda, não discuta, ouviu mocinha?. Ele fez o famoso biquinho de bravo.

Tamires fica boquiaberta.

- Olha isso, estou namorando e nem sei... Que menina desenformada eu sou... - ela diz com o um sorriso maroto no canto dos lábios.

- Pois fique sabendo. A senhorita é minha namorada!!. E diga.... como se sente sendo namorada de Michael Jackson?. Ele brinca com as sobrancelhas.

- Acho que eu vou morrer... - ela diz, rindo. - E você, como se sente sendo namorado de Tamires Barcellos? Muitos dizem que isso é um prêmio de marca maior... - ela fala metida

- Me sinto honrado e muito feliz!. Você é um prêmio? Então sou o cara de mais sorte nesse mundo, pois tenho o melhor prêmio de todos!. Falei com voz sexy.

- Se tem, viu! - ela disse, metida. - Mais é sério, Michael... Estamos namorando mesmo?

- Sim Tamires - ele a mirou nos olhos - A quero como minha namorada, você aceita?.

- Uau... - ela murmura. - Eu aceito... - sorri pra ele.

- Então já se considere minha! Tamires Barcellos Jackson!!. Sorriu malicioso.

- Vou me apresentar agora como Senhora Michael Jackson? Tá bom? Aí todos vão saber que eu sua... - diz ela, piscando pra ele.

- Ótimo! Assim aquele seu amiguinho não me enche mais e não serei obrigado a dar uma lição nele.

Tamires revira os olhos.

- Não existe nada entre nós, Michael. O que ele está sentindo é só uma preocupação desnecessária, daqui a pouco passa... EU vou falar com ele, ok?

- Fale sim. Ele deve saber que você já tem quem cuide de ti. Falou fazendo uma carinha de bravo engraçada. Tamires sorri.

- Quem vai cuidar de mim, Senhor Jackson? - pergunta ela com um sorriso bobo no rosto.

- EU, ora essa! Quem mais seria?.

- Oh... Só você, meu amor. - ela sorriu se aproximou e o beijou com amor.

Michael continua bicudo. Agora ele fazia graça pra ganhar mais beijos.

E Tamires o beijava mais, só que agora ela tinha vontade de rir.

- Você é um bobo. Eu conheço esse jogo, Michael Jackson!

- Que jogo? Eu estou bravo Rum* .... Fez bico.

- Está bravo, é? E o que eu tenho que fazer pra essa bravura passar?

- Huum tem que me dar muitos beijos e dizer que me ama...

Tamires se fez de pensativa.

- Hum... Acho que eu posso fazer isso por você.

Ela sorri e lhe beija na boca.

- Eu te amo, Michael Jackson!. E o beija de novo, e de novo... Michael sorriu.

- Te amo muito mais minha gatinha linda!.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Qua Dez 19, 2012 5:27 pm

Capítulo 13


A madrugada passa e o dia chega junto com um lindo sol típico de verão. Polly acorda com um sorriso no rosto; Christian estava no quarto ao lado e isso a deixava excitada. Levantou, tomou banho e se arrumou. Queria que o café da manhã estivesse pronto para quando Christian acordasse.
O café já estava quase pronto quando Polly sente um cheiro que atualmente se tornou famíliar pra ela. Ela se virou com um sorriso no rosto e quase deixou a jarra de suco de laranja cair de suas mãos.



Christian estava somente de cueca em sua cozinha, todo lindo, deixando amostra o seu peitoral definido. Polly engoliu em seco e Christian se aproximou dela, tirando a jarra de suco da sua mão e a colocando em cima da mesa. Sorriu e lhe deu um beijo na boca.

- Bom dia, baby.... - disse, sedutor.

- Deus do céu!!!. Ela diz com pouco ar nos pulmões por vê-lo daquele jeito.

- Algum problema amor? Está com falta de ar? - pergunta ele, divertido

- Problema? Como não ficaria sem ar Chris? Vejo um Deus grego diante dos meus olhos.... ela dizia tentando respirar.

Christian ri.

- Ah baby.... Foi esse Deus Grego que você seduziu e abandonou ontem. Isso não se faz, sabia?

- Aiiin Chris não fala assim vai... Ainda é cedo... Você sabe... Disse manhosa.

- Sei disso... Só estou brincando, amor - ele lhe da outro beijo. - Hum... Isso daqui parece está ótimo.

- Fiz pra você! Você gosta de panquecas ou de waffles?. Ela oferece com um sorriso.

- Eu gosto dos dois. Mais gosto ainda mais da cozinheira! - ele diz dando um sorriso safado

- Flertando com a cozinheira senhor Grey? Posso processá-lo por assédio sabia?

- Ah baby.... Mais eu nem fiz nada ainda... - ele riu

- Você disse corretamente.... "ainda" não fez, mas fará. Ela riu junto.

- Sim, farei. - diz ele, misterioso - Mais ainda está muito cedo para isso, não é, senhorita Polly?

- Olha as indiretas Chris. - Polly senta de lado no colo dele e fala bem pertinho de seus lábios - Porque tanta pressa hein? Acaso sou tão irresistível e sexy assim?. Ela bem sedutora.

- Você fala que ainda tá cedo e depois me provoca desse jeito... Acho que você quer acabar com a minha sanidade. E respondendo sua pergunta, você é muito sexy e irresistível, Poliana.

E então ele beija sua boca com fervor.

- Eu acabo com sua sanidade é? E ainda sou tudo isso? Huuum... Interessante.... Ela sorri e morde o lábio.

- E mordendo a lábio inferior me deixa ainda mais louco... Veja como estou agora. - ele pega a sua mão e leva-a até sua ereção crescente.

- Uauu.... - Polly fica sem graça e sai do colo dele - Então vamos tomar o café antes que esfrie não é?

Christian a pega pela cintura e a coloca em seu colo de novo. Ele enterra o nariz em seus cabelos.

- Me desculpe... Não queria te deixar sem graça. - ele diz

- Ainda sou tímida sabia? Você é muito malvado... Ela fez um biquinho.

A sensível e doce Polly entra em cena.

- Prometo me acostumar com isso, baby.... - ele a beija com delicadeza - Eu não sou malvado, você que me faz sentir essas coisas e me faz esquecer que você é tímida. Mais eu vou me controlar, prometo. - ele sorri

- Está bem, e eu também ficarei mais quietinha. Sorri.

Polly pega uma panqueca e com os talheres corta um pedaço e serve na boca dele. Ela espera que ele sinta o sabor e diz.

- Está boa?.

- Aonde aprendeu a cozinhar desse jeito? Está maravilhoso!

- Awnn... Obrigada. Essa receita da minha mãe. Não erro com ela.

- Mãe sempre sabe de tudo... - ele sorriu - Além de linda, sexy e irresistível, ainda sabe cozinhar? Achei a mulher perfeita!

- Ah pára vai... Vou ficar vermelha hein. E você tem dons culinários também?. Diz curiosa.

- Não mesmo - ele ri - Sou um desastre na cozinha.

- Sério? Não acredito... Você está fazendo charme vai ... Ela ri.

- Estou falando sério... Sou um horror na cozinha, baby, não queira nem ver...

- Ah mais eu quero.... Pelo menos fritar bacon você sabe?. Sorri ao dizer isso

- Digamos que eu possa tentar, mais não prometo nada... - ele ri

Que legal! - Polly levanta do colo dele animada - Então vamos tentar agora...

- O que? Não, agora não, baby... - ele fala, assustado

Mais Polly insiste.

- Agora sim! Vamos Chris... Por mim vai... Ela faz aquele olhar pidão e beija os lábios dele.

- A única pessoa que já me viu cozinhar foi a Tamires, e te digo; ela não gostou da experiência... Tem certeza disso?

- Tenho sim. E não se preocupe, estarei do seu lado. Mas sabe o que pensei agora... Poderíamos fazer algo mais saudável, o que você acha?

- O que você sugere? Sei que qualquer coisa que fizer vai ficar horrível mesmo... - ele riu

- Não fala assim... Você vai se sair bem, confia em mim. Faremos uma omelete. É super fácil e bem mais leve que o bacon. Vou pegar os ingredientes na geladeira. Você poderia pegar uma tigela naquele armário por favor? Apontou para a sua direita.

- Claro... - ele pega a tigela e põe em cima da mesa

Polly pega o restante dos ingredientes e coloca sobre a mesa.

- Vamos lá amor... Primeiro são os ovos. Quebre-os com cuidado tá e sem muita força.

- Ok... Amor - ele diz

Christian pega o ovo e o taca na borda da mesa. O ovo cai quebrado no chão. Ele faz careta.

- Isso não é pra mim, Polly.

- Calma amor, depois limpamos isso. Concentração hein. Pegue outro e vá com mais jeito. Assim olha só... - Ela faz para dar o exemplo - Viu é simples. Basta você ir com calma.

Ele respira fundo.

- Ok devagar...

Ele pega outro ovo e bate do jeito que Polly fez. O ovo se quebra e ele joga a clara e gema dentro da tigela. Christian sorri como uma criança.

- Uau... Eu consegui, amor! - ele pega seu rosto e a beija na boca

- Não falei que dava certo? Agora vamos misturar o restante. Pegue o queijo, o presunto coloque na tigela e misture. Depois você coloca só um pouquinho de sal porque o queijo já contém o próprio sal.


- Tudo bem... - Christian pega o resto dos ingredientes e os coloca na tigela. Começa a misturar tudo e logo depois coloca o sal. - Pronto.. O que eu faço agora?

- Bom agora vamos provar. - Polly a colher e pinga na mão dele, depois na sua e provam - O que você achou, está bom de sal?

Christian prova.

- hum... Acho que está bom... O que achou?

- Pra também está. Agora vamos para o fogão... Ela brinca com as sobrancelhas.

- Você vai pro fogão... Não é? E já fiz a mistura, então... - ele diz, preocupado

- Vamos juntos e você pilota. Chris... Dirigir uma empresa é muito mais difícil que isto e você tira de letra, amor. Sorri.

- Ah não é mesmo... Isso aqui é muito, baby.... Eu vou por fogo na sua casa.

- Não se preocupe, tenho alarme e jatos d'água pela casa toda. Brinca.

- To falando sério, amor... Isso não vai acabar bem

- Olha se você for um garoto corajoso... Eu deixo você dormir aqui de novo. Que tal? É uma proposta irrecusável hein.

- Dormir no seu quarto, baby? - ele pergunta - Prometo que não vamos fazer nada... Que você não queira.

- Você é muito espertinho... -Riu - Eu não mencionei quarto senhor Grey.

- Vai me deixar dormir ao relento futura senhora Grey?

- Senhora Grey? ela repetiu surpresa

- Sim, senhora Grey! - ele diz

Polly não sabia o que dizer.

- Hei baby.... Está tudo bem? - pergunta ele.

- Bem... Não sei o que falar. Como sempre não é? - sorriu tímida - Aceito sua proposta. Você dorme comigo, mas sem gracinhas ou armadilhas, hein mocinho?. Apontou pra ele.

- Sem armadilhas nem gracinhas! - diz ele - O que eu não faço pra ficar ao seu lado, baby - ele suspira e sorri.

- Faz o certo! - completou - Agora voltemos para a receita. Pegue tigela e com a ajuda da colher despeje na frigideira. Também com calma tá.

- Tudo bem, mestre cuca!

- Seu bobo... O cozinheiro aqui é você. Ela ri.

Christian despeja o conteúdo na frigideira, e a coloca no fogão, logo depois ascendendo o fogo.

- Sou mesmo! Viu isso eu sei fazer sozinho! - fala ele, metido

- Sabe mesmo... Eu nem cheguei perto. Concordou com ele.

- E agora, o que eu faço?

- Deixa cozinhar um pouco e depois você vira usando a colher.

Christian assentiu e esperou a omelete começar a cozinhar. Com cuidado, ele a virou. A omelete se quebrou um pouco, mas por fim, ela ficou pronta. Polly sorriu ao vê-lo todo concentrado, colocando a omelete pronta em um prato.

- Bem... Acho que ficou bom... Quer experimentar? - pergunta ele

- Quero sim... Huummm... E o cheiro esta uma delícia...

Christian corta um pedaço da omelete e da pra Polly.

- E aí, está horrível? - perguntou aflito

Ela prova... Faz suspense.... E respira fundo para responder. Christian nem espera ela falar e tira suas conclusões.

- Está horrível não é? Eu avisei que sairia um horror, eu sou péssimo na cozinha, Polly...

Polly o interrompi.

- Calma amor eu nem falei ainda. Agora só por isso você não direi nada... Quero que prove sua obra. Ela pega um pouco no garfo e serve na boca dele.

Ele mastiga e se surpreende. Estava delicioso.

- E aí chefe, como está sua obra prima?. Polly fala.

- Voce trocou isso aqui, não é possível eu jamais faria algo tão bom assim.. - ele diz chocado

- Você esteve comigo o tempo todo. Não tinha como trocar. E eu não faria algo assim, prefiro ensinar a pescar do que dar o peixe. Você senhor Christian Grey fez a omlete mais gostosa do mundo!. Disse ela com um sorriso.

- Porque a cozinheira mais gostosa do mundo me ensinou! - ele a abraça - Obrigado, baby. O dia em que a minha cozinheira estiver de folga, eu já não vou mais morrer de fome, porque você me ensinou a fazer uma omelete.

Polly ri.

- Oh baby que bom que está feliz. Não imaginei que uma omelete faria um efeito tão bom no amor. - riu - Olha, se precisar de ajuda na cozinha estou a disposição okay. Ela pisca pra ele.

- Eu sei que está, amor. - ele olha no relógio - Acho melhor damos uma passada no hospital, antes de eu ir para o trabalho... O que acha?

- Ótima idéia. E Tah vai adorar a novidade. Seu best friend virou mestre em fazer omeletes.

- Ela vai querer que eu cozinhe pra ela... - ele ri

- Vai mesmo. Amor, vamos nos trocar? Assim chegamos cedo ao hospital.

- Bravinha eu gamo ainda mais, você sabe disso - diz ele rindo e andando em direção as escadas.

- Então vou ficar relax senão, não tiramos os pés dessa casa!. Disse rindo.

- De qualquer jeito você é sexy, baby.... - diz ele

- Então sei lá o que eu faço.... Diz derrotada.
Christian dá risada.

- Você pode me dar um beijo agora, eu aceito.

- Só um hein?. Arqueou a sobrancelha.

- Só um... - diz ele

E então, agarra Polly com delicadeza e a beija com paixão. Polly retribui com ardor e termina mordendo de leves os lábios dele.

- Pronto! Agora vá.... Christian sorriu e entrou em seu quarto.

Eles se trocam. Pegam o carro e vão direto ao hospital.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
Beah-chan

avatar

Mensagens : 393
Scores : 457
Data de inscrição : 20/06/2012
Idade : 25
Localização : Neverland

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Qua Dez 19, 2012 7:02 pm

Ai meninas.... vou contar um negócio...

Tô viciada...

Acho que a situação se enverteu....

Tatha tá no momento cute....

E a Poll no momento..... hum... deixa pra lá né?

Flores, está demais e vcs sabem disso...

Bjus
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Michael Eterno

avatar

Mensagens : 99
Scores : 159
Data de inscrição : 01/06/2012

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Qua Dez 19, 2012 7:30 pm

O que o Michael tem de tímido, tem de safado ao lado da Tamires. Ele faz bico e depois ela vai lá encher ele de beijos. Ô casal mais apaixonado, hein! E você dona Poliana andando postando "coisas a mais" aí. Nem parece aquela garota tímida que conheci. Mudou mesmo, viu! Sério garotas, essa fic tá demais. Acompanho cada capítulo e vejo o sentimento que distribuem aqui. Esperando sempre ansiosamente a continuação.


Última edição por Michael Eterno em Qua Mar 20, 2013 3:55 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Qua Dez 19, 2012 8:40 pm

Beah-chan escreveu:
Ai meninas.... vou contar um negócio...

Tô viciada...

Acho que a situação se enverteu....

Tatha tá no momento cute....

E a Poll no momento..... hum... deixa pra lá né?

Flores, está demais e vcs sabem disso...

Bjus
Abafa meus momento amiga HAHAHA Pleeeeeease mjrindo
Obrigada por vir amore heart1
loveu589 boca123
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Qua Dez 19, 2012 8:44 pm

Michael Eterno escreveu:
O que o Michael tem de tímido, tem de safado ao lado da Tamires. Ele faz bico e depois ela vai lá encher ele de beijos. Ô casal mais apaixonado, hein! E você dona Poliana andando postando "coisas a mais" aí. Nem parece aquela garota tímida que conheci. Mudou mesmo, viu!. Sério, garotas, essa fic tá demais. Acompanho cada capítulo e vejo o sentimento que distribuem aqui. Esperando sempre ansiosamente a continuação.

Fiquei tímida com seu comentário querido mjvergonha Sério, roxiei mesmo hehehe 698
Espero não ter mudado tanto assim a ponto de não me reconhecerem mais. Esta fic está deixando as escritoras à flor da pele, pode apostar. Obrigada por vir querido.
loveu589 girl789
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
Miss Jackson
Admin
avatar

Mensagens : 1328
Scores : 1883
Data de inscrição : 01/06/2012
Localização : Michael's House

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Qui Dez 20, 2012 10:19 am

Capítulo 14


Quando lá chegam avisam sua presença na recepção e são liberados. Entra na sala particular onde estava Michael e Tamires. Detalhe. Eles entram de mãos dadas e sorridentes. Tamires abre um sorriso enorme ao revê-los.

Michael só conseguia reparar naquelas mãos tão juntas. Puro ciúme de amigo-irmão.

- Até que enfim! Pensei que não voltariam. - diz ela se levantando e indo falar com os dois.

- Voltamos sim sis. E como está sua mãe?. Polly fala depois de cumprimenta-la.

- O médico disse que acordara daqui a duas horas... Mau posso esperar para vê-la. - diz sorrindo.

Tamires vai até Christian e o abraça.

- Senti saudades... - diz ele, ao abraça-lá.

- Também senti. Precisamos conversar depois.

- Sei disso.

Michael se manifesta.

- Quase não chegam a tempo do horário de visitas. Porque demoraram?. Ele não perdeu tempo em interroga-los.

Polly olha pra Tamires. Michael ainda estava bravo? Fala sério!.

Christian responde a sua pergunta.

- Acho que isso não é da sua conta.

Tamires revira os olhos.

- Ah, por favor, não comece vocês dois.

- Claro que é da minha conta. Além de minha amiga Poliana trabalha comigo. Tenho de saber onde ela anda quando precisar.

Michael fala duro.

- Oh Deus, de novo não. Polly desabafa.

- Ela trabalha pra você, mais não é sua empregada vinte e quatro horas por dia. A escravidão já acabou a muito tempo, se você não sabe disso. - diz Christian

Michael levanta da cadeira e fica de frente pra eles e ao lado de Tamires.

- Ela nunca foi escrava e sabe disso. Aliás, nenhum dos que trabalham comigo são escravos. Você nem sabe que significa escravidão, seu filhinho de papai! Vai estudar alguns livros de história que você ganha mais!.

- Filhinho de papai? - Christian deu uma risada amarga - Voce não sabe nada sobre a minha vida, Jackson. Não fale sobre o que não sabe.

- Parem com isso... - pediu Tamires, mais uma vez

- Eu não sei. Você é que não sabe cara! Você nunca teve de trabalhar no "inferno" para sustentar nove crianças morando em apenas dois cômodos minúsculos. Nunca viu colegas seus de escolas irem parar nas drogas por falta de opção. Você não sabe de nada!!.

- Michael, por favor, pare. Polly pediu.

- Você não perdeu seus pais com 13 anos de idade e teve de morar em um orfanato que não tinha nem dinheiro pra alimentar as crianças que lá viviam. Você não teve que recomeçar a sua vida do zero, sem família, sem estudo, sem ninguém pra te estender a mão. Ao contrário do que pensa, Michael, eu não sou filhinho de papai, eu tive que rolar que nem um filho da puta, pra está aonde eu estou hoje, então, lave a sua boca antes de falar de mim!

- Chris... Por favor, para com isso.

Poliana segurava firme na mão dele. Naquele momento ela estava com Christian. Michael sabia ferir quando queria.

Polly foi a primeira a falar.

- Michael quero que pare já com isso, Já chega!!. Polly se impôs.

Michael falou:

- Você está gritando comigo Poliana?.

- Não Michael, só quero que pare e este é o único meio. Por Deus pare!.

Michael balança negativamente a cabeça e sai furioso da sala. Tamires ia atrás, mas Polly a impediu.

- Não vá amiga, deixe. Ele tem que pensar. Michael é assim mesmo.

- Você ia atrás dele depois de tudo o que ele disse de mim? - perguntou Christian.
Tamires engoli em seco.

- Me desculpa Chris, eu só queria ir lá acalma-lo. - diz ela, se sentindo cansada de tudo aquilo.

- Amor, Tamires gosta dele também. Seja compreensivo okay. Ela toca o rosto dele com carinho.
- Amor? - pergunta Tamires sorrindo.

Polly fica envergonhada e Christian sorri.

- Sim, Tah, estamos namorando!

Polly vira um tomate, mas confirma a notícia.

- Oh Meu Deus! Isso é maravilhoso! Parabéns meus amores. - Tamires fala sorrindo

- Obrigada amiga! Nos entendemos muito bem ontem não é?. Ela olha para ele e sorri.

- Muito bem! - ele ri.
- Uau... Quero ser madrinha do casório e dos babys! - diz ela sorrindo

- Tamires e seus arroubos de alegria! Polly fala rindo.

- Claro, gente! Com meus melhores amigos namorando... Tenho que ficar feliz!
- Ah conta pra ela a novidade Chris... Polly fala sorridente.

- Ok, vou contar! - ele sorriu. - Tah, a Polly me ensinou a fazer omelete! E eu aprendi, ficou, modéstia parte, o melhor omelete que eu já comi na vida! - ele bate no peito. - Eu sou demais!
Tamires fica boquiaberta.

- Não creio... Você conseguiu cozinhar!? Como assim? Isso é um milgare! - ela fala, chocada

- É verdade Tah, Chris fez direitinho. Só precisava de uma forcinha. E posso confirmar o sabor, ficou uma delícia mesmo, você tem que provar. Fala sorrindo.

- Mais é claro que eu tenho que provar! Você, senhor Christian, a partir de agora, está me devendo uma omelete! - ela fala rindo.

Christian sorri e revira os olhos.

- Pode deixar, baby... Acho que vou abrir um restaurante... - ele põe a mão no queixo, pensativo - Mais a única coisa que teria no cardápio ia ser omelete e isso não iria atrair muitos clientes... Deixa pra lá.

Polly ri.

- Posso ajudar. Você poderia se especializar variar receitas de Omelete e também inventar coisas novas. Assim seu restaurante ficaria famoso. Que tal?. Ela diz como um expert em negócios.

- E o restaurante se chamaria como? Senhor e Senhora Grey? - ele pergunta.

Polly fica vermelha e Tamires ri.

- Não sei de nada... Só dei idéia do cardápio. Polly diz sem graça.

- Mais tudo o que é meu, agora é seu também, meu amor, e você sabe disso... - diz Christian, fazendo carinho no rosto dela.

Tamires suspira.

- O amor é lindo... E eu estou sobrando aqui... Acho que vou ao banheiro, pra dá privacidade ao mais novo casal de apaixonados! - ela fala rindo,. Polly se manifesta:

- Hey volte aqui, nem pense nisso. Acabei de chegar. - Ela fala com Christian - Amor, pega um café e algo pra comer, please? Nossa amiguinha deve estar com fome. Sorri.

- Tudo bem anjo... - ele beija seus lábios de leve. - Já volto, baby. - e pisca pra Tamires.

Ele saí da sala e Polly se joga no sofá ao lado de Tamires, rindo feito boba.

- Ta apaixonada! - fala Tamires, rindo junto com ela

- Aiin sister, ele é um sonho! Nem consigo acreditar. Fala a verdade, estou sonhando?. Ela suspira.

- Não, você está amando... É tão bom ver esse brilho nos seus olhos de novo, amiga! - fala Tamires

- Awnn amiga isso devo a você sabia. Minha irmãzinha é a melhor do mundo! Te amo sister. Polly a abraçou.

- Ah amiga, você também é a melhor do mundo! Me arrumou um namorado também, girl. - diz ela, retribuindo o abraço.

Polly olha pra ela em estado de choque.

- Como é que é? Ele fez o pedido?

Tamires só confirma com a cabeça e sorri timidamente. Polly quase grita.

- Aaaah meu Deus isso é o acontecimento do ano!! Eu tinha de filmar isso. Sis, Mike pediu mesmo? Disse a frase inteira e tudo?

- Não grita sua doida! Estamos em um hospital! - ela fala rindo. - Sim, ele disse a frase toda! Foi lindo!

- Aiin sorry - baixou o tom de voz - Amiga, isso é um fato inédito. Vou te falar, Michael não pede as garotas em namoro. Sempre elas falam por causa da timidez dele. Você operou um verdadeiro milagre, mulher!. Fala com um sorriso largo de felicidade.

- Ele não estava nada tímido amiga... Oh God! - Tamires sorri. - Pelo contrário, ele estava bem safadinho!

- MEU DEUSSS!!! ele falou. Sis, você não tem noção do que aconteceu. Michael geralmente não pede a garota em namoro. Elas que falam primeiro por causa da timidez dele, mas você... Omg, fez um milagre, mulher!! Agora... Safadinho ele sempre foi. Isso eu posso garantir. Riu.

- Não precisa me contar os detalhes sórdidos dos outros relacionamentos dele, Polly! - ela diz, com ciúmes.

- Ah sis, não estou falando delas. E outra você é muito melhor que todas elas juntas tá. Não se preocupe, Michael não é louco de deixa-la escapar. Garanto.

- É claro que eu sou melhor do que todas elas! - Tamires revira os olhos e depois ri. - Estou brincando, você sabe! Mais agora me conte, você e o Chris... Já fizeram amor? - pergunta ela, com voz de safada

- Omg amiga, claro que não, tá doida! Acabei de conhece-lo. Mas tenho uma coisa pra lhe contar... Ele dormiu na minha casa ontem... ela fica tímida e morde o lábio.

- Não creio... - Tamires fala boquiaberta. - Vocês deram um amasso! Eu sei que deram, agora me conta todos os detalhes!

- Para a sua alegria a resposta é sim, demos "uns amassos" - frisou - Menina que loucura hein.. Quase morro e quase mato também. Diz rindo e com as bochechas vermelhas.

Tamires ri alto.

- Aqui no hospital não da pra dar uns amassos... Mais eu fiquei cheia de vontade! Nunca um homem me beijou como Michael, amiga, e você sabe que eu não beijei poucos... - Tamires fala, rindo no final.

- Sei sim e isso porque a mais velha sou eu né. - Riu - Agora me deixa te contar. Você não acredita. Levantei toda felizona né e fui fazer o café... Minutos depois me aparece um deus grego de cueca na cozinha... - ela se abana ao lembrar - Deus do céu, eu quase deixei a jarra de suco cair no chão.

- Depois ele me beijou e agarrou... Aiiin parecia até coisa de filme. Ela suspira e sorri extasiada.

Tamires ri.

- To imaginando a cena, e você toda assustada! - ela ri alto - Hum... Te agarrou e te beijou né? Safada, e ainda resiste a tentação!

- Sou uma guerreira sis!! Imagina resistir a um homem desses. E quando os amassos estavam quase indo pra o segundo nível... Eu o mandei dormir em outro quarto.

Tamires a encara boquiaberta.

- Coitado do meu mano, Polly! Você deixou seduziu ele e o deixou depois? Tadinho... - ela ri

- Ah sis, é como falei antes. Ainda é cedo pra isso. Quero curtir mais o meu deus grego. Ela pisca pra amiga.

- Curta ele sim, e o põe na rédea curta amiga, Chris está acostumado com aquelas mulheres que o conhece hoje e dá pra ele hoje. Mostra que você não é esse tipo de mulher!

- Nossa, ele andava com esses tipinhos? Conte-me mais sobre o passado negro dele... Diz interessadíssima.

- Andava amiga, você sabe como homem bonito e rico é... Sempre tem vadia atrás. E como o Christian estava sozinho, depois que a piranha da Jane largou ele, ele andava com essas mulheres mesmo... Mais agora ele achou você, girl, e te digo, ele está apaixonado! Conheço meu amigo!

- Bom saber amor. Então o nome da sirigaita é "Jane"... Huum... Um nome que nunca mais vou esquecer. Pode deixar sis, vou fazer seu amigo muito feliz, prometo!.

- Sei disso amiga! Mais agora me conta uma coisa... - Tamires abaixa o tom de voz. - O Michael... Ele está solteiro mesmo, não é?

Polly morde os lábios nervosa, contar ou não contar a verdade?

- Mana... Ele teve um caso. Eu mesma não considero aquilo um relacionamento, sinceramente. A garota é uma das dançarinas dele. Não sei o que ela fez, mas conseguiu seduzi-lo. O nome dela é Susie.

- Mais ele Teve um caso, ou ele Tem um caso?

-TEVE... No passado. Agora está livre para amar só você amiga. Nossa, eu não engulo aquela mulherzinha!?. Quando ela ia à casa do Mike me tratava como uma empregada dela. Michael que é meu patrão nunca me tratou assim. Só porque trabalho pra ele não quer dizer que ela mandaria em mim. Lambisgóia nojenta! Ainda bem que não a vejo mais.

Tamires revirou os olhos.

- No mínimo, para Michael, ela se fingia de santa. Odeio esse tipo de vadia... Alias, odeio todos os tipos de vadia! - Tamires ri, no final. - Só espero que ela tente mais nada com ele.

- Você a conhece? Porque ela agia assim mesmo. Só acabou a farra quando Michael a pegou me humilhando. Também odeio essas garotas Sis!. Ah se eu pudesse dava uma lição nelas. Polly fecha os punhos.

- Ah amiga, somos duas! Depois me mostre uma foto da vaca! - Tamires fala e depois suspira. - Será que Michael foi embora, amiga?

- Mostro sim sis e você mostre-me a ex- do Chris. Não sis, ele deve estar caminhando por aí. Tenho quase certeza que ele está no setor infantil.

- Mostro sim amiga... Ain, por que ele é tão cabeça dura? Poxa, ele foi falar logo de assunto tão delicado como aquele.. Não parece, mas Chris se magoa facilmente e falar dos pais dele é seu ponto fraco. Ele não merecia escutar aquilo.

- Aiin sister eu peço perdão por ele. Michael parece um moleque viu. As vezes tenho que dar broncas nele como se fosse sua mãe. Posso pedir uma coisa sis?

- Claro amiga, o que quiser...

- Fala com o Mike sobre o Chris. Ele te escutará mais do que se eu disser. E também falarei com Chris por você okay!

- Vou falar sim amiga... É só eu achar aquele cabeça dura... - ela dá um sorriso e logo depois, Christian entra na sala com uma bandeja na mão.

- Consegui trazer um café da manhã especial para a senhorita... - diz ele.

- Tem sua omelete? - pergunta Tamires, rindo.

- Ainda não, baby, mais quando você for na minha casa você vai comer muita omelete, pode ter certeza... - ele coloca a bandeja em cima da mesa e olha em seu relógio de pulso. - Preciso ir agora, baby, mais tarde eu passo aqui para ver sua mãe, ok?

Tamires se levanta e o abraça.

- Tudo bem, querido! - ela o abraça forte e sussurra em seu ouvido. - Me desculpe pelo o que Michael disse, você não merecia escutar aquilo. - ela lhe dá um beijo no rosto. - Te amo.

- Esqueça isso, baby, você não tem nada haver com isso, certo? - ele sorri e abre os braços para Polly que sai correndo de seu lugar e o abraça. - Vou sentir saudades, amor.

- Eu também amor. Te vejo mais tarde? Lembre-se de que temos um trato hein... Ela sorria.

- Como poderia me esquecer? - ele ri e a beija

- Poderia sim... Você é um homem tão ocupado... Ela faz charminho

- Mais você está acima de toda e qualquer ocupação! - ele ri. - Pensarei em você o dia todo.

- Ain... Como o amor é lindo... - suspira Tamires, bebendo seu suco.

- Lindo e se chama Chris! - Polly completa sorrindo - Agora vá antes que se atrase amor...

Ela ajeita a gravata dele e beija seus lábios com carinho.

- Ta vendo, Tah, agora eu tenho quem tome conta de mim e dos meus horários... - ele fala rindo.

- Eu sempre tomei conta de você, seu mal agradecido.

- Mais esse cuidado é diferente! - ele pisca pra ela. - Agora eu preciso ir... - beija Polly e joga um beijo para Tamires.

Christian sai da sala e Polly é a primeira a falar:

- Aiiin amiga eu estou boba como uma adolescente, você viu só o que eu disse? Gente, isso é loucura. Ela ri de si mesma.

- Está aparecendo mesmo uma adolescente! - Tamires sorriu . - Vocês formam um lindo casal!

- Obrigada sis. Definitivamente estou amando amiga!. E vejo que você também está. Sempre que fala no senhor Jackson seus olhos brilham...

Tamires sorri.

- Estamos amando, amiga! Que coisa linda!

- Fato!. Depois que você tomar seu café vamos procurar o Rei bicudo?

- Vamos sim amiga, tenho que conversar com ele.

Tamires termina seu café e sai com Polly para procurar Michael. Elas descem para a ala da maternidade.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com
Beah-chan

avatar

Mensagens : 393
Scores : 457
Data de inscrição : 20/06/2012
Idade : 25
Localização : Neverland

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Qui Dez 20, 2012 11:44 am

Como vocês param aí????? hihihi

Fala sério... vai atrás do bofe....

Apesar que dessa vez quem pisou na bola foi o Mike....

Ô povo complicado esse Jesuis...

E não vai me dizer que essa tal Susie vai aparecer ai????

Ohh God....

Vou esperar....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TatahJacksonMania

avatar

Mensagens : 335
Scores : 349
Data de inscrição : 05/06/2012
Idade : 19

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Qui Dez 20, 2012 6:16 pm

Olá amores, cheguei com o segundo capítulo de hoje, rs. Beijos Wink

Capítulo 15


- Michael deve estar aqui sis... Ele ama bebês. Polly diz.
Passam pelo corredor e onde fica o berçário e Michael não estava lá. Poliana estranha e sugere que procurem na pediatria. Procuram mais um pouco e nada.

- Onde será que ele se meteu?. Polly diz com as mãos na cintura.

Tamires faz uma sugestão:

- Não sei amiga... - ela pensa. - Talvez ele esteja no refeitorio, ele não comeu nada ontem, assim como eu. Ele deve está lanchando...

- Michael comer é outro milagre sis, mas vamos lá. Quem sabe o encontramos.
Elas pegam o elevador e descem para o primeiro andar. O refeitório fica neste andar. Assim que entram ali o avistam bebendo um suco de laranja. Tamires o aborda.

- Oi... Procuramos você por todos os lugares! - ela diz baixinho em seu ouvido.

- Não precisava. Vocês já tinham companhia... E por falar nisso cadê ele? Já abandonou você não é? Eu sabia. Michael estava emburrado.

- Calma, Michael, pode abaixar as armas, por favor? - pergunta Tamires. - Christian foi trabalhar.

Ele revira os olhos e volta a beber o suco. Poliana cansa dessa birra sem motivo.

- Sis, você nos dá licença um pouquinho?

- Posso sim amiga, vou há procura do médico, quero ver se minha mãe já acordou.

Tamires se levanta e some pelo corredor

- Michael Joseph Jackson... Que comportamento é esse?. Ela pergunta bem séria e olhando duro pra ele.

- Vocês duas ficam protegendo aquele cara que me julgou sem ao menos me conhecer, e ainda esperam que haja como se nada tivesse acontecido!

- Mike você também o julgou sem conhecer. Na balança vocês tem o mesmo peso. Um ofendeu o outro. Isso tem que parar, senão a amizade que temos uns pelos outros vai apara a ruína. Será que você não vê isso?.
- Mike, estas atitudes de menino mimado de 8 anos já passaram dos limites. Poxa Mike, a Tamires não merece ver isso. Ela gosta de você, cara! E você fica de showzinho na frente dela?. Desculpa falar, mas sendo sua melhor amiga eu tenho de falar isso... É para o seu próprio bem.

- Eu não estou fazendo "showzinho", Polly. Aquele cara é um idiota que adora me afrontar. - ele respira fundo. - Eu sei que passei dos limites falando dos pais dele, mais eu fique fora de mim. Eu não pensei antes de falar, mais você há de convir comigo que se ele tivesse simplesmente respondido minha pergunta, nada disso teria acontecido.

- Pois é, você pisou na bola com isso. Não se ataca uma pessoa usando suas fraquezas. Mas enfim... você está caindo em si. Sobre Christian vou falar com ele também okay. Agora veja com os meus olhos. Vocês sempre que se encontram brigam feito feras selvagens disputando pela caça. Tamires e eu não somos caças, somos mulheres e merecemos respeito das duas partes.

Michael passa as mãos pelo cabelo e bufa.

- Eu nunca senti tanta raiva de alguém... Como eu sinto dele, Polly. Eu sinto ciúmes dele com a Tamires, dele com você... - ele para e olha pra Polly. - Alías, o que era aquilo hoje cedo? Vocês dois de mãos dadas? Por um acaso você dormiu com aquele cara?

- Meus Deus Mike por que isso? Sinceramente não entendo sabe. O que ele te faz?.

Ele respira fundo.

- Não tente mudar de assunto, Polly! Você dormiu com ele ou não?

- Claro que não Mike, parece que não me conhece. Mas e se tivesse acontecido, você ia fazer o que? Já sou bem crescidinha para tomar minhas decisões.

- Bem grandinha... - ele revira os olhos. - Ele poderia muito bem te seduzir, Polly. Eu não quero você perto dele!

Polly revira os olhos.

- Mike não sou tão indefesa assim, sei me cuidar. Confia em mim! E outra, você não pode me impedir de vê-lo... Christian e Eu estamos namorando. Ela diz e espera a reação dele.

Michael para por um momento e a olha, procurando por um vestígio de brincadeira em seus olhos.

- Você está falando sério?

- Não Mike, é sério. Christian e eu estamos juntos. Reafirmou e temeu a explosão do amigo.

- Não... Como assim, Poliana?

Ele quase gritou.

- Não posso acreditar nisso... Você conheceu esse cara ontem e já está namorando com ele? Ficou louca? Ele não presta, Polly, você só vai se machucar!

- Não grita comigo Mike! Porque não acredita hein? E que desconfiança é essa? Por acaso você o conhece e não estou sabendo?

- Ah, Polly. É visível que ele não quer nada sério com você. Tá escrito na testa dele que ele é um safado. Você não pode e não deve ficar com ele!

- Santo Deus Mike, você ainda não lê mentes! Deixa de exagerar. Christian é um cara legal, conversei bastante com ele ontem. Então se eu contar o que fiz... Você me mataria não é?

- Como assim, "se eu contar o que fiz"? O que foi que você fez?

- Eu e minha boca grande.... Polly resmunga

- Ainda estou esperando você me contar, Polly! - diz ele, impaciente

- Okay. Não vai gritar hein. Ontem quando saimos daqui conversamos muito e.... - ela faz suspense, Michael olha feio e ela continua - .... Deixei que Christian dormisse em minha casa para virmos de manhã cedo.

- Você o que? - ele quase grita novamente. - Polly, você realmente está ficando louca, não é possível! Como coloca esse cara estranho dentro da sua casa?

- Não estou louca Mike, minha sanidade é perfeita. Ele é amigo da Tamires, confio nela. E... Tenho certeza que ela não me apresentaria a um qualquer.

- Sinto muito falar, gosto muito da Tamires, mais esse amigo dela é sim um qualquer!

- Michael por favor.... para com isso. Você nunca foi de julgar ninguém, porque faz isso agora?.

- Porque eu não gosto dele, Polly. E o que me irrita é vê você e a Tamires ndo na lábia dele!

- Não estamos caindo em lábia nenhuma. E aliás, senhor jackson... Fiquei sabendo de umas mudanças suas... Ela arquea a sobrancelha.

Michael fica um momento sem entender, mas logo depois sorrir.

- Mudanças... Hum... Qual delas? A mudança do meu coração ou a do meu relacionamento? - pergunta ele

- Soube desses dois, mas o que descobri foi mais curioso que isto. Que novidade é essa de pedir a Tamires em namoro? - ela o imita - "São tão tímido... Fico vermelho facilmente" Que mudança foi essa de repente?

Michael sorri e dá de ombros.

- Eu só... Me senti confiante em pedí-la em namoro, Polly, sabe, quando você sente isso no seu coração? Foi isso que senti, e eu estou tão feliz! Não consigo ficar um segundo longe dela. Ela é tão linda e especial, ela é diferente, sabe, ela é diferente de todas as mulheres que eu já conheci, ela é fascinante, ousada e tímida. Ela é perfeita.

- Sei sim Mike e devo lhe dizer que o Christian sente o mesmo por mim. Ele disse a mesma coisa que você está dizendo da Tamires, mas disse olhando nos meus olhos. Você sabe que meu faro para pessoas de indole duvidosa é forte não é? Lembra da Susie? Se Christian fosse do mesmo jeito eu teria percebido. Só que ele não é como você pinta Mike. Ele é doce, gentil e muito educado..... Parece até um pouco com você sabia?.

Polly fala essa ultima frase só pra cutuca-lo. Michael suspira.

- Comigo? Pelo amor de Deus, Polly... - ele revira os olhos - Ele pode até ser esse amor de pessoa que você diz, mais eu ainda não consigo acreditar. Ele não me parece uma boa pessoa, sei lá... Meu santo não bateu com o dele. - ele a olha nos olhos - Você gosta mesmo dele?

- Gosto Mike. No princípio achei que estava louca, ninguém gosta tanto asim logo de cara e tal... Mas com ele é diferente. Quando ele me olha nos olhos Mike... eu sinto que é de verdade... Sinto uma troca de sentimentos. Entendo porque está assim, você sabe o quanto que sofri por amor não é? Ela pega na mão dele.

- Sei sim, Polly, e eu tenho tanto medo que você sofra novamente. - ele aperta sua mão

- Obrigada por cuidar de mim meu irmãozinho. Agradeço tanto a Deus por você! Ele sabe a importância que você tem em minha vida. Te amo muito, ouviu?. Sorri com os olhos marejados.

- Também te amo muito, minha irmã. Eu quero te proteger de tudo, por isso fico descontrolado daquele jeito. Me perdoe, ok? Prometo me comportar, só diz pra ele não te magoar, se não vou ser obrigado a quebrar a cara dele. - Michael fala, a abraçando.

Polly sorri e o aperta em seus braços.

- Eu digo sim maninho, pode deixar. Te amo mais hein... - ela o encara e ergue a sobrancelha - E o mocinho, cuide bem da minha irmãzinha, senão o Chris nem precisa se meter, eu mesma te pego.

Michael sorri.

- Vou cuidar muito bem dela, pode deixar! Eu a amo. - ele diz. - Alias... Acho que tenho que ir atrás dela agora, ela deve está magoada comigo. - disse ressentido.

- Bom, saber disso. Vá mesmo, ela está confusa com esta situação. Só peço que pegue leve ao falar do Chris tá.... ele é amigo dela.

- Ainda não me acostumei com essa história de ela ter um melhor amigo homem e de esse melhor amigo ser o Christian... - ele faz uma careta. - Mais como eu disse antes, vou me esforçar para tentar entender. - ele se levanta. - Vamos procurá-la?

- É assim que se fala Mike! Vamos sim. Acho que agora ela está visitando a mãe, mas esperamos por ela na sala lá em cima.

Ele sobem e ficam na sala de espera.


_________________

Mais um cantinho de amor para Michael meninas!!
Venha nos visitar:
http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com/forum
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TatahJacksonMania

avatar

Mensagens : 335
Scores : 349
Data de inscrição : 05/06/2012
Idade : 19

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Qua Dez 26, 2012 2:02 pm

Olá amores?
Como foi o Natal?
Espero que tenha sido repleto de felicidades e benções, rs.
Prontos para mais?
Beijos lindos Wink

_________________

Mais um cantinho de amor para Michael meninas!!
Venha nos visitar:
http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com/forum
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TatahJacksonMania

avatar

Mensagens : 335
Scores : 349
Data de inscrição : 05/06/2012
Idade : 19

MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   Qua Dez 26, 2012 2:04 pm

Capítulo 16


Minutos depois. Tamires entra falando no celular.

- Tudo bem... Te amo mais. - ela fala e desliga

Michael estranha o "te amo mais" e logo pergunta quem era ao telefone.

- Quem era Tamires?

- Meu pai... Ele chegou ao aeroporto agora, logo estará aqui. - ela se senta na poltrona. - Vou esperá-lo chegar, ele vai passar a noite com a minha mãe, então logo depois vou embora

- Ah sim... Disse se sentindo aliviado.

- Então vou conhecer seu pai Tah? Não tive essa honra, ele sempre está em viagens não é?. Polly fala.

- Sim amiga, meu pai só vive viajando. Já tem um mês que eu não o vejo. - ela sorri - vou matar as saudades.

- Ah que bom ele estar aqui, pena que o motivo para isso não feliz. Bem, mas o que importa é que sua mãe ficará boa e logo estará em casa amiga.

- Sim! Eu a vi agora, ela está bem e falando pelos cotovelos como sempre. Disse que não vê a hora de sair daqui. - Tamires riu.

- Que ótima notícia!! E podemos vê-la também?. Michael diz.

- Claro. Ela vai adorar te conhecer, Michael...

- Vou adorar ainda mais conhecer a mãe da minha namorada.

- Noooooossa.... Já ta assim "minha namorada", imagina quando se casarem. Polly brincou.

- Tamires sorri e Michael se senta ao seu lado. Ele segura a sua mão e começa a falar.

- Minha Namora neste momento e Minha Esposa depois Polly ou você acha que vou perder a chance de casar com uma mulher linda assim? Só se eu estivesse louco!. Agora só resta saber se a donzela aqui quer ser minha mulher um dia..... Ele encara Tamires com seus belos e grandes olhos negros.

Tamires arregala os olhos. Olha pra Polly e depois volta a olhar pra Michael.

- Isso é sério? - pergunta ela

- Seríssimo!. ele afirma

- Uau... - ela sussurra. - É claro que um dia eu vou querer ser sua esposa, Michael. Eu te amo! - ela fala e sorri.

- Aaaah que emoção gente!!! Polly sorri.

- Você não imagina como estou por dentro. Não sei como explicar, mas sinta...

Ele pega a mão dela e coloca e seu coração. Batia desperadamente rápido e seu peito expirava forte. Tamires se emociona.

- Oh me Deus, Michael... - ela murmura - Eu nem sei o que dizer.

- Diga apenas... Sim... ele completa.

Polly observa a cena com o coração apertado de emoção.

- E tem como dizer outra coisa, Mike? - ela pergunta com os olhos embaçados e um sorriso enorme - É claro que sim, Mike, claro que eu aceito me casar com você um dia!

- Vocês vão me fazer chorar seus bobos... Polly diz com o choro preso a garganta.

Michael sorri.

- Deixe para chorar no dia do casamento Polly senão fica tudo alagado por aqui. -brincou e dirige a Tamires - Sua resposta já me faz o homem mais feliz do mundo, sabia?

- Eu já sou a mulher mais feliz do mundo só por ter voce ao meu lado. - ela responde emocionada

- Vocês são uns fofos! Será que podemos visitar sua mãe agora Tah... - ela secava as lágrimas com as mãos - É que se ela ver o Mike e junto com uma criatura da cara toda borrada vai achar que está dentro do vídeo do Thriller.

Polly fazia graça nos momentos mais improváveis. Esse era o seu jeito e todos se divertiam com ele.

Tamires gargalhou.

- Tudo bem amiga, vamos lá deixar a Sra. Barcellos chocada com a presença do Rei do Pop que agora é genro dela. - Tamires fala se levantando.

- Ah minha nossa isso vai ser imperdível! Polly fala.

- Mal posso esperar para conhecer minha sogrinha. Michael diz.

- Minha mãe vai falar que é muito nova pra ter genro. - diz Tamires rindo

- Se conheço bem Dona Camilly ela fala mesmo Mike. Polly diz.

Michael fica assustado.

- Oh Boy, ela é brava meu anjo?. Disse meio inseguro a Tamires.

- Brava não... No máximo ela vai chorar por me ver com um homem tão especial como voce. - Tamires sorri

- Então ela é adorável como a filha dela. Michael responde sorrindo

- Dessa você escapou hein Mike, mas o pai dela você passa. Polly brinca.

Michael arregala os olhos.

- Amor vamos ver sua mãe primeiro. Quem sabe ela ajuda a livrar minha barra com o velho não é?.

- Ele é bravo.. - Tamires murmura fazendo careta

- Velho é? Sei... - tamires fala rindo - Vamos sim amor, vamos ver dona Camily.

_________________

Mais um cantinho de amor para Michael meninas!!
Venha nos visitar:
http://nevercansaygoodbyemj.forumeiros.com/forum
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Just Good Friends [+18] [Finalizada]   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Just Good Friends [+18] [Finalizada]
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Ainars - Good Memory Escape 3
» [NEWS] Novos Personagens confirmados para Playstation All-Stars Battle Royale!
» A vida de um Co-piloto na ANA retratada em drama...
» Pirataria do bem em seu Playstation 3
» Tópico Geral de Dúvidas e Decisões

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Never Can Say Goodbye MJ :: Fanfictions :: Fics Finalizadas-
Ir para: