Never Can Say Goodbye MJ
Olá querido(a) Fã...
Nosso fórum vai passar por mudanças. Pretendo fazê-lor o mais rápido possível para evitar o menor desconforto.Espero que continue conosco e faça o seu cadastro. Ótimas Novidades vem por ai! Não percam!

God bless you.... Beijacksons <3
Administradora

*+ O Amor não tem fronteiras,
E a saudade nunca será um adeus +*


<3 O Amor vive para sempre <3
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Jason Pfeiffer diz que Michael Jackson revelou antes de morrer que Mark Lester é o pai de Paris e Prince Jackson

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Mandynha Jackson

avatar

Mensagens : 1483
Scores : 3033
Data de inscrição : 08/08/2012
Idade : 22
Localização : Neverland;PE

MensagemAssunto: Jason Pfeiffer diz que Michael Jackson revelou antes de morrer que Mark Lester é o pai de Paris e Prince Jackson   Ter Jun 25, 2013 10:50 am

Ele era um dos homens mais secretos do showbiz, mas Michael Jackson fez uma confissão surpreendente poucos meses antes de morrer.
O Rei do Pop revelou que o ator britânico Mark Lester é o pai de sua filha Paris e Prince, filho mais velho.
Michael Jackson disse que só era pai do caçula Blanket.
Seu amigo Jason Pfeiffer afirma que Michael Jackson continuou dizendo que ele queria que a perturbada mãe de ParisDebbie Rowe, não fizesse parte da sua vida, insistindo que ele era “mãe e pai” para seus filhos.
Jason, de 39 anos, falando no quarto aniversário do cantor, explicou: “Michael e eu sempre conversamos sobre nossas famílias e nossas vidas. Um dia,  falando sobre os seus filhos e Debbie Rowe, ele simplesmente veio e disse que seus filhos eram na verdade do Mark. Michael calmamente disse: ‘Meu amigo Mark doou o esperma’. Fiquei surpreso, mas eu não pensei em fazer mais perguntas sobre o procedimento. Michael sentia que Mark era um de seus amigos mais próximos. Ele disse que ele era um grande ator e um homem muito bom. Ele mencionou que ele havia recebido doações de esperma de várias pessoas e se decidiu pelo de Mark.”
“Michael não me contou quem eram as outras pessoas escolhidas como doadores de esperma e, como ele estava tão aberto, eu o deixei falar. Eu não sei por que ele não queria usar o seu próprio e não me dei conta de perguntar qualquer coisa. Eu só ouvia enquanto ele calmamente soltava a bomba. Ele parecia orgulhoso enquanto ele dava a notícia.”
O cantor teve seus dois filhos mais velhos com Debbie enquanto Blanket nasceu de uma mãe de aluguel anônima.
Mark afirmou anteriormente que ele pode ser o pai de duas das crianças. E Jason sente que Michael teria gostado que Mark desempenhasse um papel na criação de Prince e Paris.
O gerente diz que Michael confiou nele durante uma de suas muitas visitas à clínica médica de Arnold Klein, em Beverly Hills, em fevereiro de 2009.
Quatro meses mais tarde, aos 50 anos, o astro morreu após o médico Conrad Murray lhe dar uma dose letal do anestésico Propofol. Murray foi mais tarde preso por homicídio culposo.
Jason disse: ”Dias depois, ocorreu-me o significado de sua confissão. Desde os anos 90, as pessoas falavam sobre a doação de esperma, mas ele sempre disse a todos que ele era o pai. Agora, ele me confidenciou esse segredo. Naquele tempo, eu mantive muito do que Michael me disse em segredo e ele confiava em mim. Eu não sabia muito sobre Mark, mas quando ele saiu publicamente depois que Michael morreu admitindo que ele achava que ele era o pai das crianças tudo fez sentido. Eu sei que as pessoas podem duvidar dele, mas ele É o pai. Michael me disse que ele era”.
Jason quebrou seu silêncio de quatro anos porque ele teme que Paris, que recentemente tentou tirar sua própria vida, pode sofrer mais colapsos se não forem tomadas medidas drásticas – incluindo a introdução do Mark, pai de quatro filhos,  em sua vida.
SILÊNCIO
“Se Michael soubesse como sua vida e a das crianças iria acabar, eu sinto que ele iria aprovar que Mark tivesse um papel mais ativo. Mark seria uma boa pessoa para estar na vida deles. Ele tem seus próprios filhos adolescentes e tem sido fiel a Michael durante anos. Se Michael escolheu ele, então ele iria querer ele envolvido.”
Agora, um osteopata, Mark, de 54 anos, disse que está preparado para fazer um teste de DNA para provar a paternidade e gostaria que Paris fosse morar com ele em sua casa, em Oxfordshire.
E enquanto Michael Jackson se dava bem com o Mark, não era bem assim com Debbie Rowe. Jason continuou: “Michael ficava muito irritado quando se tratava de Debbie. Ele não falava sobre ela. A atitude de Michael era que Debbie renunciou  seus direitos e que foi decisão dela. Ela não era nem pra ser considerada mãe deles. “
Depois da tentativa de suicídio de Paris, há receios de que Paris pode acabar em um abrigo, uma medida que Jason diz que teria deixado Michael devastado.
“Paris e Michael tinham uma ligação única”, continuou Jason“Ela realmente era a menina dos seus olhos. Ele sempre a viu como uma estrela em formação. Michael sabia que Paris tinha pego seus traços como ser muito teimosa, inteligente e levada. Ela, especialmente, tinha o desejo de Michael para a vida, rindo e sendo o centro das atenções. Paris andava no escritório como uma pequena diva na época  e era encantadora e mais legal do que desagradável. Mas Michael sabia que ela tinha sensibilidades muito fortes também – e poderia ter grandes reações emocionais, como mau humor ou pirraça. Ele sabia como lidar com Paris nesses momentos, acalmá-la ou fazê-la sorrir. “
Ele acrescentou: ”É difícil para Paris para ficar sem a principal influência em sua vida neste momento muito difícil. Ela sempre podia falar com seu pai e ter o seu apoio. “
Jason,  era tão próximo de Michael e os filhos que ele  passava o Natal com eles na casa da família, disse: “Michael amava o Natal e essa energia se espalhava para as crianças. Mesmo Michael tendo seus problemas com medicamentos, ele era um bom pai.
“Embora nas últimas semanas de sua vida ele tenha sofrido um colapso induzido por medicamentos, de alguma forma ele se mantinha firme para as crianças.”
RIGOROSO
Mas Jason admite que o astro também tinha um lado rigoroso. “Michael era um disciplinador. Muitas vezes, no escritório, as crianças vinham com ele e brincavam de esconde-esconde. Ele iria manter o controle sobre eles e se eles faziam muito barulho, ele mandava eles se calarem e sentar. Eles obedeciam e não ficavam respondendo muito. Michael tinha doces pela casa para ele, mas não deixava  as crianças comerem. Ele também era atento ao cozinheiro, se certificando de que as crianças tinham legumes, opções saudáveis ​​e pouco açúcar “.
Mas o astro às vezes perdia a paciência. Jason disse: “Michael deu uma grande bronca quando ele pegou eles vendo o filme The Wiz. “Michael gritou: ‘Por que vocês estão vendo isso? – Desligue’, e ficamos todos surpreendidos!. Então, Paris disse:” Por favor, papai. Podemos ver? ‘, Mas Michael com raiva disse para desligar.”
“Ele ficou com raiva quando Paris assistiu Thriller na internet também. Ele odiava que eles tivessem acesso à internet. Suas preocupações parecem ter se confirmado porque Paris sofre com o cyber bullying “.
A razão para o retorno de Michael era que eles estavam ”cansados de viver como ciganos”. Jason acrescentou: “De 2006 a 2008 Michael se mudava com as crianças ao redor do mundo e viu o impacto. Ele me disse como ele estava chateado que eles realmente não tinham amigos ou uma casa. Se ele estivesse nos Estados Unidos, os serviços da criança provavelmente teria considerado levá-los para um abrigo. Isso teria derrubado Michael”.
E enquanto Michael focava em seus filhos, ele ainda tinha sentimentos por sua primeira esposa Lisa Marie Presley embora o casamento tenha durado apenas 19 meses.
Jason disse: ”Michael agia como se ainda estivesse apaixonado. Ele a chamava de “a mulher mais linda do mundo. Ele me disse que se apaixonou desde o primeiro encontro e ela teria sido uma excelente mãe. Não dá para imaginar Lisa Marie querendo alguma coisa a ver com os filhos de Michael, em termos de cuidado, mas ela poderia desempenhar um papel no estilo madrinha”.



Fonte: Mirror.co.uk
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mandynha Jackson

avatar

Mensagens : 1483
Scores : 3033
Data de inscrição : 08/08/2012
Idade : 22
Localização : Neverland;PE

MensagemAssunto: Re: Jason Pfeiffer diz que Michael Jackson revelou antes de morrer que Mark Lester é o pai de Paris e Prince Jackson   Ter Jun 25, 2013 10:51 am

Este Jason Pfeiffer só aparece na mídia porque ele inventa histórias sobre Michael Jackson… Ele já até disse que ele e o Michael tiveram um caso e agora ele afirma que Michael ainda era apaixonado pela Lisa (isto eu sempre disse, Michael amou a Lisa, foi o período que o sorriso e os olhos estavam radiantes)…
Este Mark Lester deve ter dado uma grana para o Jason Pfeiffer ajudá-lo com esta paternidade da Paris…
Eu já não aguento mais a mesma coisa… Já encheu!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Jason Pfeiffer diz que Michael Jackson revelou antes de morrer que Mark Lester é o pai de Paris e Prince Jackson
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» 30 Museus para visitar antes de morrer
» [Internacional] “Que quer fazer antes de morrer?”, pergunta a... Malaysia Airlines em campanha infeliz
» [MBAA] Michael Roa Valdamjong : Vídeos de Combos & Afins
» [Brasil] Avião decola antes e passageiros perdem voo no Paraná
» lista de comidas e bebidas antes das missoes

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Never Can Say Goodbye MJ :: News :: Tabloid Junkie-
Ir para: