Never Can Say Goodbye MJ
Olá querido(a) Fã...
Nosso fórum vai passar por mudanças. Pretendo fazê-lor o mais rápido possível para evitar o menor desconforto.Espero que continue conosco e faça o seu cadastro. Ótimas Novidades vem por ai! Não percam!

God bless you.... Beijacksons <3
Administradora

*+ O Amor não tem fronteiras,
E a saudade nunca será um adeus +*


<3 O Amor vive para sempre <3
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Michael LePerruque volta a depor no julgamento da morte de Michael Jackson

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Mandynha Jackson

avatar

Mensagens : 1483
Scores : 3033
Data de inscrição : 08/08/2012
Idade : 22
Localização : Neverland;PE

MensagemAssunto: Michael LePerruque volta a depor no julgamento da morte de Michael Jackson   Seg Ago 05, 2013 7:43 pm

Ex-chefe de segurança de Michael Jackson testemunhou que ele se preocupava com a possibilidade do cantor ter uma overdose de medicamentos, mas ele não achava que o cantor era um viciado.
Michael LePerruque, que viajou com o ícone pop durante três anos, voltou a testemunhar nesta segunda-feira, 05/08/13.
AEG Live chamou LePerruque como uma testemunha para mostrar aos jurados que Michael Jackson era um viciado em medicamentos e mantinha em segredo, tornando a sua vida em perigo quando ele se preparava para sua turnê de retorno.
LePerruque, no entanto, elogiou Michael Jackson e após seu primeiro dia de depoimento na semana passada ele procurou Katherine Jackson para dar um abraço mãe de seu ex-chefe.
Ele foi contratado como chefe da equipe de segurança de viagem de Michael Jackson depois que ele se aposentou do Los Angeles County Sheriff’s Departmentda, onde atuou como deputado por 22 anos. Parte de seu treinamento envolveu reconhecimento de quando alguém estava sob a influência de drogas, disse ele.
Michael Jackson me chamava entre 20 e 30 vezes no quarto dele de hotel “no meio de a noite”, testemunhou LePerruque. “Seu discurso iria ser muito arrastado. Não haveria um monte de resmungo, e eu não seria capaz de compreender o que ele estava dizendo.”
Ele ia para o quarto de Michael Jackson muitas vezes durante as noites para verificar se ele estava bem, ele disse. Ele parecia estar embriagado, ele disse. “Eu acho que ele era apenas solitário e queria ter alguém para conversar para.”
A advogada da família Jackson. Deborah Chang interroga LePerruque que disse que Michael Jackson parecia alguém que bebia  álcool e tomva sedativos para dormir.
Será que ele acha que ele era viciado em drogas? “Eu não seria capaz em dizer que ele era viciado”, ele respondeu.
O chefe de segurança disse que, às vezes, percebia garrafas de vinho vazias no minibar do quarto do hotel, mas ele nunca viu drogas. Ele também nunca presenciou Michael Jackson tomando medicamentos, disse ele.
Ele descreveu um incidente assustador em 2001, quando os filhos de Michael Jackson ligaram para o 911 para obter ajuda quando ele encontrou o cantor desmaiado no corredor de sua suíte em um hotel Disney World, em Orlando, Florida.
Paris e Prince, com apenas 3 e 4 anos de idade, estavam “chorando, dizendo que não poderia acordar o papai”, ele testemunhou. Michael Jackson acordou depois de LePerruque realizar a ressuscitação boca-a-boca e o sacudiu disse ele. Os paramédicos não encontraram sinais de uma overdose de drogas ou medicamentos, disse ele.
“Foi a minha preocupação de que, sim, ele pode ter uma overdose”, disse LePerruque.
LePerruque disse que nunca comentou com Michael Jackson sobre seu uso em medicamentos porque ele “não queria colocá-lo na defensiva.” Podendo criar uma barreira, disse ele. “Eu queria poder estar perto dele para monitorá-lo para protegê-lo.”
Os incidentes de fala arrastada e telefonemas incoerentes não aconteceu durante todo o tempo que LePerruque trabalhou com Michael Jackson, disse ele.
Michael Jackson “lutou muito, muito duro não saber sobre os medicamentos sujeitos a receita médica”, LaPerruque testemunhou.
Ele falou de uma conversa na qual Michael Jackson disse que ele não ia usar medicamentos novamente.
“Será que eu fui claro?” Ele disse que Michael Jackson lhe disse. “Eu só quero que você saiba que eu vou ficar assim, que eu não vou voltar de jeito nenhum ao que eu era.”
Ele disse que o cantor tinha problemas para dormir, um problema que acabaria por levar à sua morte. Ele disse que ele não conseguia dormir, porque seu cérebro não parava de criar música.
“Ele disse que, como um artista ele sempre teve um tune em sua cabeça, diferentes melodias e ele não foi capaz de pará-lo,”, disse La Perruque. “Foi sempre constante passando pelo seu cérebro.”
Os incidentes no qual Michael Jackson parecia estar sob a influência de álcool e de medicamentos tornou-se mais freqüente após a transmissão em de um documentário feito por Martin Bashir. LaPerruque disse que Michael Jackson estava “muito devastado” com o que ele pensava que era a traição da confiança que ele teve com Bashir. Acusações de abuso sexual sobre crianças surgiram em Santa Barbara County, depois da transmissão.
LaPerruque disse que nunca acreditou nas acusações criminais contra Michael Jackson fossem verdadeiras. Se ele suspeitava que ele estava molestando crianças que ele seria o primeiro a colocar algemas no cantor, disse ele.
“Eu saí em pleno apoio a ele”, disse LaPerruque.
Michael Jackson foi absolvido de todas as acusações depois de um julgamento.
LaParruque chamava Michael Jackson de “muito realista”, dizendo que estava orgulhoso de ter trabalhado para o cantor.
“Houve momentos de dificuldades, mas a maior parte foi um prazer trabalhar com ele”, disse ele.
Ele observou que um problema que Michael Jackson tinha era manter com seus telefones celulares. Ele perdeu 27 deles, disse ele.
O julgamento por homicídio culposo começa sua 15 ª semana em Los Angeles tribunal segunda-feira. O juiz projeta o julgamento vai durar até meados de setembro.




Fonte: CNN
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mandynha Jackson

avatar

Mensagens : 1483
Scores : 3033
Data de inscrição : 08/08/2012
Idade : 22
Localização : Neverland;PE

MensagemAssunto: Re: Michael LePerruque volta a depor no julgamento da morte de Michael Jackson   Seg Ago 05, 2013 7:46 pm

Michael Jackson perdeu 27 aparelhos celulares ??? desculpa mais eu ri.kkkkkk
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Michael LePerruque volta a depor no julgamento da morte de Michael Jackson
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [MBAA] Michael Roa Valdamjong : Vídeos de Combos & Afins
» Volta ao Mundo - Cessna Citation X (Parte 9)
» Volta ao Mundo - Cessna Citation X (Parte 8)
» Crash pode estar de volta!!
» Volta ao mundo

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Never Can Say Goodbye MJ :: News :: Notícias Confirmadas-
Ir para: